Pré ignição nas twins

Meteor 360, Interceptor, Continental GT e Himalayan

Moderadores: Administradores, Moderadores

Responder
willphd
Mensagens: 49
Registrado em: 05 Set 2014, 11:40
Localização: Limeira
Contato:

07 Dez 2021, 14:55

E ae pessoal, tudo certo?

Eu tava pra pegar uma RE Interceptor. Depois de muito pesquisar, vi uns vídeos no YouTube da saga de 2 motociclistas contra o problema de pré-ignição quando o motor esquenta. Acabei desistindo da moto.

Em resumo, pelo que entendi, quando o motor esquenta muito, ele precisa de mais combustível. Uma configuração no módulo limita a quantidade máxima de combustível a ser injetado no motor, com base em leis de emissão de carbono da Índia. Como vem pro Brasil sem modificações, isso resulta em pré-ignição, causando perda de potência após uns 30 minutos na estrada. Com o tempo, isso pode prejudicar o motor. Isso ocorre tanto na Interceptor, quanto na Continental, pelos relatos que encontrei.

A solução é levar em alguma oficina que reprograme esse módulo, tirando essa limitação, ou usar apenas combustível premium. A concessionária não faz essa modificação, visto que, se formos analisar, o problema é o nosso combustível, não a moto. No entanto, ao decidir vender a moto em território nacional, a RE tinha que considerar adaptar a motocicleta à nossa realidade.

Achei complicado pegar uma moto zero que potencialmente pode apresentar problemas no motor, ou que já tivesse que levar pra uma oficina assim que retirasse da concessionária, correndo risco de perder a garantia. Eu fiz o test drive e achei ela fantástica, cheguei a 120km/h sem nem perceber, a moto tem vibração mínima, uma aceleração bem suave pra uma 650cc e um ótimo consumo, por um preço muito bom.

Enfim, eu não tenho a moto, mas achei válido colocar a discussão aqui. Sempre consultei o forum pras minhas decisões sobre peças, manutenção, etc. E aí fica de registro pra ajudar outros na decisão. Pode até ter sido um erro meu ter desistido, e proprietários da moto podem relatar sua experiência aqui.

P.S. Acabei por comprar uma Shadow 750cc com 12 anos de idade pelo mesmo valor da Interceptor.
Will
SemControle
Mensagens: 1122
Registrado em: 15 Mai 2015, 13:45
Localização: Santo André

09 Dez 2021, 10:01

é preciso os dados do motor, e avanço de ponto pra ver essa questão na parte teórica....
acho pouco provável q não seja tropicalizada pra ser vendida aqui....vide tantas outras motos de outras marcas q são comercializadas aqui, q tem sua origem na índia tmb....
de qq forma, vale atentar ao longo do tempo as condições....moto q tem estratégia bem próxima da descrita são as famosas trinca cabeçote da honda, a taxa de compressão elevada, além do q consta no manual pra buscar potencia, a mistura pobre pra não ser gastona, e o pouco material do cabeçote, são a receita perfeita pra trincar.....
Mirage preta 250cc 12/13 se foi
Lead preta 108cc 14
Yes 07
BetoCB
Mensagens: 850
Registrado em: 22 Nov 2009, 19:55
Localização: São Paulo

22 Dez 2021, 21:18

Quer saber se há vida após a morte? Mexa na minha moto.
SemControle
Mensagens: 1122
Registrado em: 15 Mai 2015, 13:45
Localização: Santo André

23 Dez 2021, 09:16

depois q veio e já passou pela aprovação de consumo e emissão de poluentes, agora pode abrir a torneira de combustível, e certamente deve ter uma mudança na estratégia de avanço de ponto, contornar apenas na mistura vai tornar muito gastona...
de qq forma, uma ótima ação da marca, vendo o problema, buscou uma correção em tempo
Mirage preta 250cc 12/13 se foi
Lead preta 108cc 14
Yes 07
SemControle
Mensagens: 1122
Registrado em: 15 Mai 2015, 13:45
Localização: Santo André

28 Dez 2021, 08:22

não q seja a chave ou solução do problema, pois há muita divergência na obtenção do índice de octanagem dos combustíveis
há o método mon e ron além dos países q tiram a media dos 2, mas por literaturas não tão antigas, mas q não acompanham a mudança constante da composição da gasolina brasileira, a media entre os métodos no brasil era 87, contra ron91 da índia
essa não tropicalização poderia ser contornada c uso de gasolina podium octapro, q diverge muito, mas estaria em torno de 100ron, mas consta de um limite internacional q a gasolina não pode ultrapassar os 98ron, então realmente nao temos como saber, mas a podium seria a melhor solução pras não "tropicalizadas", teria o mais elevado indice de octanas do brasil, pra se aproximar ou passar do índice da índia, origem da moto, fica a dica, e não deveria deixar de constar essa observação no manual da moto, já tive carro recém "importado" c elevada taxa de compressão, q veio c a indicação na tampa de abastecimento, requerendo combustível de elevada octanagem.
Mirage preta 250cc 12/13 se foi
Lead preta 108cc 14
Yes 07
SemControle
Mensagens: 1122
Registrado em: 15 Mai 2015, 13:45
Localização: Santo André

29 Dez 2021, 20:04

achei bem atualizado
gasolina brasileira comum ou aditivada, 85 a 87octanas
gasolina podium premium octapro de 91 a 97 octanas, recomendadas para taxa de compressao de 10,5:1 pra mais

entao teria q ser qq dessas gasolinas especiais mesmo....
Mirage preta 250cc 12/13 se foi
Lead preta 108cc 14
Yes 07
BetoCB
Mensagens: 850
Registrado em: 22 Nov 2009, 19:55
Localização: São Paulo

14 Jan 2022, 16:19

O problema é que mesmo para motos doi no bolso pois a podium deve estar quase 9 reais o litro sendo que o pior de tudo é que não tem garantia da qualidade tendo em vista a enorme religiosidade do brasileiro que pra se salvar dos pecados "batiza" tudo que pode. :(
Quer saber se há vida após a morte? Mexa na minha moto.
Responder