Vblade 250: Mitos e verdades (com fotos)

Moto: Sundown Vblade

Moderadores: Moderadores, Administradores, Colaboradores Sundown

Danilo Grangeiro
Mensagens: 28
Registrado em: 06 Jan 2013, 12:59
Localização: Gama
Contato:

24 Out 2013, 02:03

Vblade Mitos e verdades.

Recebi uma mensagem querendo saber se hoje, depois de 5 anos fora do mercado ainda vale a pena pegar uma vblade, e se ela realmente e uma moto problemática.
Resolvi fazer um tópico comentado, com base em minha experiência, o que e verdade e o que e mentira sobre a moto e como resolver os problemas dela.


Vblade tem problema na torneira de combustível?

Não, a torneira dela era montada com as manqueiras que vinha do tanque erradas, com a reserva no lugar da principal e vice versa, uma simples troca de mangueiras resolve o problema. E o vasamento que alguns tinham era so apertar os dois parafuso que ficam na parta da frente. E na pior das hipóteses era necessário trocar o reparo da torneira, que e o mesmo da virago 250, que custa na base de 20 reais. Há um repara para a parte de vácuo da torneira que so se troca se quiser, pois a torneira trabalha muito bem sem usar a parte de vácuo, a minha por exemplo esta sem as borrachas desta área. O único inconveniente e que ao desligar a moto por muito tempo tenho que fechar a torneira de combustível como em qualquer outra moto. Com a parte de vácuo ela fecha sozinho, dispensando a função da torneira na posição off.


As mangueiras de combustível se ressecam e fecham?

Sim. As mangueiras não se dão bem com o combustível nacional, o recomendável e comprar mangueira de silicone transparente para combustível (em qualquer loja de moto) e subistiuir todas. E um gasto de 15 reais. E com isso você consegue identificar se esta tendo problema de alimentação pois da para ver a gasolina passando.

Imagem
Imagem



A bomba de combustível vácuo tem que ser aberta sempre para limpeza?

Não. O bom e abrir ela e verificar a cada 1000 km junto com a revisão geral que deve ser feita quando chega a esta quilometragem (troca de óleo, checagem das lonas e pastilhas de freio, limpeza do carburador, esticar a corrente, etc.)


Ela não tem filtro de gasolina?

Não. Ela não possui filtro, ela possui uma tela dentro do tanque que filtra, precariamente o combustível. O recomendado e comprar um filtro de combustível para moto na base de 4 reais. E colocar entre a torneira e a bomba. E não se preocupe ele não vai dificultar a passagem de combustível e vai manter o carburador e a bomba limpa mais tempo.


Os retentores do garfo vazam sempre?

Os originais sim. O recomendado e trocar eles junto com o óleo e colocar um de tornado ou twister. Eles são da mesma medida e vão durar muito tempo. Se o seu não esta vazando e a suspensão ainda esta macia e funcinando então não mexa.


A corrente faz muito barulho e fica batendo?

Sim. A corrente quando folga fica fazendo um barulho quando bate no protetor e na quadro. A solução e usar um tensor de corrente estilo a da broz, mas um modelo com roldana de borracha e sempre que ver que a corrente já esta frouxa apertar, e para apertar faça isso com a moto em pe e com alguém sentado nela. Fazendo isso nunca mais vai ouvir barulho de corrente.

Imagem
Imagem


O protetor da corrente quebra fácil.

Sim. Ele e de plástico rígido e acaba quebrando com as pancadas da corrente. Mas em vez de comprar outro eu diminui a folga da corrente como na dica acima e refiz a ponta que quebrou em ferro. E rebitei no plástico. Agora esta firme e forte. Se quiserem tiro foto e mostro onde fazer o remendo. Custo ficou em uma cocacola para o serralheiro.

Imagem
Imagem


O amortecedor traseiro estoura fácil?

So li relatos na internet mas todos que conheço e tem vblade nunca me reclamaram disso. Mas e um caso a se estudar.


O velocímetro embaça e estraga fácil?

Sim. Alem de embaçar por qualquer coisa, desde encher o tanque ou uma mudança de clima, ele queima fácil por ser todo digital. A solução e parar de brigar com ele e colocar um velocímetro da dafra Kansas no guidon preso no suporte que liga o guidon no quadro. O da dafra e igual ao da virago 250 ele e analógico. Sendo assim menos suscetível a defeitos e um investimento de 70 no velocímetro, 30 no caracol e 15 no cabo, dando um total menor do que um velocímetro da vblade que e na base de 120.


O marcador do combustível não marca correto?

Sim. pois faz parte do medidor digital do velocímetro. A solução Foi tirar o veocimetro dali e coloquei no lugar um medidor de carro. Comprei ele no ferro velho de um chevete e pricesei so encomendar um adesivo e um circulo em acrílico e coloquei ele no tanque no lugar do velocímetro. Agora marca com perfeição e ficou com visual mais bonito. Investimento de 30 reais.


A vblade por não ser produzida não se acha peças no mercado?

Mentira. Todas as peças do motor são os mesmo da virago e da Kansas 250, e se acha bastante no mercado. E as peças excluisivas (tanque, laterais de plástico, rabeta, paralama, etc) tem no mercado livre.


O cdi queima com facilidade?

Sim, pois a moto não usa fusíveis e sempre que tem algum problema elétrico eles são as primeiras vitimas, erro do projeto não ter fuziveis para tudo. A solução foi colocar um porta fusível debaixo do banco ao lado dos cdis. Ele se encontra fácil no mercado de peças de carro e cabem ate 8 fusiveis. Então coloquei um de 10A para cada cdi e aproveitei e coloquei para farol, setas e partida. Investimento de 30 reais já com a Mao de obra do eletricista (bem que eu e que fiz o serviço da minha e so gastei 5 reais do porta fusível.


A tampa do tanque vaza combustível?

Não. O que ocorre e que tampa de moto não deve ser rodada como de carro ela se fecha por preção com a seta apontado para frente. E tem uma borracha que faz esta vedação, e ela tem que ser tirada e limpa a borracha para ela não ressecar, ela também funciona como suspiro do tanque para que ele não fique um vácuo dentro impedindo a saída do combustível. Tem vezes que ocorre condensação de gasolina dentro dela que evaporou do tanque e da a impressão que esta vazando combustível por ela.


O quadro racha fácil em baixo do banco?

As primeiras levas tiveram este problema, mas em 2007 isso foi resolvido. Basta tirar o banco e olhar onde vai o amortecedor traseiro se estiver rachando e so levar a um serralheiro e por 10ª 15 reais ele da um pingo de solda. Coisa fácil. Mas não esqueça de passar uma tinta preta sobre a solda depois para não enferrujar, use pincel para isso.


A vblade não tem mercado e não vale a pena comprar ela?

Sim e não. Ela não tem mercado e se demora a vender, mas vale muito a pena comprar uma sim. Ela usa o mesmo projeto da virago, uma moto boa de estrada tanto que ainda e produzida pela Yamaha em outros países. E como a nacional saiu de linha no começo da década passada. A vblade e uma moto com pelo menos 8 anos a menos e o melhor e que custa de 2 a 3 mil a menos que uma virago, ou ate menos, com paciecia você encontra ela ate por 5 mil.


Mas moto tem que ter dono, porque quem compra uma moto pensando que e igual carro. Deu na chave e sai e raramente se preocupa com manutenção se engana. A moto troca de óleo a cada mil o carro a cada 10 mil. Pneu de moto dura a metade ou ate um terço do tempo comparado com de um automóvel, moto tem que fazer manutenção periódica, carro já e mais robusto e manutenção e bem mais escassa. Agora se o cara quer uma moto que não tenha manutenção ou prefere pagar por tudo, recomendo ir a categorias mais acima e de marcas famosas com valor na faixa dos 20 pra la.

Qualquer duvida vão postando ai que respondo com o maior prazer.

Zanuttini
Mensagens: 2
Registrado em: 06 Nov 2013, 09:10
Localização: Ribeirão Preto

06 Nov 2013, 09:30

Bom dia Danilo.

Estou com essa dúvida se devo ou não comprar, estou vendo uma vblade 2006, conforme informações do proprietário, unico dono, e 45mil km rodados (isso é o que mostra no painel), aparentemente, bem consevada, valor um pouca abaixo dos 6mil (ainda estamos negociando).
A moto está em outra cidade, e nesta cidade não conheço nenhum mecanico para levar, e eu não entendo quase nada para avaliar e dizer que a moto estaria realmente boa.
Conforme todas as informações passadas no seu tópico, deduz que esses problemas são problemas simples de resolver e que são relativamente baratos, e pelo ano da moto , provavelmente todos já estariam resolvidos. Estou certo? Posso pensar assim?

Enfim, as peças de reposição como vc disse não seria problema por ter de outros modelos que servem nela, mas e com a situação da sundown que já não sei dizer se faliu ou como está,vai ficar cada vez mais dificil achar peças especificas para o modelo.

A minha dúvida é, por não entender de mecanica e não conseguir fazer essas adaptações como você disse que fez, ainda é valido comprar uma moto dessas?
Pois não tenho nenhum mecanico de confiança até o momento.

Obrigado.

Danilo Grangeiro
Mensagens: 28
Registrado em: 06 Jan 2013, 12:59
Localização: Gama
Contato:

06 Nov 2013, 13:08

Zanuttini escreveu:Bom dia Danilo.

Estou com essa dúvida se devo ou não comprar, estou vendo uma vblade 2006, conforme informações do proprietário, unico dono, e 45mil km rodados (isso é o que mostra no painel), aparentemente, bem consevada, valor um pouca abaixo dos 6mil (ainda estamos negociando).
A moto está em outra cidade, e nesta cidade não conheço nenhum mecanico para levar, e eu não entendo quase nada para avaliar e dizer que a moto estaria realmente boa.
Conforme todas as informações passadas no seu tópico, deduz que esses problemas são problemas simples de resolver e que são relativamente baratos, e pelo ano da moto , provavelmente todos já estariam resolvidos. Estou certo? Posso pensar assim?

Enfim, as peças de reposição como vc disse não seria problema por ter de outros modelos que servem nela, mas e com a situação da sundown que já não sei dizer se faliu ou como está,vai ficar cada vez mais dificil achar peças especificas para o modelo.

A minha dúvida é, por não entender de mecanica e não conseguir fazer essas adaptações como você disse que fez, ainda é valido comprar uma moto dessas?
Pois não tenho nenhum mecanico de confiança até o momento.

Obrigado.
Zanuttini, ainda acho valido comprar uma vblade, e esta pela kilomentragem e o preço esta interessante. mas como toda moto usada tem que se observar alguns detalhes, e como voce nao tem nenhum mecanico conhecido, vamos tentar entao te passar umas dicas para voce mesmo analizar as condiçoes dela.


-problemas estruturais.

tem que se ver se a moto tem problemas estruturais, isso se olha analizando o quadro dela. procurando amassados ou trincados. olhe nas balança traseira e nas duas barras de ferro que passam por baixo do motor e sobem pela frente ate encontrar a direçao. se notar que estas barras estejam com amassado ou marcas anormais indica queda ou acidente. nestes casos fuja do negocio.
Imagem

pegue uma chave e tire os bancos (sao so 3 parafusso) e olhe onde o amortecedor traseiro se liga no quadro (em baixo do banco dianteiro) veja se a alguma trinca neste local. se tiver tem que se reforçar as soldas ai. neste caso uma simples ainda vale investir. e pode pedir um desconto de uns 500 contos.


-problemas no motor.

procure trincados no bloco do motor e nas aletas de refrigeraçao. olhe se a vazamento de oleo. ligue e veja se assim que comessa a funcionar o motor faz barulho de maquina de costura (isto e normal pois o oleo ate esquentar sobe com dificuldade e o motor faz um barulho de maquina de costura), se ouvir alguma batida de ferro (um tec tec metalico) pode ser um motor desregulado ou com problemas tanto de lubrificaçao como cabeçote.
espere o motor esquentar (uns 10 minutos) e acelere bastante e segure o giro bem alto e veja se a fumaça que sai do escapamento tem cor normal igual a de carro ou se esta saindo uma fumaça escura ou azul acizentado, se estiver, pode estar queimando oleo, ai e uma manutençao mais cara e talves tenha que se fazer o motor. entao fuja.
passe o dedo por dentro do cano de escapamento (com ele frio para nao queimar a mao) e veja se a uma fuligem preta seca (normal). se ela estiver com resquicios de oleo como se fosse uma borra viscosa, tambem e mal sinal.
veja se ao funcionar o motor os dois cilindros estao funcinando, e so colocar a mao nas aletas e ver se eles estao esquentado. se um deles estiver frio ele nao deve estar queimando, o que pode ser tanto uma coisa simples como uma vela (10 reais ) como um cdi (60 reais)

- cambio

veja se ela engata as marchas subindo e tecendo sem dificuldade e se ela da traçao em todas as marchas. se ela nao der traçao em alguma marcha pode ser sinal de desgastes nas engrenagens e um custo elevado para arrumar.


- Embreagem

teste a embreagem e facil, com a moto ligada sente e segure os dois freios (dianteiro e traseiro) engate a 5 marcha e solte a embreagem se a moto nao apagar na hora e sinal que o disco esta patinando e chegou a hora de trocar (o bom e que o disco pode ser o mesmo da XT 600 e custa 60 conto o pacote com 8 discos e a vblade so usa 5, e fica 3 de reservea )
ps. segure bem firme no freio para nao levar um capote.


-suspençao.

aqui voce veja se esta vazando oleo pelos retentores (o tubo fica maregajado de oleo no encaixe entre eles) entao montado nela e com o freio dianteiro acionado jogue o peso todo do corpo na parte dianteira da suspenção e observe se ele afunda com suavidade e se nao chega ao final do curso, tando uma batida seca. se ele se comportar diferente disso, entao e so trocar o oleo com os retentores.
o traseiro e so colocar uma pessoa na garupa e dar uma volta. ao passar por um quebra mola e ela quicar ou bater no fim do curso, tambem indica final de vida do amortecedor.


-parte eletrica

aqui com a moto desligada e somente com a chave na posição 1 veja se as luzes do painel, farol, lanterna, setas funcionam e buzina funcionam e ao acionar cada um nao faz barulho de curto na moto.
Olhe se os polos da bateria estao bem apertados e se ela esta com o liquido na medida.
teste o motor de partida e veja se ela funciona sem falhas.


-Direção

moto custom tem a direçao pesada por natureza, mas para testar voce coloca a moto no descanso laterial e estando ao lado esquerdo na moto voce puxa pelo guidon curvando ela ate o pneu d frente desencostar do chao, ai e so virar para a direita e esquerda e veja se ela vira leve e sem dificuldades tanto para esquerda como para direita, se ela nao virar ou virar travando e sinal que as esferas da direçao ja se desgastaram e tem que ser trocado.
e montado nela voce trava o freio dianteiro e emburra e puxa o guidon assim voce consegue sentir se tem folga na direçao. Um simples aperto pode solucionar o problema, mas serve como desculpa para pedir um desconto.


-transmissão

aqui e so olhar se os dentes da coroa e do pinhao estao gastas e facil olhar
use esta imagem como referencia
Imagem

se estiver como a primeira entao tem muito tempo de vida ainda. se ja estiver como a segunda entao ja ta na hora de trocar.


-carenagem

observe trincos e rachados na carenagem, peguenas fissuras sao normais, pois o plastico da vblade nao e muito resistente. entao nas tampas laterais ela racha em cima das travas onde encosta no quadro.
Ja o paralama dianteiro ele trinca por causa do suporte interno de metal que acaba rachando onde fica preso as bengalas. veja se tem rachaduras nele com a ajuda de um espelho se tiver e so desmontar e pedir a um serralheiro para dar um pingo de solda.



Mecanica de moto pode parecer um bicho de 7 cabeças mas com um pouco de paciencia da para se aprender varios macetes. E moto custom por ter um espirito de estradeira obriga o dono a aprender estes macetes, pois em uma viagem a 300km de tudo voce so vai poder contar com voce para resolver pequenos problemas. Pois foi assim que tive que aprender, tanto que nao sou mecanico (sou analista de sistema) e hoje faço toda a manutençao das minhas motos. e tem amigos que hoje me usam como referencia e antes de levar a moto a algum mecanico primeiro trazem a mim para saber o que pode ser e depois levam a um mecanico.
agora e bom voce ter um bom mecanico para te ajudar na manutença, e se nao tiver, faça o seguinte, treine-o, imprima o manual de serviço da vblade, manual de serviço da virago, manual de peças da vblade e manual de peças da virago, e de de presente a ele e sempre que for la use eles como uma biblia e so deixe ele desmontar sua moto apos ter localizado o capitulo que fala do defeito que ela possa estar apresentado. com isso voce vai ganhar um mecanico que realemente vai ter noçao do que esta fazendo, e ainda vai ajudar ele a virar um otimo profissional.


sobre as peças de reposiçao, a sundow realmente esta falida mas a vblade usa 80% das peças da virago, so mudando alguns detalhes.
-motor 100% da virago
-eletrico 80% (os cdis e que mudam, mas ele e fabricado pela magnetron, fabricante nacional, e se nao achar pode comprar pelo ebay, pois ela ainda e vendida em outros paises)
-freio 70% as partes que nao sao da virago, sao de outras motos. e desde as lonas traseiras as pinças dianteiras voce pode encontrar tranquilo.

as peças que sao dificeis achar sao as peças exclusivas, como carenagem, tanque, rodas. mas ainda a logistas com elas em estoque, tanto que no mercado livre tem varios deles.


entao amigo va fundo. e se tiver duvidas e so ir perguntando que respondo com o maior prazer.

Zanuttini
Mensagens: 2
Registrado em: 06 Nov 2013, 09:10
Localização: Ribeirão Preto

08 Nov 2013, 08:54

Rapaz, que aula em..

Obrigado, tenho que imprimir e estudar isso para qndo for ver a moto.

Vai ajudar bastante, provavelmente vá ver a moto na quarta a noite, entao tenho tempo de ler isso varias vezes.rs.

Mas sinceramente eu já vou com a visao de fechar negocio, pois gostei muito do estilo, acredito que seja uma boa aquisição.

Valeu.

nelbra2009
Mensagens: 13
Registrado em: 29 Out 2013, 17:58
Localização: Monte Sião

08 Dez 2013, 18:43

Danilo Grangeiro escreveu:Vblade Mitos e verdades.

Recebi uma mensagem querendo saber se hoje, depois de 5 anos fora do mercado ainda vale a pena pegar uma vblade, e se ela realmente e uma moto problemática.
Resolvi fazer um tópico comentado, com base em minha experiência, o que e verdade e o que e mentira sobre a moto e como resolver os problemas dela.


Vblade tem problema na torneira de combustível?

Não, a torneira dela era montada com as manqueiras que vinha do tanque erradas, com a reserva no lugar da principal e vice versa, uma simples troca de mangueiras resolve o problema. E o vasamento que alguns tinham era so apertar os dois parafuso que ficam na parta da frente. E na pior das hipóteses era necessário trocar o reparo da torneira, que e o mesmo da virago 250, que custa na base de 20 reais. Há um repara para a parte de vácuo da torneira que so se troca se quiser, pois a torneira trabalha muito bem sem usar a parte de vácuo, a minha por exemplo esta sem as borrachas desta área. O único inconveniente e que ao desligar a moto por muito tempo tenho que fechar a torneira de combustível como em qualquer outra moto. Com a parte de vácuo ela fecha sozinho, dispensando a função da torneira na posição off.


As mangueiras de combustível se ressecam e fecham?

Sim. As mangueiras não se dão bem com o combustível nacional, o recomendável e comprar mangueira de silicone transparente para combustível (em qualquer loja de moto) e subistiuir todas. E um gasto de 15 reais. E com isso você consegue identificar se esta tendo problema de alimentação pois da para ver a gasolina passando.

Imagem
Imagem



A bomba de combustível vácuo tem que ser aberta sempre para limpeza?

Não. O bom e abrir ela e verificar a cada 1000 km junto com a revisão geral que deve ser feita quando chega a esta quilometragem (troca de óleo, checagem das lonas e pastilhas de freio, limpeza do carburador, esticar a corrente, etc.)


Ela não tem filtro de gasolina?

Não. Ela não possui filtro, ela possui uma tela dentro do tanque que filtra, precariamente o combustível. O recomendado e comprar um filtro de combustível para moto na base de 4 reais. E colocar entre a torneira e a bomba. E não se preocupe ele não vai dificultar a passagem de combustível e vai manter o carburador e a bomba limpa mais tempo.


Os retentores do garfo vazam sempre?

Os originais sim. O recomendado e trocar eles junto com o óleo e colocar um de tornado ou twister. Eles são da mesma medida e vão durar muito tempo. Se o seu não esta vazando e a suspensão ainda esta macia e funcinando então não mexa.


A corrente faz muito barulho e fica batendo?

Sim. A corrente quando folga fica fazendo um barulho quando bate no protetor e na quadro. A solução e usar um tensor de corrente estilo a da broz, mas um modelo com roldana de borracha e sempre que ver que a corrente já esta frouxa apertar, e para apertar faça isso com a moto em pe e com alguém sentado nela. Fazendo isso nunca mais vai ouvir barulho de corrente.

Imagem
Imagem


O protetor da corrente quebra fácil.

Sim. Ele e de plástico rígido e acaba quebrando com as pancadas da corrente. Mas em vez de comprar outro eu diminui a folga da corrente como na dica acima e refiz a ponta que quebrou em ferro. E rebitei no plástico. Agora esta firme e forte. Se quiserem tiro foto e mostro onde fazer o remendo. Custo ficou em uma cocacola para o serralheiro.

Imagem
Imagem


O amortecedor traseiro estoura fácil?

So li relatos na internet mas todos que conheço e tem vblade nunca me reclamaram disso. Mas e um caso a se estudar.


O velocímetro embaça e estraga fácil?

Sim. Alem de embaçar por qualquer coisa, desde encher o tanque ou uma mudança de clima, ele queima fácil por ser todo digital. A solução e parar de brigar com ele e colocar um velocímetro da dafra Kansas no guidon preso no suporte que liga o guidon no quadro. O da dafra e igual ao da virago 250 ele e analógico. Sendo assim menos suscetível a defeitos e um investimento de 70 no velocímetro, 30 no caracol e 15 no cabo, dando um total menor do que um velocímetro da vblade que e na base de 120.


O marcador do combustível não marca correto?

Sim. pois faz parte do medidor digital do velocímetro. A solução Foi tirar o veocimetro dali e coloquei no lugar um medidor de carro. Comprei ele no ferro velho de um chevete e pricesei so encomendar um adesivo e um circulo em acrílico e coloquei ele no tanque no lugar do velocímetro. Agora marca com perfeição e ficou com visual mais bonito. Investimento de 30 reais.


A vblade por não ser produzida não se acha peças no mercado?

Mentira. Todas as peças do motor são os mesmo da virago e da Kansas 250, e se acha bastante no mercado. E as peças excluisivas (tanque, laterais de plástico, rabeta, paralama, etc) tem no mercado livre.


O cdi queima com facilidade?

Sim, pois a moto não usa fusíveis e sempre que tem algum problema elétrico eles são as primeiras vitimas, erro do projeto não ter fuziveis para tudo. A solução foi colocar um porta fusível debaixo do banco ao lado dos cdis. Ele se encontra fácil no mercado de peças de carro e cabem ate 8 fusiveis. Então coloquei um de 10A para cada cdi e aproveitei e coloquei para farol, setas e partida. Investimento de 30 reais já com a Mao de obra do eletricista (bem que eu e que fiz o serviço da minha e so gastei 5 reais do porta fusível.


A tampa do tanque vaza combustível?

Não. O que ocorre e que tampa de moto não deve ser rodada como de carro ela se fecha por preção com a seta apontado para frente. E tem uma borracha que faz esta vedação, e ela tem que ser tirada e limpa a borracha para ela não ressecar, ela também funciona como suspiro do tanque para que ele não fique um vácuo dentro impedindo a saída do combustível. Tem vezes que ocorre condensação de gasolina dentro dela que evaporou do tanque e da a impressão que esta vazando combustível por ela.


O quadro racha fácil em baixo do banco?

As primeiras levas tiveram este problema, mas em 2007 isso foi resolvido. Basta tirar o banco e olhar onde vai o amortecedor traseiro se estiver rachando e so levar a um serralheiro e por 10ª 15 reais ele da um pingo de solda. Coisa fácil. Mas não esqueça de passar uma tinta preta sobre a solda depois para não enferrujar, use pincel para isso.


A vblade não tem mercado e não vale a pena comprar ela?

Sim e não. Ela não tem mercado e se demora a vender, mas vale muito a pena comprar uma sim. Ela usa o mesmo projeto da virago, uma moto boa de estrada tanto que ainda e produzida pela Yamaha em outros países. E como a nacional saiu de linha no começo da década passada. A vblade e uma moto com pelo menos 8 anos a menos e o melhor e que custa de 2 a 3 mil a menos que uma virago, ou ate menos, com paciecia você encontra ela ate por 5 mil.


Mas moto tem que ter dono, porque quem compra uma moto pensando que e igual carro. Deu na chave e sai e raramente se preocupa com manutenção se engana. A moto troca de óleo a cada mil o carro a cada 10 mil. Pneu de moto dura a metade ou ate um terço do tempo comparado com de um automóvel, moto tem que fazer manutenção periódica, carro já e mais robusto e manutenção e bem mais escassa. Agora se o cara quer uma moto que não tenha manutenção ou prefere pagar por tudo, recomendo ir a categorias mais acima e de marcas famosas com valor na faixa dos 20 pra la.

Qualquer duvida vão postando ai que respondo com o maior prazer.
Danilo, boa tarde!
Concordo com tudo que vc postou aqui, comprei minha v-blader já faz 4 meses e sou um tipo de cara que ponho a mão na graxa, como nossas motos não usam graxa, ponho a mão no óleo.
Hoje mesmo, lavei a minha, revisei a transmisão por correia que instalei, reapertando os parafusos do pinhão, troquei o óleo eu mesmo, e trocando o óleo a gente tem aquele cuidado especial de verificar a arroela de vedação, a que tb troquei não deixando assim nenhum tipo de vazamento de óleo de motor. só tenho que elogiar a moto, viajo todos os dias com ela para ir trabalhar, são 52 km todos os dias.
Fala mal quem não tem e não está disposto a dar atenção paras as motocas.
Valeu irmão.

RodrigoBPF
Mensagens: 1
Registrado em: 21 Jul 2015, 02:24
Localização: Passo Fundo

21 Jul 2015, 02:48

E ai Danilo..tdo bem...
Muito bacana suas dicas, digo isso pq comprei a uma semana uma VBlade e graças a sua experiência e explanação já me ajudou em muito, porém notei nos dois últimos dias que qdo ligo a torneira para baixo começa a vazar, li as possibilidades em seu tópico e quero seguir pelo processo de eliminação, portanto gostaria de contar com sua colaboração para ter um "Mapa" ou desenho de como conferir se a ligação das mangueiras estão corretas..caso ñ seja este o problema observarei as outras possibilidades..
Desde já agradeço..
Rodrigo

Danilo Grangeiro
Mensagens: 28
Registrado em: 06 Jan 2013, 12:59
Localização: Gama
Contato:

25 Ago 2015, 12:31

amigo, se ainda precisar de ajuda me mande mesagem que te mando meu watsap e ai tiro suas duvidas.

luizkxias
Mensagens: 2
Registrado em: 30 Set 2015, 19:48
Localização: Duque de Caxias

30 Set 2015, 20:56

danilo, qual o esquema de ligaçao do marcador de chevette na vblade. ja comprei o marcador
RodrigoBPF escreveu:E ai Danilo..tdo bem...
Muito bacana suas dicas, digo isso pq comprei a uma semana uma VBlade e graças a sua experiência e explanação já me ajudou em muito, porém notei nos dois últimos dias que qdo ligo a torneira para baixo começa a vazar, li as possibilidades em seu tópico e quero seguir pelo processo de eliminação, portanto gostaria de contar com sua colaboração para ter um "Mapa" ou desenho de como conferir se a ligação das mangueiras estão corretas..caso ñ seja este o problema observarei as outras possibilidades..
Desde já agradeço..
Rodrigo

luizkxias
Mensagens: 2
Registrado em: 30 Set 2015, 19:48
Localização: Duque de Caxias

30 Set 2015, 20:57

preciso do esquema de ligaçao do marcador de combustivel de chevette na vblade, quem puder ajudar, muito obrigado

LucioPeixoto
Mensagens: 1
Registrado em: 31 Mai 2016, 13:36
Localização: Itaquaquecetuba

31 Mai 2016, 13:44

Danilo,

Boa tarde,

Parabéns pela aula, comprei uma Vblade faz dois meses para ir trabalhar, faço de 100 a 200Km por dia, dependendo do trabalho. A moto deu uns probleminhas elétricos, mas nada de mais. Até para colaborar.

- O pisca parou de funcionar, os fios do pisca fica abaixo do paralamas traseiro, e a roda pega neles dependendo do peso sobre a moto e acaba comendo os mesmos, já fiz a alteração do curso dos mesmos e esta perfeito.

- A moto simplesmente não ligava, o fio neutro estava solto no seu curso e o amortecedor traseiro acabou por esmagar o fio.

Mesmo com uma moto com quase 10 anos de uso, porque a minha é 2007, estou extremamente feliz com a moto.

Responder
  • Informação
  • Quem está online

    Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante