FY 250: Customização e acessorios

Moto: FYM FY 250

Moderadores: Moderadores, Administradores, Colaboradores FYM

Responder
ricardoalan
Mensagens: 43
Registrado em: 20 Jan 2009, 21:46
Localização: São Paulo
Contato:

09 Fev 2009, 14:30

Seguem algumas imagens de customizações simples, e agradáveis, que fiz na motoca:

1- Banco "Duna". Espetacular! É outra moto, tanto esteticamente, como no conforto e até dirigibilidade.
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

2- Pisca Virago. Ficaram muito melhor que os originais que caiam toda hora.
Imagem

Imagem
Edson Oliveira
Mensagens: 1012
Registrado em: 05 Dez 2008, 09:26
Localização: São Paulo

09 Fev 2009, 18:58

Uau!! Que belezura!! Parabéns!!
Tem como indicar onde comprou os acessórios e quanto investiu??
Valeu!
Imagem
ricardoalan
Mensagens: 43
Registrado em: 20 Jan 2009, 21:46
Localização: São Paulo
Contato:

09 Fev 2009, 19:49

Lá vai a facada....

Banco: Duna customizações (3461-9354) = 400,00

Piscas: não lembro o nome da loja, mas é ao lado da motofaalp na General Osorio = 35,00 cada (4 unidades à vista = 123,00)

Alforges laterais: Carlinhos (4253-0677) = 145,00
Edson Oliveira
Mensagens: 1012
Registrado em: 05 Dez 2008, 09:26
Localização: São Paulo

10 Fev 2009, 08:50

ricardoalan,
Achei o preço razoável, pois alguns colegas já pagaram mais caro. Você fez um excelente investimento. Pelas fotos, dá para perceber que acabou aquele problema de "escorregar" nas freadas, subidas e descidas (Você e o(a) Garupa).Mas, como o banco foi fixado na moto, uma vez que o original é dividido em duas partes?

Obrigado.
Imagem
ricardoalan
Mensagens: 43
Registrado em: 20 Jan 2009, 21:46
Localização: São Paulo
Contato:

10 Fev 2009, 12:49

É tirar o conjunto original e colocar o novo banco.
Só tem que retirar a chapinha que fixa o garupa original e colocar no novo. O encaixe é perfeito. Há uma presilha na frente, como no original e vc parafusa a parte de traz, como no original.
Só não tem fixação no meio. Tem que andar com uma chave 10 no alforge, pro caso de presisar remover o banco.
Evandro Santos
Mensagens: 19
Registrado em: 07 Jan 2009, 12:47

03 Mar 2009, 13:32

Tenho uma FYM 250cc e o marcador de combustível não está funcionando à cerca de 4 meses, sempre ligo nas autorizadas da FYM e sempre dizem que não tinham e que estavam esperando chegar. Neste período observei que as lojas da FYM da cidade de São Paulo estão fechando, sendo que agora das que estão indicadas no site da empresa apenas uma está atendendo. Pergunto se alguém está com o mesmo problema pois estou com minha moto na garantia e o problema não foi solucionado. E se a garantia vencer com o problema não solucionado como ficamos? Gosto da moto e não tive maiores problemas, mas o fato é ficar com algo que não teremos peças de reposição. Mandei e-mails no Fale conosco do site porém não obtive qualquer resposta, e caso não obtenha estou pensando em devolver a moto e entrar com uma ação solicitando a devolução do meu dinheiro. Alguém ai está enfrentando o mesmo problema?
Edson Oliveira
Mensagens: 1012
Registrado em: 05 Dez 2008, 09:26
Localização: São Paulo

03 Mar 2009, 15:28

E aí Caro Evandro,

Tenho esse problema novamente há 01 mês, sendo que já troquei essa bóia em dezembro. No geral os mecânicos dizem que a FYM brasileira está tentando desenvolver outra bóia, já que a que vem na moto não resiste a nossa aguagasolina ou se preferir solventegasolina. Sendo assim, colocam seu nome na lista de espera, e se a outra peça, um dia "enfym" chegar, vão nos ligar.

Caso queira saber mais, veja: http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs.a ... na=1&nst=1

Por outro lado, quanto a garantia, lhe aconselho enviar uma notificação extrajudicial com aviso de recebimento para uma das concessionárias citando o defeito e a data do ocorrido, deixando claro que mesmo estando na garantia, não havia peça de reposição, e que você exige uma resposta e um prazo para realizarem o serviço. Dessa forma, caso decida ajuizar ação judicial, terá uma prova robusta da deficiência do serviço prestado.

Mas, pense bem antes, pois, nos moldes do Código de Defesa do Consumidor, a FYM não é obrigada a aceitar a devolução da moto, apenas por esse motivo, sem antes você ter lhe dado oportunidade de sanar o defeito do produto. Isso por si só, dependendo da ação que você for mover, pode ser discutido cerca de 03 anos na primeira instância. Entendeu agora a necessidade da Notificação Extrajudicial?

Se isso estivesse acontecendo nos EUA, ou em alguns países da Europa, etc.. A FYM já tinha sido multada em Milhares de U$, Euros por deixar seus clientes na mão, sem falar que sofreria severas punições.

Será que não compensa mais você vender a moto, caso não esteja satisfeito?

Claro que temos de analisar a situação de cada um. Lhe compreendo perfeitamente e concordo contigo, mas... faça o que melhor lhe convier.

Espero ter contribuído.

Um abraço.

P.S: Ops. grande Evandro, na próxima vez, monta um tópico novo, por se tratar de assunto novo, beleza! Senão, vão nos chamar de "desvirtuadores de tópicos" espero que o jovi e cia não nos veja aqui, he, he,he!
Mas os "caras" têm um computador no cérebro e sabem de tudo o que acontece por aqui :oops:
Imagem
caruso
Colaborador
Mensagens: 2286
Registrado em: 01 Ago 2008, 01:42
Contato:

03 Mar 2009, 18:16

Pois é Edson, peguei vocês disvirtuando tópico, ahahahha, dessa vez passa.

Concordo com você Edson em relação ao caso do nosso companheiro Evandro, não deve ser nada fácil comprar algo que queira tanto e de repente se ver com um trambolho de problemas na mão.

Evandro, acredito que deva fazer como o Edson descreveu anteriomente quando se referiu a "lhe aconselho enviar uma notificação extrajudicial com aviso de recebimento para uma das concessionárias citando o defeito e a data do ocorrido, deixando claro que mesmo estando na garantia, não havia peça de reposição, e que você exige uma resposta e um prazo para realizarem o serviço. Dessa forma, caso decida ajuizar ação judicial, terá uma prova robusta da deficiência do serviço prestado."

Ou então irmão, vende a moto assim é menos um problema para resolver e aí você compra outra.


Boa sorte na sua decisão, espero que consiga resolver seu problema o mais rapido possível.


Abraços
Caruso


Imagem
Edson Oliveira
Mensagens: 1012
Registrado em: 05 Dez 2008, 09:26
Localização: São Paulo

04 Mar 2009, 10:30

E aí turma!! Saudações!!

Caruso gente boa, você é um cara de grandes palavras :twisted: calma, brincadeirinha.

Pretendo vender a minha para pegar umas cilindradas a mais. A minha só tem esse "pobrema" do marcador de combustível, de resto estamos bem, e olha que a "bichinha" só anda bem carregada ("nóis" e as "traias"). E alertarei o comprador sobre isso, exatamente como disse no post anterior.

Se fosse fácil devolver a motoca, eu mesmo listaria todos os defeitos que já li aqui e no orkut e mandava "brasa" numa tese jurídica daquelas, testemunhas, não faltariam. Só que não é bem assim.

Como posso dizer que a motoca não presta, só porque o marcador de combustível pifou? A concessionária negou trocar a peça? (não, embora devo aguardar a "mardita" chegar da China, de bicicleta :roll: ) Ela já me deixou na mão? (não), Já viajou com ela? (muito), Gosta dela? (igual ou mais que a minha mulher :twisted: :roll: hahaharsrs)

Abraços!!
Imagem
Evandro Santos
Mensagens: 19
Registrado em: 07 Jan 2009, 12:47

04 Mar 2009, 12:49

Tirando o problema no marcador de combustível não tive problemas na moto, já efetuei viagens para o interior e litoral, peguei serra tudo normal, só que a gente fica com um pé atrás referente aos problemas das lojas fecharem. Liguei hoje na loja sobrevivente em São Paulo e o rapaz que informou que estariam trocando o credenciamento das lojas, e que 2 lojas já seriam inauguradas até abril, uma na Zona Leste e outra em pinheiros. Bom é esperar para ver no que vai dar. Vou aguardar até o fim do mês para ver se o marcador chegue, caso contrário vou enviar uma notificação Extra Judicial para uma das lojas para que o problema seja resolvido, uma forma de eu me precaver e ter uma prova caso o problema não seja resolvido antes do término da garantia da moto.
Responder