Primeira Custom 250 no "início" de 2017

Assuntos diversos relacionados ao motociclismo

Moderadores: Moderadores, Colaboradores, Administradores

guilhermew
Mensagens: 23
Registrado em: 10 Nov 2016, 20:31
Localização: Sapucaia do Sul
Contato:

10 Nov 2016, 21:17

Olá pessoal!

Sou novo por aqui, mas venho assitindo vídeos no youtube e lendo tudo o que posso a respeito de customs desde que me decidi por adicionar a categoria A à minha carta, depois de 10 anos dirigindo meu velho corsinha.

Me desculpem por mais um tópico repetido (um clássico dos novatos), porém, todos os tópicos anteriores me pareceram muito antigos e não refletem meu caso em especifico.

Pretendo comprar uma custom 250cc até o início de 2017 e gostaria de gastar cerca de R$8.000,00 nisso. Apertando um bocado as coisas, no máximo R$10.000,00.

Estou em dúvida entre três candidatas: Yamaha Virago, Kasinski Mirage e (correndo por fora do pário devido ao valor próximo ao de uma Shadow 600,) Dafra Horizon.

Muitos me dizem que deveria investir na viraguinho, devido à marca forte no mercado brasileiro. No entanto, pelo mesmo valor que você compra uma virago 97-99, também compra uma Mirage 2010-2012 (~12 anos mais nova). Porém, os muitas vezes citados problemas elétricos da Kasinski, e a falta de concessionárias, assistência e revendedoras me deixam "com um pé atrás".
Já a Horizon só entra nessa lista devido ao fato de ser a única custom 250 ainda produzida atualmente. Além disso, apesar de nãos ser assim tão forte, a Dafra ainda possui alguma representatividade no mercado atual. Não fosse o valor de mercado atual, que a exclui da minha lista, provavelmente a briga seria entre ela e a Mirage.

De forma resumida, com no máximo 10 mil reais, no inicio de 2017, qual a melhor custom de 250cc que alguém pode comprar?

Alguns links pra auxiliar:

http://rs.olx.com.br/veiculos/motos/yam ... irago&sp=1
http://rs.olx.com.br/veiculos/motos/kas ... e/250?sp=1
http://rs.olx.com.br/veiculos/motos/daf ... n/250?sp=1
SemControle
Mensagens: 924
Registrado em: 15 Mai 2015, 13:45
Localização: Santo André

11 Nov 2016, 03:39

Tenho a mirage, comprei sabendo dos comentarios q o pessoal faz, nao tenho o q reclamar da eletrica da moto, apenas elogios, vejo q a qualidade é boa, alguns poucos ajustes q vc mesmo c boa vontade pode fazer resolvem 80% dos mais falados problemas, me joguei nela pq eletrica é a parte q mais gosto de fazer....as primeiras injetadas tem alguns detalhes a se preocupar no posicionamento da central, se quem comprou nao teve esse cuidado pode ter problemas de quebra de pino da central por oxidacao e acumulo de agua, acho q esse é o maior problema apenas, mas tem solucao e bem falado no forum.....

Na epoca olhei e achei bem interessante a horizon, nao me agradou aqueles dois discos na frente

Descartei qq possibilidade carburada pq ja tive e carrego trauma de carros carburados, pessoal isso, tem quem ame carburador e se recusa a pegar algo novo por conta da injecao
Mirage preta 250cc 12/13
Lead preta 108cc 14/14
tor2
Mensagens: 98
Registrado em: 21 Jun 2016, 14:12
Localização: Londrina
Contato:

11 Nov 2016, 07:03

Guilherme,

tem um tópico que dá uma lista de perguntas a serem respondidas, que ajuda a entender sua expectativa para a moto, e assim as dicas podem ser melhor direcionadas.

Eu entendo que existem 3 tipos de veículos, Novos, seminovos e usados. Para o veiculo Seminovo o Ano e a Km são fatores essenciais, já para o veiculo usado a manutenção e conservação que são mais importantes.

Infelizmente no nosso mercado de Custom a maioria das opções está dentro da classificação usado, e portanto, a idade não deve ser fator decisivo na sua pesquisa.

Eu tenho uma Custom 250, a Suzuki Intruder. Que original realmente não é muito atraente, mas que com pouco esforço e $$ dá prá deixar ela única e ao seu gosto.

Eu não sei nada a Horizon, mas considerei tanto a Viraguinho, como a Mirage na minha busca por uma Custom. Todas tem qualidade e defeitos, todas vão depender de um mecânico que realmente entenda de moto.

Talvez se você incluir o questionário que um colega montou (qual seu peso/altura, para uso diário ou lazer, fará viagens, andará com garupa, etc) ajude os colegas aqui do fórum a opinar.

Na minha escolha pesou o fato de concorrerem 2 Japonesas e 1 chinesa, e por isso descartei a Mirage, depois foi o preço, afinal meu orçamento era até menor q o seu, e prá achar uma Virago por 7mil tava difícil, já a Intruder, dá prá achar umas ótimas e com sobra no orçamento para Customizar.
FIlIPy65
Mensagens: 208
Registrado em: 15 Set 2012, 18:42
Localização: João Pessoa

11 Nov 2016, 11:18

Bem vindo guilhermew.

Quando fui comprar a minha, eu tinha o mesmo pensamento seu: pagar quase o mesmo preço em uma moto com 15 anos ou com uns 2?

A Horizon hoje eu não consideraria pelo simples fato de ser monocilíndrica (frescura minha mesmo).

Sua questão é parecida com a do MacielM e por isso acho que vale o relato que fiz lá: viewtopic.php?p=247298#p247298

Vá poupando e boa sorte na escolha! o/
guilhermew
Mensagens: 23
Registrado em: 10 Nov 2016, 20:31
Localização: Sapucaia do Sul
Contato:

11 Nov 2016, 11:37

01- Qual o objetivo principal para essa moto, viajar, trabalhar, misto.
Pretendo usar a moto durante a semana para ir ao curso técnico, curso de idiomas e trabalho. Boa parte do uso será urbano. Nos fins de semana quero fazer viagens curtas nos arredores de Porto Alegre.

02- Vai usar só fim de semana?
Não. Pretendo usar diariamente, exceto dias de chuva.

03- Quanto pretende pagar na moto? (descontar deste valor (capacete, luvas, botas etc))
No máximo do máximo 10 mil reais. No entanto, algo por volta de 8 mil seria ideal.

04- Quanto pretende gastar com acessórios, se for o caso?
Não pretendo gastar com acessórios no primeiro ano de uso. Depois disso, talvez troque escapamento e guidão.

05- Quanto pretende gastar com proteção (capacete, luvas, botas etc)?
Tenho uma jaqueta de couro e pretendo usar jeans no dia a dia mesmo.
Pretendo pegar um bom capacete Old school. Acredito que algo por volta de 300 reais deve ser suficiente. Estou errado?
Não pensei sobre luvas. Aceito sugestões também.
Ah, e eu uso óculos. Teria que achar uma viseira aviador com apoio fixo sobre o nariz e elástico ou mandar fazer lentes de contato.

06- Já andou de moto antes, pretende pular todos os estágios ou vai começar por baixo?
Nunca pilotei antes. Já andei de carona e de mobilete, mas acho que não conta. Faz muito tempo. Vou entrar no CHC pra aprender.

07- Quer comprar uma moto usada ou zero?
Zero não dá né... Não com esse budget. Tô apelando pras usadas.

08- Vai financiar ou pagar a vista?
Pretendo pagar à vista.

09- Mora em casa ou apto, tem garagem ou vai alugar uma?
Casa. Tenho uma garagem coberta, porém aberta nas laterais.

10- Entende alguma coisa de manutenção ou vai sofrer nas mãos de mexânicos?
Não entendo de mecânica de motocicletas ou automotiva.

11- Pretende fazer seguro?
Infelizmente não.

12- Pretende fazer uma revisão depois da compra, reservou grana pra isso?
Não pensei à respeito. Quero pegar uma moto nas melhores condições possíveis com a grana que tenho, por isso acredito que quanto mais nova, mais chances dela estar "inteira". Alguns anúncios costumam dizer que "basta colocar gasolina e andar".

13- Peso, altura e vai ter garupa?
1,75 de altura, 78 kilos (já cheguei aos 90) e 90% do tempo irei andar sozinho sem garupa.
willphd
Mensagens: 48
Registrado em: 05 Set 2014, 11:40
Localização: Limeira
Contato:

11 Nov 2016, 12:48

Opa Guilherme,

Sou dono de uma Viraguinho. Eu gosto bastante dela. Nnão tenho como falar das outras, já que a Virago é minha primeira moto. Tenho faz uns 2 anos e meio. Uso pra trabalhar todos os dias, coisa de uns 14km. Uma ou duas vezes por mês vou pra alguma cidade próxima, e minha viagem mais longa foi de 400km. Cansa bem, principalmente pro garupa.

No geral a manutenção dela não é muito cara. Tem peças mais básicas que dá pra substituir por peças de outras motos (tem algum tópico por aí sobre isso).

Agora, se quiser coisas originais, prepare o bolso. Um tempo atrás bateram na traseira dela, de leve, mas estragou a placa e paralama traseiro. Por sorte o seguro do cara cobriu o prejuízo de 2,5 mil pagos pelo paralama e lanterna apenas. Eu não tenho seguro.

Quando comprei tive a mesma dúvida que você, mas optei pela Virago, pelo fato da Yamaha ser uma marca forte e quando analisei a tabela FIPE dos últimos anos, notei que a Virago perde pouco valor. Rodei demais a região em busca da minha, achei uma pior que a outra até encontrar a moto certa.

Apesar de ser muito indicado, nunca fiz a revisão do motor pra conferir a engrenagem da bomba de óleo, a grande vilã das Viragos.

Como comentaram ae, Virago é carburada. Tem suas vantagens e desvantagens... Eu já dei muito tranco na minha Virago, coisa que não é indicado fazer em moto injetada.

Espero que meu relato ajude. Boa sorte na sua escolha!
Will
SemControle
Mensagens: 924
Registrado em: 15 Mai 2015, 13:45
Localização: Santo André

12 Nov 2016, 04:34

Sobre o capacete, o valor é um pouco apertado, mas em vez do oculos pro capacete, existe apenas viseira parecida c as tradicionais.....
Imagem
Veja a foto do old school c a viseira completa

Como tmb uso oculos, optei por um capacete aberto tradicional c viseira completa articulada, ponho e tiro sem me importunar c o oculos de grau, coloquei abaixo a viseira, nao é bem o estilo, mas me atende dentro da lei
Imagem
Veja um parecido c o meu
Mirage preta 250cc 12/13
Lead preta 108cc 14/14
guilhermew
Mensagens: 23
Registrado em: 10 Nov 2016, 20:31
Localização: Sapucaia do Sul
Contato:

12 Nov 2016, 20:52

Obrigado a todos que estão respondendo e me ajudando de alguma forma.
Eu queria ter respondido separadamente mas o tempo escasso não me permitiu...

FIlIPy65, me identifiquei bastante com seu relato e cada vez mais fico inclinado à Mirage.
Tenho visto alguns vídeos do Jeff Biancolini e Edgard Soares (https://youtu.be/CBECJgq-yI4) e foi bom ver que as mais recentes 2012/13 são mais estáveis quanto aos problemas elétricos e eletônicos.

SemControle, o ronco das carburadas é muito mais bonito na minha opinião. Tem uma cara mais custom também. É um ronco de moto grande. O ronco das injetadas lembra motos esportivas e não me agrada tanto, mas tbm não é algo que seja assim tão ruim. Acho que um Torbal Fúria ou um ACS já dão uma boa melhorada na sonoridade.
Fui dar uma olhada nos capacetes e 300 não dá mesmo a não ser que seja sem viseira. Tem uns da Kraft que com uns 400 - 450 já dá pra comprar com bolha e flip-up, mas pra ser bem sincero, acho muito feia aquela viseira bolha (o X60 Vision e o SX10 parecem mais bonitos)... mas parece o jeito mais fácil pra quem usa óculos.

Quanto à luvas, gostei dessas: http://produto.mercadolivre.com.br/MLB- ... ton-bg-_JM
AJ Souza
Mensagens: 1929
Registrado em: 05 Out 2008, 18:14
Localização: Canoas
Contato:

12 Nov 2016, 22:03

Olá Guilherme!

Mas por este valor tu já considerou outras opções?, tipo as vulcans 500 com correia em vez de corrente ou mesmo as vulcans 750 com cardan, são mais potentes e falta de assistência por falta de assitência estas também estão no mesmo barco, pois foram descontinuadas em prol de novos lançamentos.
Mas dentro do holl das mncionadas no teu post eu escolheria as miragens, mas as carburadas até 2009. Não desmerecendo a viraguinho que é uma excelente moto. Mas porque da escolha da mirage carburada, pois na minha opinião, por tudo que li aqui no forum, é pela simplicidade na manutenção e por não apresentar relatos de perrengues elétricos ao nível das injetadas. O motor da mirage é mais potente, além de ser muito resistente, sendo também mais moderno em sua arquitetura. É isso! boa escolha!...rss

Um abraço!
Imagem
guilhermew
Mensagens: 23
Registrado em: 10 Nov 2016, 20:31
Localização: Sapucaia do Sul
Contato:

13 Nov 2016, 12:50

Aqui nos arredores não encontrei anúncios da Vulcan por menos de 12-13 mil, e em outro tópico aqui do fórum, a maioria não a recomenda como primeira moto devido à grande potência dela. Acredito que seja melhor iniciar nas baixas cilindradas.

Das demais opções, cogitei a Kansas e a Intruder.
A Kansas tem algo nela que eu não gosto e não sei explicar.
A Intruder era inicialmente minha primeira opção, pois eu pretendia fazer uma bobber (original a intruder não tem nem cara de custom na minha opinião... tá mais pra moto vintage), mas depois de ver que a maioria das costumizações não são legalizadas, fiquei com medo de ser parado e perder a provisória. Além disso, com o valor da moto + costumizações da quase pra comprar uma custom 250 que não vai me incomodar com os policiais.
Responder