Moto X Familia

Espaço para mulheres discutirem o lado feminino do motociclismo

Moderadores: Moderadores, Colaboradores, Administradores

Responder
P.H.
Administrador
Mensagens: 1589
Registrado em: 22 Jun 2007, 13:37
Localização: Jundiaí
Contato:

27 Ago 2012, 20:45

Camila Roethig escreveu:Oie Gente!!
Valeu pelos relatos! ;)

Eu sou da Freguesia do Ó, Z/N
Sua mãe deve estar com medo por causa dos "motoqueiros" que passam "dando um grau", andando sem capacete por aqui. Também sou da Freguesia e vejo todos os dias esses "acobratas" por aqui.
Infelizmente são eles que fazem com que pessoas que não estão no meio fiquem com medo de moto, pensam que todos são assim. Imagina "dar um grau" com uma mirage ?

PS: "dar um grau" = empinar, andar somente com a toda traseira

Vai com calma que com tempo ela se acostuma.
Mirage Bobber à caminho !
Camila Roethig
Mensagens: 60
Registrado em: 01 Ago 2012, 03:12
Localização: São Paulo
Contato:

15 Out 2012, 16:55

Oi gente! Só aqui posso falar, nem no trabalho (lá tb acham q eu vou morrer com uma moto).

Hj, iria aproveitar o dia e ir em várias CC pesquisar sobre motocas. Minha mãe me boicotou e me deixou dormindo até 3 da tarde (eu tenho problemas p/ acordar, sério, só o despertador não dá).

Conversando c/ ela sobre minha futura moto, falei da HD e na Yamaha, ela começou a fazer um escandalo, chorou, gritou, falou um monte, disse que eu estou sendo injusta com ela, pq ela vai ao mercado e carrega as compras, q eu deveria comprar um KA (eu compraria um Opala SS, se tivesse $), falou q não tem nada na vida, enfim... um monte. Acabou falando q enquanto eu morar com ela não é justo eu comprar uma moto; ela tem o apoio do meu irmão e cunhada, mas estes moram longe. Falou q vou cair, me quebrar toda, q deveria estudar (é q eu faço na PUC, todos os sábados, o dia todo, farei mestrado e doutorado, depois). Praticmente disse, nas entrelinhas q enquanto eu ficar aqui não compro moto, senão ela vai ter um treco no coração (ela tem problema mesmo).
Tenho 30 anos.
Talvez seja a hora de sair de casa... =(
Mas o pior é q ou saio de casa ou pago a moto, meu salário não dá pros 2, ela sabe disso...
Tá osso, obrigada pelo espaço e um abraço
Juju
Mensagens: 703
Registrado em: 29 Ago 2008, 13:29
Localização: Florianópolis
Contato:

16 Out 2012, 11:55

É Camila, nada como uma mãe para fazer uma chantagem emocional das bem feitas com a gente.

Mas como você disse, você tem 30 anos e paga suas contas, certo? Então está na hora de sua mãe lhe enxergar como uma adulta responsável por suas escolhas. É chato desagradar a família toda, é, mas tens que pensar o que vale para sua vida, pois é você quem vive ela, e só você pode viver ;)
"Isso de ser exatamente o que se é ainda vai nos levar além" P. Leminski
torresbeto
Mensagens: 609
Registrado em: 27 Jun 2012, 20:57
Localização: São Paulo
Contato:

16 Out 2012, 12:37

Olá Camila, tenho uma amiga que sofreu esse mesmo tipo de chantagem emocional por parte da mãe...

O que ela fez: foi lá, comprou a moto, veio pilotando pra casa, parou em frente de casa, entrou e chamou a mãe para ir ver o que ela tinha acabado de comprar...

É claro que a mãe dela surtou, esbravejou, fez a chantagem emocional e tals!

Mas hoje, até andar na garupa com ela a mulher anda!
Não importa qual a sua moto, o vento é o mesmo para todos!
Imagem
FIlIPy65
Mensagens: 208
Registrado em: 15 Set 2012, 18:42
Localização: João Pessoa

16 Out 2012, 23:31

Complicadíssimo...

Pra mim é um objetivo de vida, e se não posso ter, pra quê viver?!? :twisted:
Radical, mas é por aí. O povo daqui de casa não simpatiza, mas aceitam. Afinal, é difícil mudar alguém que está convicto de algo, principalmente quando o principal argumento usado é "É perigoso!".

Os amigos também são contra, com exceção de um que anda de moto, mas não adquire uma pelo "risco". Ele apoia pois sabe que é um antigo sonho meu.


Camila,
se é um sonho teu, vá em frente. Acredito que sua mãe já passou por várias coisas na vida, e ACHO que não seria uma aquisição de um transporte que afetaria sua saúde (mesmo já existindo um problema).
O que você pode tentar fazer, seria tentar tranquilizá-la. : )
Diz que a moto é mais baixa, e por isso é mais fácil colocar os pés no chão e logo, mais seguro.
Que é uma moto diferente das outras, e por isso será diferenciada dos "motoboys", ganhando (um suposto) respeito no trânsito, e mais segurança.
Diz que paga um taxi quando ela for ao mercado. (se poder é claro, também não vai mentir :p)
E assim vai. ;D

Boa sorte!
Camila Roethig
Mensagens: 60
Registrado em: 01 Ago 2012, 03:12
Localização: São Paulo
Contato:

17 Out 2012, 00:55

Oi gente!!

Obrigada pelas dicas e pelo espaço ^^

eu já convidei minah mãe um monte de vezes p/ ir comigo nas lojas, nas CC, enfim... Nunca quis, disse q já andou de garupa e adora (???). Já expliquei tudo pra ela, das customs, q roubam menos, são boas pq sou baixinha, são lindas, ajudo ela com $ (mas ela vai no mercado qdo estou trabalhando, é teimosa tb), enfim... mas só escutou, não me ouviu.

Eu já estava desconfiava q a "panela iria estourar" uma hora e q p/ eu comprar minha moto vou ter q fazer tudo sozinha e escondida, chato pois queria compartilhar isso com ela. O jeito vai ter q ser esse mesmo, comprar e chegar em casa de moto, aí já tá feito.

Depois do q relatei p/ vcs a gente se fala numa boa, mas nada de motos ou autoescola...

Obrigada gente!! Um bjo
Camila Roethig
Mensagens: 60
Registrado em: 01 Ago 2012, 03:12
Localização: São Paulo
Contato:

17 Out 2012, 00:58

Mas ainda assim corro o risco de ter q sair de casa =/

Abs
Bromens
Colaborador
Mensagens: 2318
Registrado em: 14 Mar 2011, 10:02
Localização: Aracruz
Contato:

17 Out 2012, 08:34

Quando a família se intromete assim é complicado. Passei por isso no inicio, não com tanto drama, mas houve resistencia, principalmente do meu pai, pois eu costumava tomar umas no final de semana, então a preocupação era de beber e pilotar e sabemos que na moto temos só duas rodas, então o equilibrio fica mais dificil nessa situação.

Mas não teve jeito!!! Fiz meu consórcio e fui pagando, até que um dia meu saudoso Tio Jejesky (in memoriam), me emprestou uma grana pra dar lance e tirar a minha tão sonhada primeira moto, uma CG 125 Titan 2001 Prata!!! Caraca foi meu dia mais feliz até então... chegar com ela em casa e apresentar pro meus velhos, que vendo a minha felicidade nem me pertubaram mais... exceto nas vezes em que levei uns tombos no inicio... normal... :lol: :lol: :lol: :lol:

:roll: Dificil sua situação Camila... mas se é teu sonho, não há quem te segure, não é mesmo??? :!:

:idea: Vá com calma, apresente amigos e amigas que andam de moto, assim eles irão tranquilizar sua mãe e mostrar para ela que moto não é uma arma mortal e sim um transporte útil, seguro e apaixonante!!!

Grande abraço. :wink:
Bromens
Camila Roethig
Mensagens: 60
Registrado em: 01 Ago 2012, 03:12
Localização: São Paulo
Contato:

24 Out 2012, 22:42

Oi gente!

Bromens, muito obrigada pela força! E pra toda galera tb!! :)

Gente, minha mãe me fala cada coisa horrível q consegue me botar medo... eu me mostro destemida, mas não adianta...
É tão legal motocar! Me sinto criança de novo, parece bobagem mas é como eu me sentia ao andar de patins ou bike... Olha, já me divirto com a CGzinha da autoescola, imagina qdo eu tiver minha motoca ^^

Eu disse a ela q cresci mas parece q ela não liga p/ o q falo; agora mudou dizendo q "não tem medo de mim mas dos outros, caminhões, ônibus, bêbados"
daí dá pra imaginar o q ela fala...
Galera, aqui em casa o negócio tá tenso e osso =S

Abs
FIlIPy65
Mensagens: 208
Registrado em: 15 Set 2012, 18:42
Localização: João Pessoa

25 Out 2012, 08:25

Camila,
não sei se você chegou a andar de bicicleta pelo trânsito.
É sabido que no trânsito você dirige por você e pelos outros, não pode existir distração, e se você já rodou pelo trânsito de bike, já deve tá maceteada de como as coisas funcionam mais ou menos. Seria mais um argumento a seu favor. =p

O sentimento de andar de bicicleta é ótimo, infelizmente ainda é a única duas rodas que tenho. =/

Boa sorte!
Responder