GR250T3: Problemas mecânicos

Motos: Garinni GR 250 T3 e Garinni GR 150C

Moderadores: Moderadores, Administradores, Colaboradores Garinni

Responder
tom
Mensagens: 116
Registrado em: 16 Jan 2009, 19:43
Contato:

03 Ago 2010, 19:31

Logo que peguei a minha aconteceu de dar excesso no carburador e acabar vazando também. Mas foram duas vezes só, e acabou parando por conta. Deve ser algum entupimento, provavelmente alguma sujeira se desprendeu do tanque... normal.
Entre chegar primeiro e chegar inteiro... me contento com a segunda opção.
Paludo
Mensagens: 4322
Registrado em: 25 Mai 2009, 22:21
Localização: Avaré
Contato:

04 Ago 2010, 09:09

gustavopereira escreveu:Boa tarde a todos.

Ao voltar pra casa ontem, a moto morreu no sinal (semáforo). Custou bastante pra pegar, e ficava apagando cada vez que baixava o giro, fora o cheiro de gasolina muito forte.
Consegui chegar em casa e encostei a bichinha, por imaginar (pelo cheiro muito forte), que havia engasgado a moto.
Hoje pela manhã ao chegar na moto havia uma poça de gasolina abaixo do motor, e ainda gotejava gasolina de uma pequena mangueira abaixo do tanque (acho que a de entrada pro carburador, não conheço muito bem). Como tentei fazê-la pegar muitas vezes ontem no sinal, a bateria descarregou completamente.
Pra resumir: encostei ela pra verificação e já aproveitei pra fazer a revisão dos 1000km, pois faltam só 60km pra completar a marca..

Amanhã conto as novidades. :?

PS.: desculpe desvirtuar o tópico com outro problema mecânico (continuo torcendo pra que sua moto fique boa, Paludo), mas não queria relatar isso no tópico de opiniões, pois esses pequenos problemas nem de longe abalam minha opinião sobre a moto.

Fiquem com Deus
Fique tranquilo, este topico é justamente para isso, pequenos e grandes problemas que acontecerão com nossas motos e podermos prevenir que isso não venha a acontecer com as demais as mesmas coisas.

Já quanto a este vazamento a minha tb teve acho que na minha primeira ou segunda semana com ela e fiz a mesma coisa já que não quiz mexer nela mandei para a Revenda e tb fiz a primeira revisão dela.
tom escreveu:Logo que peguei a minha aconteceu de dar excesso no carburador e acabar vazando também. Mas foram duas vezes só, e acabou parando por conta. Deve ser algum entupimento, provavelmente alguma sujeira se desprendeu do tanque... normal.
Pelo que eu estou vendo isso é normal nela, mas com certeza não deveria ser pois isso pode até causar um principio de incendio na moto caso essa gasolina começar a pingar em cima do motor quente.

O que nos tivemos foi é muita sorte, isso sim de estarmos com o motor frio.

Vamu que vamu e abraçosss...
Só há uma coisa melhor do que ver o nascer do sol sobre o guidão de uma moto.
Avatar do usuário
Tranqueira
Mensagens: 31
Registrado em: 18 Jan 2010, 15:20
Contato:

05 Ago 2010, 11:32

Bom galera, estou novamente trazendo algumas novidades sobre minha Bandida.
Recentemente comecei a ter problemas com os amortecedores traseiros, estranhei por que minha motoca estava com apenas 7.000km na época, fui na CC para realizar a revisão e falei sobre o problema e fui orientado a realmente trocar os amortecedores, bom ontem comecei a perceber que a corrente estava pedindo ajustes com uma frequencia maior que o normal, quando parei para dar um ajuste percebi que esticador estava sem ação e a corrente não esticava.
Tirei o protetor, soltei os parafusos da roda e começei a tentar entender o motivo da falta de ação do esticador,para minha surpresa o mesmo estava no limete da rosca e as porcas não conseguiam puxar o eixo, e olhando mais atentamente pude ver que a mesma havia deformado como que tivesse sido forçada assim causando um alongamento que impedia de realizar sua função de puxar o eixo.
Quando comecei a desmontar tudo para retirar o dito cujo, pude perceper que a parte traseira da moto balançou um pouco de um lado para o outro sem que eu fizesse muito esforço, foi quando percebi que o parafuso central do quadro elástico estava completamente solto, p*rra fiquei puto!! cara a gente paga uma fortuna para realizar as revisões, e o maldito mecânico não verificou isso quando reclamei sobre o pneu pegar no paralamas quando colocava minha namorada na garupa.
Bem após pragejar pra caramba, falar um monte de palavrão apertei tudo e fui dar uma volta, cara a motoca ficou outra, eu tinha um problema no engate das marchas que nas trocas parecia uma marretada, falei na revisão e mecânico só levantou a embreagem e continuou a mesma merd*, tinha problema de toda semana ter que esticar a corrente, quando colocava alguém na garupa o pneu pegava na roda, quando passava em uma depressão dava um estálo e a moto dançava a traseira, e por fim uma bateção do inferno e ajustes constantes da caixa de direção.
Para resumir a novela, a bandida tá outra durinha, não rabia mais, parou de ficar flutuando em retão,a corrente ficou na medida pela primeira vez, e melhor não pega mais no pneu quando coloco garupa( fiz o teste ontem).
Os problemas e prejuizo causado pelo simples fato de não ser feito uma boa inspeção na moto foram enormes, já que na revisão se preconisa os ajustes dos parafusos e verificação de outros itens, bem eles são os seguintes, quase gastei desnecessáriamente entorno de 450,00 com amortecedores, esticadores estragados, rompimento do suporte da cebolinha do freio trazeiro, e uma grana considerável em cada revisão (em torno de 250,00) e a minha impressão é que só era feito uma cariocada( gente nada contra os carioca,é só força de expressão) e no minimo o risco de vida a qual fui submetido por conta dessa falta de respeito com quem contrata um serviço.
É isso meu povo, que sirva de exemplo essa é minha primeira custom e estou adorando essa máquina, mas uma coisa tem que ficar clara para pessoas assim como eu marinheiro de primeira viajem, fique atento quando levar sua moto para ajustes, procure aprender sobre sua motoca e principal converse e tire dúvidas com mais de um profissional ou motociclista, eu mesmo sempre procuro ajuda de colegas aqui do forum como o Paludo, o Neto, Jovian, o
Mattheus, etc senão a gente tá na roça.

Um grande abraço á todos
tom
Mensagens: 116
Registrado em: 16 Jan 2009, 19:43
Contato:

05 Ago 2010, 14:06

Mas e aí, camarada... onde fizeste estas revisões?
Entre chegar primeiro e chegar inteiro... me contento com a segunda opção.
Avatar do usuário
gustavopereira
Mensagens: 55
Registrado em: 16 Abr 2010, 11:09
Contato:

05 Ago 2010, 14:55

Tranqueira escreveu:Bom galera, estou novamente trazendo algumas novidades sobre minha Bandida.
Recentemente comecei a ter problemas com os amortecedores traseiros, estranhei por que minha motoca estava com apenas 7.000km na época, fui na CC para realizar a revisão e falei sobre o problema e fui orientado a realmente trocar os amortecedores, bom ontem comecei a perceber que a corrente estava pedindo ajustes com uma frequencia maior que o normal, quando parei para dar um ajuste percebi que esticador estava sem ação e a corrente não esticava.
Tirei o protetor, soltei os parafusos da roda e começei a tentar entender o motivo da falta de ação do esticador,para minha surpresa o mesmo estava no limete da rosca e as porcas não conseguiam puxar o eixo, e olhando mais atentamente pude ver que a mesma havia deformado como que tivesse sido forçada assim causando um alongamento que impedia de realizar sua função de puxar o eixo.
Quando comecei a desmontar tudo para retirar o dito cujo, pude perceper que a parte traseira da moto balançou um pouco de um lado para o outro sem que eu fizesse muito esforço, foi quando percebi que o parafuso central do quadro elástico estava completamente solto, p*rra fiquei puto!! cara a gente paga uma fortuna para realizar as revisões, e o maldito mecânico não verificou isso quando reclamei sobre o pneu pegar no paralamas quando colocava minha namorada na garupa.
Bem após pragejar pra caramba, falar um monte de palavrão apertei tudo e fui dar uma volta, cara a motoca ficou outra, eu tinha um problema no engate das marchas que nas trocas parecia uma marretada, falei na revisão e mecânico só levantou a embreagem e continuou a mesma merd*, tinha problema de toda semana ter que esticar a corrente, quando colocava alguém na garupa o pneu pegava na roda, quando passava em uma depressão dava um estálo e a moto dançava a traseira, e por fim uma bateção do inferno e ajustes constantes da caixa de direção.
Para resumir a novela, a bandida tá outra durinha, não rabia mais, parou de ficar flutuando em retão,a corrente ficou na medida pela primeira vez, e melhor não pega mais no pneu quando coloco garupa( fiz o teste ontem).
Os problemas e prejuizo causado pelo simples fato de não ser feito uma boa inspeção na moto foram enormes, já que na revisão se preconisa os ajustes dos parafusos e verificação de outros itens, bem eles são os seguintes, quase gastei desnecessáriamente entorno de 450,00 com amortecedores, esticadores estragados, rompimento do suporte da cebolinha do freio trazeiro, e uma grana considerável em cada revisão (em torno de 250,00) e a minha impressão é que só era feito uma cariocada( gente nada contra os carioca,é só força de expressão) e no minimo o risco de vida a qual fui submetido por conta dessa falta de respeito com quem contrata um serviço.
É isso meu povo, que sirva de exemplo essa é minha primeira custom e estou adorando essa máquina, mas uma coisa tem que ficar clara para pessoas assim como eu marinheiro de primeira viajem, fique atento quando levar sua moto para ajustes, procure aprender sobre sua motoca e principal converse e tire dúvidas com mais de um profissional ou motociclista, eu mesmo sempre procuro ajuda de colegas aqui do forum como o Paludo, o Neto, Jovian, o
Mattheus, etc senão a gente tá na roça.

Um grande abraço á todos
Caramba, eu quase nem entendi a explicação, imagina se o problema fosse comigo...
Graças a Deus se resolveu, Tranqueira. Dá raiva sim pagar caro por um serviço que não presta, mas o que dói mais não é a questão financeira, e sim a confiança que se quebra num caso desses. Se não se pode confiar em quem vendeu a moto (e deveria garantir seu bom funcionamento ao custo de nosso suado dinheiro) ficamos mal...

Os problemas que relatei com a minha se foram completamente. A moto não vazou mais gasolina - parou sozinha, acho que era a sujeira que todos falaram. Estranho é que aconteceu com mais gente também, e da mesma forma. O Paludo tem razão quando fala que tivemos sorte de ter o motor frio (a minha eu vi pela manhã, ao ir trabalhar).
Também tive problemas pra minha pegar quando encostei na mecânica. Ela só dava um pequeno estralho quando batia no botão de ignição, e não girava o motor de arranque. Assustei bastante, mas uma limpeza no relê de partida e no interior dos botões de ignição e corta-giros resolveu tudo.
A moto ficou tão boa que até o freio da frente que tava muito duro ficou bem macio, muito bom pra controlar a moto.
A propósito, minha revisão ficou em R$150,00 e fiz numa mecânica de confiança perto de casa. O cara tá com o motor de 1 Harley aberto na bancada e tem mais uma na fila, além de 1 Shadow, 1 Intruder 250cc e 1 Drag que estão na oficina. Raramente vejo CG ou YBR lá.

É isso aí. Só alegria...

Deus os abençoe
Avatar do usuário
Tranqueira
Mensagens: 31
Registrado em: 18 Jan 2010, 15:20
Contato:

05 Ago 2010, 16:24

Tom meu irmão, por enquanto não gostaria de entrar nesse mérito, até porque o cidadão que era o mexânico foi despedido e o cara que atende é muito gente fina, então quero ver como vai ficar a nova contratação, pois aí vamos saber se é uma postura da CC ou realmente do cara que se intitulava mecânico, não acho justo jogar nesse momento a CC na fogueira por conta de um displicente.
Eu mesmo já passei por isso, tem funcionário que quer emprego e não trabalho, aí o cara só te f*de e no final ainda vc tem que se render ao famoso "QUERO MEUS DIREITOS!"

Gutavo, minha intensão é alertar os garinneiros a não relaxar com suas máquinas, as custom precisam de reapertos e cuidados periódicos, digo isso não apenas para as GR mas para Motos Custom em geral e não confiar totalmente suas máquinas a outras pessoas

Tem um ditado que diz.."O boi só engorda debaixo do zoio do dono!" no nosso caso isso se aplica literalmente.

Quanto a qualidade da máquina, meu é uma moto formidável trabalho com a minha todos os dias rodo em torno de 60 à 70 km por dia e não tenho do que reclamar, hoje só estou escaldado com relação a mecânicos de confiança, não me importo em pagar um preço justo, até porque já sabia que manutenção de moto custom é cara, mas que no minímo possa sair e andar tranquilo, que se minha moto por algum motivo precisar, eu tenha onde levar despreocupado!
tom
Mensagens: 116
Registrado em: 16 Jan 2009, 19:43
Contato:

06 Ago 2010, 11:41

Apóio sua opinião. Precisamos mesmo saber separar as coisas. E no que diz respeito a tomar conta da própria moto, eu acrescentaria outros fatores: você terá sempre a oportunidade de aprender algo novo sobre o funcionamento da sua máquina. Isso ao longo do tempo se acumula e se transforma em experiência que você pode aplicar quando quiser trocar de moto. Fora que às vezes pode-se economizar alguns $$ que podem ser reinvestidos na própria moto, ou acessórios pra você, etc...
Entre chegar primeiro e chegar inteiro... me contento com a segunda opção.
Paludo
Mensagens: 4322
Registrado em: 25 Mai 2009, 22:21
Localização: Avaré
Contato:

07 Ago 2010, 16:32

Realmente é coisas desse tipo que me deixam P... da vida pois eu tb, nunca me importei com o quanto custa mas sim com a qualidade dos serviços, e quando vc paga para para ele ser feito acho que no minimo ele tem que ser bem feito.

Pois se vc esta sentindo que esta acontecendo algo, vc quer uma solução para isso, não somente que ele de uma olha reencaixada na peça e deixe do mesmo jeito, ou uma reapertada no parafuso, mas não descubra pq o mesmo esta desrosqueando.

Acho que isso é o minimo que eles teriam que fazer, pois confiança é uma coisa super dificil de conseguir mas para perdela basta um descuido e tudo vai por agua abaixo, sem contar que dinheiro não é capim. eu sempre procurei cuidar muito bem das minhas coisas pois nunca sei quando tenho que exigir o maximo delas.

Vamu que vamu, doisporcada e abraçosss...
Só há uma coisa melhor do que ver o nascer do sol sobre o guidão de uma moto.
svdneto
Mensagens: 139
Registrado em: 06 Mar 2009, 16:57
Localização: Bauru

10 Ago 2010, 16:18

Só uma curiosidade, alguém fez akela "gambitech" pra instalar uma cebolinha de óleo ou manometro de pressão de óleo ?????????
Paludo
Mensagens: 4322
Registrado em: 25 Mai 2009, 22:21
Localização: Avaré
Contato:

10 Ago 2010, 16:24

svdneto escreveu:Só uma curiosidade, alguém fez akela "gambitech" pra instalar uma cebolinha de óleo ou manometro de pressão de óleo ?????????
Eu ainda não, pois pequei a platina ontem, e para mim fazer tenho quer ter tempo para ir para Avaré, pois lá tenho acesso a torno mecanico para poder fazer a peça.

E pelo visto vai demorar uns dias para mim conseguir ir até lá para poder fazer isso.

Vamu que vamu e abraçosss...

:lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol:
Só há uma coisa melhor do que ver o nascer do sol sobre o guidão de uma moto.
Responder