Dores, desconfortos e outros

Assuntos diversos relacionados ao motociclismo

Moderadores: Colaboradores, Administradores, Moderadores

Responder
Avatar do usuário
Lionel Junior
Mensagens: 14
Registrado em: 03 Ago 2008, 23:14
Localização: São Paulo
Contato:

30 Abr 2013, 12:24

Mais um para a lista dos podrões com hérnia! :lol:
Avatar do usuário
cros
Moderador
Mensagens: 10313
Registrado em: 15 Nov 2007, 23:55
Localização: Porto Alegre
Contato:

23 Ago 2013, 18:25

Com o passar do tempo e com os calos começam para alguns, aqueles que como eu tem mau hábitos de postura, a ocorrer os problemas mais graves de coluna e que implicam em abandonar as 2 rodas.

Não conheço nenhum estudo ou artigo sério sobre isso, apenas a mesma ladainha e cisma com o uso da moto por ser insegura.

Então segue abaixo um artigo que achei no site lincado no final.

Esses dias conversando com o Demétrio e Evania ela disse que o ortopedista tinha desaconselhado ela a andar de moto, pois o solavanco estava causando compressão na cervical, ai lembrei de uma pergunta que alguém fez e comentei, se não seria também o peso do capacete, que somado aos solavancos poderiam causar as dores no braço. Acho que ela vai comprar um capacete mais leve e testar.

Agora, tem o nosso caso das custom, que apesar de ter a mesma posição de dirigir de um carro, causam mais problemas a coluna e porque isso? Então podemos ter 2 vilões: o banco e os amortecedores traseiros.

Sem esquecer das péssimas condições das vias, inclusive de carro ao longo dos anos pra quem dirige muito isso pode acarretar problemas, pois mesmo com um banco melhor e 4 amortecedores existe golpes frequentes na coluna que são sentidos ao longo de um percurso.

Quem sabe eu invisto noutra custom e ataco esses 2 itens?
Imagem
Hoje Falcon 2007
Avatar do usuário
cros
Moderador
Mensagens: 10313
Registrado em: 15 Nov 2007, 23:55
Localização: Porto Alegre
Contato:

23 Ago 2013, 18:27

Motociclista: postura ao pilotar

Por Vias Seguras <info@vias-seguras.com>

Quinta-Feira, 23 de Fevereiro de 2012
Para pilotar com conforto e segurança...

Para pilotar com conforto e segurança, o motociclista deve posicionar-se da forma mais adequada possível. O nível de conforto de uma moto depende basicamente do estilo dela: as mais confortáveis são as grandes Gran Turismo; as menos, as velozes superesportivas.

Mas, independentemente do estilo da moto, procure manter a coluna mais reta possível. As pernas devem pressionar levemente o tanque. Se você observar os tanques das motos notará que eles têm o formato ergonômico, justamente para que você possa encaixar as pernas. As pedaleiras e comandos devem ser alcançados naturalmente, sem grande esforço, de forma automática e sem precisar olhar para eles ao acioná-los (o objetivo é não desviar a atenção do trânsito).

figura 02

Olhos voltados para frente, na direção onde você deseja seguir. Lembre- se: na moto, onde você olha, você vai. Dirige-se com a visão. Não se deve fixar o olhar para o obstáculo, mas sim, no traçado onde a moto deve seguir. Se você avistar um buraco e fixar o olhar para ele, com certeza, você vai passar com a roda dentro do buraco. Fixe o olhar onde a roda deve passar e inconscientemente você conduzirá a moto naquela direção. Normalmente a visão é apontada para dez ou quinze metros adiante.

figura 03

Os pés devem estar posicionados o mais paralelamente possível ao solo e próximos aos pedais de câmbio e freio (mas não em cima deles). Sente-se a uma distância do guidão de forma que seus braços fiquem completamente relaxados e levemente flexionados. Nada de ficar com os braços rígidos sobre o guidão. Isto só vai atrapalhar a estabilização da moto. Deve-se segurar o guidão sempre com as duas mãos. Você deve comandar suavemente e delicadamente todos os comandos e manoplas da sua moto.

figura 04

Ajuste adequadamente a posição dos espelhos retrovisores de acordo com sua altura e posição na moto. Em viagens longas, para não doer muito “a região glútea”, uma dica é usar uma almofada de gel (comprada em lojas de artigos ortopédicos) ou fazer uma transformação no banco. Existem casas especializadas que vendem modelos de banco prontos, mas também podem ser feitos em algumas estofarias. É possível modificar o banco original da moto, deixando-o totalmente anatômico e bem mais confortável que o original.

Ao contrário dos automóveis - em que o preparo físico do motorista pouco interfere no conforto -, na motocicleta, quanto melhor for o preparo físico do piloto, melhor será o seu conforto, na medida em que ele irá cansar-se menos, terá menos dores nas costas, etc. Atividade física regular, além de ser ótimo para a saúde, também ajuda na pilotagem. O cansaço, o sono e principalmente a ingestão de álcool (nota 14) comprometem seriamente os reflexos e a segurança na pilotagem. Não raramente, condutores embriagados têm provocado verdadeiras tragédias no trânsito. Muito cuidado ao se deparar com motoristas cambaleando de um lado para outro da pista: eles podem estar sonolentos ou bêbados. Afaste-se deles.

figura 05

figura 06

Não pilote se sentir que não está bem, física ou psicologicamente Cuidado com o uso de medicamentos: muitos deles provocam sonolência.

Igual cuidado deve-se ter após o almoço, quando ocorre aquela tradicional sonolência. Prefira comidas leves durante o dia, deixando as mais “pesadas” para a noite, se for o caso. Comidas gordurosas devem ser evitadas sempre.

Em viagens, faça frequentes paradas. O intervalo depende de cada pessoa, mas normalmente varia entre 80 e 150 km. Aproveite para “descansar as nádegas”, esticar as pernas, ir ao banheiro, beber ou comer algo. Ao contrário da grande maioria dos meus amigos, procuro não sentar durante as paradas. Também se pode aproveitar este momento para fazer alguns rápidos alongamentos. Eles ajudam bastante para uma viagem mais tranquila e menos cansativa. Aliás, o ideal é fazer alongamentos antes de sair com a moto, e também na chegada, pois numa viagem fica-se muito tempo numa mesma posição.

Evite dirigir no “piloto automático”. Isto acontece quando, durante a pilotagem, nos distraímos, transportando-nos mentalmente para outros lugares, relembrando momentos, fatos, pessoas, problemas, etc. A pilotagem passa a ser “instintiva” e a atenção e a concentração desaparecem. Evite esta situação e fique “ligado” à pilotagem. Preste atenção no trânsito, procure não se distrair (nota 15). Em situações de aperto, sair ileso de um acidente dependerá de sua capacidade de racionar de forma rápida, tomando a decisão e executando a ação o mais rápido possível, e de forma apropriada.

Com relação à postura do garupa, ele deve sentar-se o mais próximo possível do piloto, segurando-o pela cintura, ou se achar que isso “pega mal”, segurar nas alças laterais que a maioria das motos possuem. O garupa deve acompanhar os movimentos de inclinação do piloto nas curvas.

fonte:
Imagem
Hoje Falcon 2007
Avatar do usuário
cros
Moderador
Mensagens: 10313
Registrado em: 15 Nov 2007, 23:55
Localização: Porto Alegre
Contato:

23 Ago 2013, 18:30

Cuidados com a postura na moto esportiva



A posição de pilotagem não é uma preocupação exclusiva dos pilotos. Com as orientações corretas, todos os motociclistas podem evitar pequenos vícios de postura, viajar mais e com mais conforto. Isso sem falar na saúde, depois de alguns anos sobre duas rodas. “O ideal é que a pessoa se sinta confortável e numa posição segura na moto, sem dores lombares ou nos ombros”, diz o ortopedista Alexandre Ferreira, que cuida dos pilotos dos campeonatos organizados pela CBM.

Cada estilo de moto posiciona o piloto de forma diferente, exigindo mais suporte de determinados músculos e articulações. Partindo de dois extremos fica fácil perceber: numa custom, o guidão mais próximo do corpo e as pedaleiras à frente deixam o piloto apoiado sobre o quadril, literalmente sentado; já numa esportiva, o guidão baixo e embutido na carenagem exige que o corpo se estique para a frente, enquanto as pernas ficam recuadas para que os pés se encaixem nas pedaleiras, na mesma linha do banco. “Também vemos muitas pessoas que compram motos inadequadas para suas medidas”, explica o ortopedista da CBM. “Responder a duas perguntas já ajuda a evitar boa parte dos problemas posturais: você consegue colocar os dois pés no chão? E alcançar o guidão sem esticar totalmente os braços?”.

Na moto esportiva, os vícios mais comuns são: sustentar o peso do corpo nos braços e ombros e permanecer “deitado” sobre o tanque, com a cabeça levantada e inclinada para trás.

Para ficar confortável e evitar problemas, é recomendado: manter braços e ombros relaxados, dividindo o peso do corpo com as coxas, pressionadas contra as laterais do tanque; Com o tronco mais ereto, a cabeça fica numa posição mais confortável para o pescoço. De qualquer forma, realizar movimentos circulares com a cabeça lentamente ajudam a aliviar as dores na região; Os cotovelos mais próximos do corpo aliviam a tensão sobre os ombros; As dores na musculatura da região da canela são conseqüência das pedaleiras, que obrigam as pernas a formarem um ângulo fechado com os pés. Apoiar a ponta de um pé por vez no chão e fazer movimentos circulares a cada parada alivia as tensões na região.

fonte:
Imagem
Hoje Falcon 2007
Avatar do usuário
cros
Moderador
Mensagens: 10313
Registrado em: 15 Nov 2007, 23:55
Localização: Porto Alegre
Contato:

23 Ago 2013, 18:35

cros escreveu:Cuidados com a postura na moto esportiva

“Também vemos muitas pessoas que compram motos inadequadas para suas medidas”
fonte:

Temos alguns tópicos aqui sobre Qual custom ou qual moto comprar, mas todos estão preocupados com a cilindrada, com o preço, com o estilo e esquecem justamente do principal, Qual a mais adequada pra mim?
Imagem
Hoje Falcon 2007
beryalves
Colaborador
Mensagens: 1899
Registrado em: 25 Mar 2010, 10:22
Localização: Serra
Contato:

26 Ago 2013, 10:06

Eu resolvi meus problemas de postura na minha shadow que me davam dores lombares dependendo da distância percorrida, instalei um sissy bar para piloto, as dores lombares desapareceram independente da distância percorrida, claro a dormência na bun#@ continua, nada que umas paradinhas no momento de abastecimento para relaxar esta região e fazer com a circulação volte ao normal, a foto de como ficou a minha shadow com sissy bar de piloto:

Imagem

Uploaded with ImageShack.us
Abs,
Luiz Alves
Nosso brejo, sua casa.
Imagem
Avatar do usuário
cros
Moderador
Mensagens: 10313
Registrado em: 15 Nov 2007, 23:55
Localização: Porto Alegre
Contato:

26 Ago 2013, 11:27

beryalves escreveu:Eu resolvi meus problemas de postura na minha shadow que me davam dores lombares dependendo da distância percorrida, instalei um sissy bar para piloto, as dores lombares desapareceram independente da distância percorrida, claro a dormência na bun#@ continua, nada que umas paradinhas no momento de abastecimento para relaxar esta região e fazer com a circulação volte ao normal, a foto de como ficou a minha shadow com sissy bar de piloto:
Tem que cuidar pra que essa dor lombar não seja um prenuncio de um problema de hernia de disco, claro que o ideal seria uma ressonancia e se tiver condições faça logo...

Já durante uma viagem sempre se recomwenda parar a cada 100 km, mas tem os iron butt (CDF) que não estão nem ai e rodam sem parar....
Imagem
Hoje Falcon 2007
Avatar do usuário
RenanSP
Mensagens: 1063
Registrado em: 15 Jun 2011, 18:32
Localização: São Paulo
Contato:

26 Ago 2013, 13:54

beryalves escreveu:Eu resolvi meus problemas de postura na minha shadow que me davam dores lombares dependendo da distância percorrida, instalei um sissy bar para piloto, as dores lombares desapareceram independente da distância percorrida, claro a dormência na bun#@ continua, nada que umas paradinhas no momento de abastecimento para relaxar esta região e fazer com a circulação volte ao normal, a foto de como ficou a minha shadow com sissy bar de piloto:

Imagem

Uploaded with ImageShack.us

Esse banco aparentemente original da Shadow me dava dores lombares horríveis rodando dentro da cidade mesmo. Parece que eu sentia a porrada dos amortecedores direto na coluna.

O problema foi resolvido com o banco erê, onde o encosto é meio alto e jogando o corpo para trás da para encostar bem as costas, junto com o guidão T-bar (meio parecido com essa da foto, mas com raisers) os incômodos são difíceis aparecer. Mas parar a cada 100, 150 km se faz necessário.

Meu receio é essa dor estar "camuflada" e aparecer pior lá na frente. Mas por enquanto tem resolvido.
"I wish not the doctrine of ignoble ease, but the doctrine of the strenuous life."
Avatar do usuário
RenanSP
Mensagens: 1063
Registrado em: 15 Jun 2011, 18:32
Localização: São Paulo
Contato:

26 Ago 2013, 13:59

cros escreveu:
cros escreveu:Cuidados com a postura na moto esportiva

“Também vemos muitas pessoas que compram motos inadequadas para suas medidas”
fonte:<br>

Temos alguns tópicos aqui sobre Qual custom ou qual moto comprar, mas todos estão preocupados com a cilindrada, com o preço, com o estilo e esquecem justamente do principal, Qual a mais adequada pra mim?

Verdade. Não adianta nada ter uma Road King, Super Teneré, Goldwing, se o sujeito mal consegue alcançar o guidão, ou colocar o pé no chão, o desconforto e problemas serão certos.
"I wish not the doctrine of ignoble ease, but the doctrine of the strenuous life."
Avatar do usuário
lcsm1966
Mensagens: 207
Registrado em: 30 Mar 2013, 18:53
Localização: Gravataí
Contato:

26 Ago 2013, 18:39

cros escreveu:
Ao contrário dos automóveis - em que o preparo físico do motorista pouco interfere no conforto -, na motocicleta, quanto melhor for o preparo físico do piloto, melhor será o seu conforto, na medida em que ele irá cansar-se menos, terá menos dores nas costas, etc. Atividade física regular, além de ser ótimo para a saúde, também ajuda na pilotagem.
Essa parte aqui, depois de olhar algumas silhuetas nas fotos do churrasco de confraternização do passado 24, fica um pouco.... ejem.... um pouco...... eeeehhhhh

:twisted: :lol: :lol:
Na vida e na moto, para manter o equilíbrio é necessário estar em movimento.
Responder