Kansas 150: Opiniões de proprietários

Motos: Dafra Kansas 150, Dafra Kansas 250, Dafra Horizon 250

Moderadores: Moderadores, Administradores, Colaboradores Dafra

Responder
Taximus
Mensagens: 6
Registrado em: 22 Jul 2012, 10:05

25 Out 2012, 18:59

Exatamente.

Pois, minha moto eu tive sérios problemas de consumo, elétrica e embreagem quando comprei, e por causa da garantia ela esta nestes condições que apresentei.

Aqui no PR se encontra uma 2009 por R$2.500 a 3.000, fácil.

Att.
L340 escreveu:
Rafael_Deitos escreveu:Boa noite a todos! Sou novo no fórum! algum espaço para apresentações aqui?
viewtopic.php?t=18
Rafael_Deitos escreveu: Bom.. tenho acompanhado o fórum a algumas semanas!

Estou a procura de uma Kansas 150 pra comprar! Fui ver uma hoje numa cidade vizinha a minha! Alias preço ótimo, mas ela esta MUITO ruim!

http://www.carrosnaserra.com.br/?conteu ... cio=438023

Resolvi ir ver uma que esta em outra cidade, pela credibilidade da loja que vende ela deve estar em excelente estado segue link:

http://www.carrosnaserra.com.br/?conteu ... cio=426944

Queria opiniões... Sera que vale a pena pagar 3800,00 numa 2008/2009? Sabendo que uma nova esta 5400,00?
Sinceramente depende muito do antigo dono.
A minha eu peguei nova, mas tive dor de cabeça de moto usada.
Mas se um dia eu vender, o sujeito não precisará se preocupar com um monte de coisas que eu já coloquei de melhor qualidade. Por outro lado, pode precisar mexer no motor devido a quilometragem que deverá estar bem alta :D

Esse é o valor de tabela, você pode procurar mais por aí, quem sabe não consegue uma moto mais barata ou com mais itens por esse valor.
Agência não é sinônimo de a moto estar boa, já procurei em agência e achei cada coisinha maqueada de bem conservada, com KM baixo e tudo mais, tudo pelo preço de tabela.
A vantagem da agencia é a garantia de 3 meses, pq pelo histórico da moto o risco é o mesmo.
"O ser humano é filogeneticamente sensível a interação social";
L340
Moderador
Mensagens: 1329
Registrado em: 02 Jan 2009, 19:40
Localização: Guarulhos
Contato:

25 Out 2012, 19:08

Pois é, o preço de tabela é assustadoramente diferente do preço que se vê por aí.
Muito se deve aos casos de quadro quebrado (que até hoje não teve recall e todo mundo some depois de um tempo) e dos motores travados por falta de óleo (e essa falta de óleo é a quantidade recomendada pelo fabricante).
Isso manchou muito a imagem da moto e trouxe uma rejeição que fez inclusive o preço da nova abaixar.
Fora que antes só tinha a intruder para concorrer, agora tem a Miraginha.
Vinícius Melo
Gott Weiss Ich Will Kein Engel Sein
MotosCustom
Mensagens: 103
Registrado em: 14 Set 2012, 16:12

02 Dez 2012, 17:48

Imagem

Clique na imagem para participar !!
Equipe Motoscustom
jeff_km
Mensagens: 44
Registrado em: 15 Set 2010, 09:58
Contato:

16 Mar 2013, 10:30

frota escreveu:Olá Pessoal, meu nome é Frota, sou de Belém do Pará e foi lendo este fórum que decidi comprar a Kansas 150 Prata, eu já tive várias motos (tenho 43 anos e a primeira foi com 18) mas essa foi a primeira 0K, na verdade eu ainda não tenho condições de comprar uma Custom maior, minha primeira opção era a Kasisnki 250, mas como o banco não aprovou o crédito pois sou autônomo, por isso tive que comprar uma de menor porte a vista.
(...)
Navegando aqui no Fórum, li algo sobre a quantidade e o tipo do óleo e decidi ir a uma oficina perto de casa onde eu fazia a manutenção da Kasisnki que eu tinha antes e arriei o óleo e coloquei 1,2 lt de um sintético de melhor qualidade da Mobil, que melhorou um pouco mas não resolveu o problema, (...)
Olá, Frota

Tenho uma kansas 2009 com 53 mil km e motor em perfeitas condições. 1,2 litro de óleo não é suficiente para esse motor. Faça o procedimento de medição exatamente conforme descrito na página 40 do manual do proprietário e você constatará por você mesmo que a dafra te entrega a moto da revisão com uma quantidade de óleo que nem atinge a vareta medidora.

Como referência, 1,2 litro é a quantidade para chegar ao nível mínimo da vareta, ou seja, ainda faltam 200 ml para chegar ao nível máximo, que é a condição ideal.

Aos que dirão que não se deve colocar mais óleo do que o recomendado no manual, direi simplesmente o seguinte:

Façam o procedimento exatamente como consta no manual (não é igual ao da titan, não é só tirar a vareta e medir, tem que ligar o motor por 1 ou 2 minutos e depois medir) e depois peçam desculpas por terem duvidado.

Um abraço,

Jeff
...and there's no time for fussing and fighting, my friend...
L340
Moderador
Mensagens: 1329
Registrado em: 02 Jan 2009, 19:40
Localização: Guarulhos
Contato:

19 Mar 2013, 00:52

jeff_km escreveu:
frota escreveu:Olá Pessoal, meu nome é Frota, sou de Belém do Pará e foi lendo este fórum que decidi comprar a Kansas 150 Prata, eu já tive várias motos (tenho 43 anos e a primeira foi com 18) mas essa foi a primeira 0K, na verdade eu ainda não tenho condições de comprar uma Custom maior, minha primeira opção era a Kasisnki 250, mas como o banco não aprovou o crédito pois sou autônomo, por isso tive que comprar uma de menor porte a vista.
(...)
Navegando aqui no Fórum, li algo sobre a quantidade e o tipo do óleo e decidi ir a uma oficina perto de casa onde eu fazia a manutenção da Kasisnki que eu tinha antes e arriei o óleo e coloquei 1,2 lt de um sintético de melhor qualidade da Mobil, que melhorou um pouco mas não resolveu o problema, (...)
Olá, Frota

Tenho uma kansas 2009 com 53 mil km e motor em perfeitas condições. 1,2 litro de óleo não é suficiente para esse motor. Faça o procedimento de medição exatamente conforme descrito na página 40 do manual do proprietário e você constatará por você mesmo que a dafra te entrega a moto da revisão com uma quantidade de óleo que nem atinge a vareta medidora.

Como referência, 1,2 litro é a quantidade para chegar ao nível mínimo da vareta, ou seja, ainda faltam 200 ml para chegar ao nível máximo, que é a condição ideal.

Aos que dirão que não se deve colocar mais óleo do que o recomendado no manual, direi simplesmente o seguinte:

Façam o procedimento exatamente como consta no manual (não é igual ao da titan, não é só tirar a vareta e medir, tem que ligar o motor por 1 ou 2 minutos e depois medir) e depois peçam desculpas por terem duvidado.

Um abraço,

Jeff
Grande Jeff!

O anjo da guarda dos motores Kanserianos assim como aqueles que os aceleram.

Ultimamente tenho batido mais nesse ponto de medição mesmo que na quantidade, pois dessa forma cada um chegará por conta própria na quantia correta.

Nada melhor que o sujeito ver com seus próprios olhos (ou com seus próprios óculos) o quando foi de óleo lá para dentro do motor.

Abraço
Vinícius Melo
Gott Weiss Ich Will Kein Engel Sein
jeff_km
Mensagens: 44
Registrado em: 15 Set 2010, 09:58
Contato:

19 Mar 2013, 10:21

Puxis, como não pensei nisso?

Mas para a penúltima pessoa que eu tentei explicar isso, ele não quis nem ouvir, porque "sabia" como se mede o óleo, "é só tirar a vareta e medir".

É isso que dá não ler o manual do proprietário.

E acreditar mais nos números do que no texto que está escrito no manual.

"Ah, a dafra (ou kasinski, com a mirage 150) não ia cometer um erro desses".

É o que sempre ouço do pessoal, então sempre tento explicar nos minimos detalhes.

Mas é difícil, viu?

O pessoal acha que sou maluco. Tem até uns manés dizendo que eu tenho interesse em falar mal da empresa.

Eu só queria que as pessoas não tivessem prejuízo e fossem tão felizes com suas motos como eu sou, você sabe o quanto eu curto a Jezebel.

Um abraço,

Jeff
...and there's no time for fussing and fighting, my friend...
L340
Moderador
Mensagens: 1329
Registrado em: 02 Jan 2009, 19:40
Localização: Guarulhos
Contato:

19 Mar 2013, 10:48

Sei sim, vocês já tem um caso que poderia até virar um filme :-)

Tem casos em que as pessoas são cegas e teimosas, confiam no manual e nunca descobrirão que além do óleo tem mais um quilo de erros nele (como o tipo de quadro, a parte elétrica, etc, etc, etc).

É como nosso amigo Cássius disse certa vez:
"confiança é igual cristal, só se quebra uma vez" (ok, ele usou outra palavra com C).

E tem pessoas que ficam com o pé atrás com essa história.

já notei que muita gente acha que é lorota e tem quem fique com a pulga atrás da orelha e faça as medições em casa.

Tem quem tenha medo e quem seja teimoso mesmo.

Por isso normalmente eu falo que a moto é boa, tem seus pontos fracos sim (principalmente os de plástico :P ), mas precisa ficar atento com o nível do óleo.

Talvez isso desperte a curiosidade e as pessoas venham buscar o conhecimento sobre a quantidade correta (entre outras coisas).

Ou não, e para essas, eu desejo um longo passeio rodando a 80 km/h medidos pelo painel kkkkkkkkkkkkkk
Vinícius Melo
Gott Weiss Ich Will Kein Engel Sein
jeff_km
Mensagens: 44
Registrado em: 15 Set 2010, 09:58
Contato:

19 Mar 2013, 10:58

Ah, mas 80 km/h no painel da kansas não vale...

Na minha isso quer dizer 55 km/h reais, se eu ficar nessa velocidade na estrada todo mundo vai querer passar por cima.

E eu piloto uma moto, não um patinete motorizado.

A propósito, nem todas as kansas têm o mesmo erro no velocímetro, só a maior parte das que eu conheço.

Um abraço,

Jeff
...and there's no time for fussing and fighting, my friend...
Walter J.Bünning
Mensagens: 4
Registrado em: 25 Nov 2010, 21:48
Localização: São José dos Pinhais
Contato:

11 Abr 2013, 00:01

Eu tenho uma 2008 que comprei zero.
Logo na primeira revisão deixei de levar na autorizada. Só para encurtar fiquei na rua sem gasolina.( Deixei a neguinha com tanque cheio.) :{
Perdi a confiança também pois depois de sair da revisão senti a moto "presa", como estava meio longe de casa uns 10km +/- parei em um posto de combustivel tirei a vareta de óleo e cade o óleo.
Segurei ela reta pois a minha vem sem cavalete central {Prefiro assim} medi de novo e não marcava ou melhor só na ponta. Liguei pra New Motos aqui em curitiba, e a resposta foi que os mecânicos deles sabiam oque estavam fazendo, e reafirmei que a moto estava com pouco rendimento motor com ruido anormal {de pouco óleo. Quem tem moto faz tempo sabe diferenciar o funconamento do motor } e que eu estava parado em um posto. Foi ai que eu não acreditei a "mocinha" #%*#@ do outro lado me falou para fazer um curso de mecânica e ir trabalhar com eles. Depois disso liguei para um guincho sim um guinho de um amigo acostumado a trabalhar comigo e fui até a loja. Chamei pela fulana pelo vendedor pelo chefe da oficina e pelo mecânico que fez a revisão da moto, só depois desci a moto do guincho, e funcionei o ruido era aquele caracteristico de óleo baixo. Resumindo só me incomodei acabei indo em uma loja de peças comprei outro litro de óleo coloquei mais 500ml e antes de ir embora fiz questão de contar para a #%¨&@# da gerente que eu ja era 1º oficial mecânico quando provavelmente ela ainda chupava chupetas.
Desde então passei à colocar 1500ml de óleo no motor.Minha neguinha esta com 18000km não vasa não queima e nunca precisei abrir o motor para nada alem de regular as valvulas de vez em quando. :wink:

Mas trenho um amigo que ja fez o motor da dele 3 ou 4 vezes, sempre falta de lubrificação....
jeff_km
Mensagens: 44
Registrado em: 15 Set 2010, 09:58
Contato:

11 Abr 2013, 19:14

Walter J.Bünning escreveu:Eu tenho uma 2008 que comprei zero.
Logo na primeira revisão deixei de levar na autorizada. Só para encurtar fiquei na rua sem gasolina.( Deixei a neguinha com tanque cheio.) :{
Perdi a confiança também pois depois de sair da revisão senti a moto "presa", como estava meio longe de casa uns 10km +/- parei em um posto de combustivel tirei a vareta de óleo e cade o óleo.
Segurei ela reta pois a minha vem sem cavalete central {Prefiro assim} medi de novo e não marcava ou melhor só na ponta. Liguei pra New Motos aqui em curitiba, e a resposta foi que os mecânicos deles sabiam oque estavam fazendo, e reafirmei que a moto estava com pouco rendimento motor com ruido anormal {de pouco óleo. Quem tem moto faz tempo sabe diferenciar o funconamento do motor } e que eu estava parado em um posto. Foi ai que eu não acreditei a "mocinha" #%*#@ do outro lado me falou para fazer um curso de mecânica e ir trabalhar com eles. Depois disso liguei para um guincho sim um guinho de um amigo acostumado a trabalhar comigo e fui até a loja. Chamei pela fulana pelo vendedor pelo chefe da oficina e pelo mecânico que fez a revisão da moto, só depois desci a moto do guincho, e funcionei o ruido era aquele caracteristico de óleo baixo. Resumindo só me incomodei acabei indo em uma loja de peças comprei outro litro de óleo coloquei mais 500ml e antes de ir embora fiz questão de contar para a #%¨&@# da gerente que eu ja era 1º oficial mecânico quando provavelmente ela ainda chupava chupetas.
Desde então passei à colocar 1500ml de óleo no motor.Minha neguinha esta com 18000km não vasa não queima e nunca precisei abrir o motor para nada alem de regular as valvulas de vez em quando. :wink:

Mas trenho um amigo que ja fez o motor da dele 3 ou 4 vezes, sempre falta de lubrificação....
Olá, Walter,

Bem-vindo ao time.

Por coincidência, acabei de chegar do MPF de Santa Catarina onde fiz uma denúncia contra esse absurdo. Acredite se puder, depois da denúncia e por pressão do MPF, a dafra tomou a iniciativa de alterar o manual do proprietário, informando que NÃO se deve mais ligar o motor antes da medição. Ou seja, oficializaram o procedimento que mascara a quantidade errada de óleo em vez de corrigir. Essa arrogância que você encontrou com essa atendente incompetente é a mesma em toda a empresa. Se quiser conhecer detalhes, dá um pulo no fórum da dafra, o assunto está fervendo por lá.

Um abraço,

Jeff
...and there's no time for fussing and fighting, my friend...
Responder