Óleo - câmbio e motor

Ferramentas, peças e manutenção de motos

Moderadores: Moderadores, Colaboradores, Administradores

Responder
Dresley
Mensagens: 19
Registrado em: 25 Ago 2013, 23:44
Localização: Frutal

20 Set 2013, 12:54

Olá pessoal!

Quem usa ou já usou MILITEC 1 em suas Sombras.

Reduz o ruido e vibração do motor?

Melhora o funcionamento do motor e deixa o cambio macio?

Vamos discutir sobre esse condicionador de metais para tirar nossas dúvidas.

Abraços.

Dresley .:
cros
Moderador
Mensagens: 10384
Registrado em: 15 Nov 2007, 23:55
Localização: Porto Alegre
Contato:

25 Set 2013, 14:39

Falando com um dono de BMW, ele disse que a troca do óleo dessa moto se dá aos 10.000km, ora! o que tem o motor boxer para que a troca seja tão demorada?

É um motor a combustão como qualquer outro, mesmo principios, no caso do óleo Motul ainda dizem que pode ser usado até os 5000km no caso do Motul 3000 e mais ainda no caso do Motul 5000 (para HD).

Será que não estamos desperdiçando óleo?
Imagem
Hoje Falcon 2007
AJ Souza
Mensagens: 1929
Registrado em: 05 Out 2008, 18:14
Localização: Canoas
Contato:

25 Set 2013, 20:53

Cross eu desde que comprei a minha moto, uma shadow 600, modelo 2001, isso a coisa de 6 meses atrás, por não conhecer, solicitei uma opinião do vendedor e mecânico da loja/oficina aqui em Canoas onde faço todas as minhas trocas de óleo desde a primeira, onde perguntei sobre as quilometragens abrangentes de cada óleo. Estou usando o Motul 5000, pois foi-me dito, justamente algo nesta tua informação aí Cross de que neste óleo as trocas não precisariam ser tão perto umas das outras, além de ser semi-sintético. Em que pese a recomendação até 5000 kms (não sabia que poderia ir até uns 7000 kms), tenho feito as trocas com 4000 kms, poderia ir até os 5000 kms, mas optei por esta quilometragem. Eu acho (opinião minha) que essas trocas de 1000 ou no máximo 2000 kms são muito curtas as quilometragens nos óleos minerais, ainda mais para quem anda mais de moto.
A coisa que faço é monitorar o nível entre as trocas, retocando o nível quando necessário, pois a minha moto baixa um pouco o nível do óleo, monitorando na vareta. Não tenho problemas de troca de marchas, haja vista ser o mesmo óleo.
Imagem
Marcos Oliveira
Mensagens: 3
Registrado em: 11 Out 2013, 18:01
Localização: Barra Mansa

11 Out 2013, 18:32

Tenho uma Virago 250 e já faz uns 1 e meio que não ligo..está parada..semana passada comecei a tentar colocar ela pra funcionar, ou seja, coloquei a Bateria pra Carregar..retirei a gasolina do tanque...foi aí que começou a dor de cabeça...o registro de tanto ficar com a gasolina aberta, corroeu a saída da gasolina Reserva, foi o 1º Primeiro problema o 2º é como será que deve estar o óleo dentro do motor...tem como esgotar todo óleo...trocar o filtro...pra botar ela pra andar!

Alguém me ajude, pois estou louco pra voltar a andar....deixei ele parada...por problemas pessoais...quando deixei ela parada estava tudo funcionando...

Será que é só trocar o óleo / Filtro e colocar uma gasolina nova ela ficará boa..ou tem algo mais...

Obrigado!
cros
Moderador
Mensagens: 10384
Registrado em: 15 Nov 2007, 23:55
Localização: Porto Alegre
Contato:

11 Out 2013, 19:20

Marcos Oliveira escreveu:Tenho uma Virago 250 e já faz uns 1 e meio que não ligo..está parada..semana passada comecei a tentar colocar ela pra funcionar, ou seja, coloquei a Bateria pra Carregar..retirei a gasolina do tanque...foi aí que começou a dor de cabeça...o registro de tanto ficar com a gasolina aberta, corroeu a saída da gasolina Reserva, foi o 1º Primeiro problema o 2º é como será que deve estar o óleo dentro do motor...tem como esgotar todo óleo...trocar o filtro...pra botar ela pra andar!

Alguém me ajude, pois estou louco pra voltar a andar....deixei ele parada...por problemas pessoais...quando deixei ela parada estava tudo funcionando...

Será que é só trocar o óleo / Filtro e colocar uma gasolina nova ela ficará boa..ou tem algo mais...

Obrigado!
Deixar a moto parada sem ao menos ligar de vez enquando é ter que trocar:
Bateria, filtros (de gasolina e óleo) óleo, limpar os carburadores, e torcer pra que não tenha criado crostas no cilindro. Se tu vai fazer algumas dessas coisas, antes de dar o aranque engata uma marcha e veja se o motor não ficou travado, (com uma marcha ele fica preso mas anda e pode destravar se tiver "engripado")
Imagem
Hoje Falcon 2007
estradeiro rider
Mensagens: 264
Registrado em: 30 Jun 2008, 11:51
Localização: Navegantes
Contato:

08 Nov 2013, 11:54

Dresley escreveu:Olá pessoal!

Quem usa ou já usou MILITEC 1 em suas Sombras.

Reduz o ruido e vibração do motor?

Melhora o funcionamento do motor e deixa o cambio macio?

Vamos discutir sobre esse condicionador de metais para tirar nossas dúvidas.

Abraços.

Dresley .:
Em recente conversa sobre moto, meu primo, que trabalha na Suzuki de Joinville, comentou do Militec 1, falou dos benefícios para as engrenagens,redução do atrito entre as partes etc... então, resolvi colocar o dito cujo pra ver se fazia alguma diferença.
Ontem, na segunda troca do óleo do motor da Bulica desde que a comprei(a primeira preferi fazer na concessionária pra eu não fazer nenhuma "m..." tentando trocar o óleo em casa,pois ainda estava conhecendo a moto...)segui conforme manual 3,7 litros de óleo , adicionando o Militec1 de 200ml (quantidade p/ até 4 litros de óleo; aprox.60ml p/ cada litro de óleo).
Após isso rodei aprox.200km,e já deu pra perceber que a moto ficou mais "macia",vibrando menos nas retomadas e as trocas de marchas ficaram ainda mais suaves,sei que um pouco dessa melhora se dá ao fato da própria troca do óleo,mas comparando com a troca anterior que foi somente óleo sem o Militec diria que fez diferença,vamos ver se a proteção vai se manter como ele me falou,para 3 ou 4 trocas de óleo,sem precisar usar novamente o Militec,pq o danado é caro, 80 conto por 200ml !! :shock: .

Imagem
Imagem
Imagem
*Live to Ride,Ride to live,
Carpe Diem !!!
estradeiro rider
Mensagens: 264
Registrado em: 30 Jun 2008, 11:51
Localização: Navegantes
Contato:

08 Nov 2013, 13:59

cros escreveu:Falando com um dono de BMW, ele disse que a troca do óleo dessa moto se dá aos 10.000km, ora! o que tem o motor boxer para que a troca seja tão demorada?

É um motor a combustão como qualquer outro, mesmo principios, no caso do óleo Motul ainda dizem que pode ser usado até os 5000km no caso do Motul 3000 e mais ainda no caso do Motul 5000 (para HD).

Será que não estamos desperdiçando óleo?
Eu me faço o mesmo questionamento...cada um que converso sobre o tema fala uma coisa,alguns dizem que tem que trocar o óleo qdo vence o tempo ou km/rodados rigorosamente,outros que basta apenas conferir o nível do óleo se não baixar não tem problema.Também há relatos de motociclistas que seguem os manuais estrangeiros das mesmas motos que são vendidas aqui,fazendo a troca como é lá recomenda,ou seja pelo menos o dobro do km que é recomendado aqui!Porque isso?!Ou o óleo de fora é muito superior ao nosso ou,se for o mesmo, estamos sendo orientados por manuais de fabricantes/montadoras que devem ser acionistas das Cia's de lubrificantes para consumirmos além do realmente necessário e assim,nós consumidores finais acabamos, desperdiçando óleo e $$$ :!: :shock:
Imagem
*Live to Ride,Ride to live,
Carpe Diem !!!
cros
Moderador
Mensagens: 10384
Registrado em: 15 Nov 2007, 23:55
Localização: Porto Alegre
Contato:

08 Nov 2013, 15:26

estradeiro rider escreveu:segui conforme manual 3,7 litros de óleo , adicionando o Militec1 de 200ml (quantidade p/ até 4 litros de óleo; aprox.60ml p/ cada litro de óleo).
Isso é mais do que vai num chevrolet (montana) :shock: :shock:
Imagem
Hoje Falcon 2007
cros
Moderador
Mensagens: 10384
Registrado em: 15 Nov 2007, 23:55
Localização: Porto Alegre
Contato:

08 Nov 2013, 15:28

estradeiro rider escreveu: Eu me faço o mesmo questionamento...cada um que converso sobre o tema fala uma coisa,alguns dizem que tem que trocar o óleo qdo vence o tempo ou km/rodados rigorosamente,outros que basta apenas conferir o nível do óleo se não baixar não tem problema.Também há relatos de motociclistas que seguem os manuais estrangeiros das mesmas motos que são vendidas aqui,fazendo a troca como é lá recomenda,ou seja pelo menos o dobro do km que é recomendado aqui!Porque isso?!Ou o óleo de fora é muito superior ao nosso ou,se for o mesmo, estamos sendo orientados por manuais de fabricantes/montadoras que devem ser acionistas das Cia's de lubrificantes para consumirmos além do realmente necessário e assim,nós consumidores finais acabamos, desperdiçando óleo e $$$ :!: :shock:

Esse militec já tem bastante historia e pouca "penetração" entre os motociclistas... mas concordo com a frequencia de troca, antigamente um carro trocava o óleo aos 10 mil km, agora aos 5 mil km!!!!
Imagem
Hoje Falcon 2007
Avatar do usuário
Nilo Padovani
Mensagens: 66
Registrado em: 06 Jul 2009, 16:34
Localização: São Sebastião do Paraíso
Contato:

08 Nov 2013, 16:56

Militec1 é um produto que já é utilizado a algum tempo pela Marinha Americana e agora chega ao Brasil, que possui características únicas, sem similar nacional.

Militec-1 é um líquido sintético de coloração dourada, com viscosidade similar aos óleos SAE-10.

Apesar de ser freqüentemente adicionado ao óleo, Militec-1 não é um aditivo, pois este não contém melhoradores de viscosidade, não possui partículas em suspensão, não altera a composição físico-química e nem os intervalos de troca de óleo.

Isto quer dizer que ele pode ser utilizado puro ou misturado em qualquer tipo de lubrificante como óleo mineral, sintético, hidráulico, graxas, etc. Militec-1 é utilizado, inclusive misturado com o metanol, em competições de arrancada, para lubrificar a bomba elétrica de combustível e bicos injetores contra os efeitos altamente corrosivos deste tipo de combustível.

Isto porque Militec-1 é um composto altamente estável, que mistura com o óleo, mas não reage com este, utilizando-o apenas como veículo para chegar as superfícies metálicas e aderir a elas quimicamente, na presença de calor (adsorsão), saindo completamente do óleo, criando uma lubrificação permanente e protegendo esta superfície de atritos em aproximadamente 17 vezes.

Esta redução é tão visível, que logo após sua aplicação já se nota diferenças no comportamento do motor, com um funcionamento mais silencioso, mais “macio” e principalmente, um aumento de potência e diminuição de consumo reais, comprovados em dinamômetro tanto para motores Diesel, quanto para motores a gasolina. Portanto este aumento de potência e redução de consumo são conseqüências de uma redução de atritos, aumentando drasticamente a vida útil do motor ou de qualquer outro componente mecânico, com resultados comprovadamente superiores a qualquer outro tipo de produto similar ou aditivo.

Portanto não se trata de um produto milagroso, é apenas um poderoso redutor de atritos que reage nas superfícies metálicas do motor, câmbio, diferencial, etc, mantendo uma lubrificação permanente e ideal, mesmo em casos de contaminação do óleo com solventes, gasolina, álcool, água, etc.

Inúmeros teste foram feitos e comprovam um aumento de 5% de potência em motores a gasolina ou álcool, 6% em motores Diesel e uma redução de até 4 décimos por volta em motores para Karts.

A redução do consumo de combustível está entre 8% e 10% em ambos os casos (gasolina ou Diesel).

Também verificou-se uma diminuição da temperatura de trabalho em motores Diesel em 9%. Todos estes dados foram retirados de um misto de testes em dinamômetro ( por empresas sérias e sem nenhum interesse em beneficiar o produto) e de campo. Caso haja interesse, temos os laudos para comprovação.

As vantagens em alguns casos, chegam a ser superiores e mais em conta que um trabalho de remapeamento da injeção eletrônica. Em certos casos este aumento chega a 2% (contra 5% com a adição do Militec-1), a um custo em média 5 vezes maior e continuando imbatível no item consumo de combustível e proteção do motor.

Compare a outros produtos ou aditivos similares ou que prometem vantagens, pesquise ou peça comprovações reais sobre os benefícios mencionados. Nós mostramos porque temos comprovações tanto em laboratório, quanto em competições (é só perguntar para o pessoal que compete nas provas de Arrancada, Fórmula Truck, Baja 2000 e Karts, entre muitos outros) para se convencer dos benefícios obtidos com Militec-1.

Portanto, se for calculado o custo do produto em função dos benefícios, constata-se que só em economia de combustível, o produto apresenta um retorno bem maior que o investimento, lembrando ainda que por permanecer nas superfícies do motor, sua aplicação é feita a cada 20.000 ou 500 horas, independente das trocas de óleo neste período, o que o torna totalmente diferenciado dos aditivos, que precisam ser adicionados a cada troca.

- Motores ( Gasolina, Álcool, Diesel ) : Aplique 60ml por litro de óleo, a cada 20.000 KM ou 500 horas. Em condições severas dobre a quantidade ( Trabalhos superiores a 5.000 RPM )

- Motores 2 Tempos ( Motos, Barcos, Jetskis, Karts ) : Aplique 60ml por litro de óleo 2 tempos.

- Câmbio Manual : Aplique 60ml por litro de óleo, a cada 48.000 KM ou 1.000 horas.

- Câmbio Automático : Aplique 30ml por litro de óleo, a cada 48.000 KM ou 1.000 horas.

- Diferenciais : Aplique 30ml por litro de óleo, a cada 48.000 KM ou 1.000 horas.

- Caixas De Redução e Compressores De Ar : Aplique 100ml por litro de óleo, na primeira aplicação. Posteriormente, 60ml por litro de óleo, a cada 1.000 horas.

- Sistemas Hidráulicos : Aplique 20ml por litro de fluido hidráulico, a cada troca de fluido.

Outras Maneiras De Usar Militec-1
- Aplique uma fina película de militec-1 diretamente sobre a peça metálica e ” cozinhe-a ” durante 30 minutos, à 80°C ( Forno, Estufa ou por Indução )
- Para adicionar à graxa, aplique 15% de militec-1 ( Por Peso ). E misture de forma homogênea.
- Aplique várias gotas de militec-1 puro à ferramenta, em operações de corte de metais.

TROQUE O ÓLEO CONFORME RECOMENDAÇÕES DO FABRICANTE
Benefícios do Uso De Militec-1:

- Reduz o atrito e, consequentemente, o desgaste.

- Aumenta a potência usando a mesma energia.

- Melhora a acomodação entre os anéis de pistão e as paredes do cilindro, resultando em melhor compressão

- Requer menos energia para dar a partida nos motores.

- Reduz o calor gerado nas partes móveis em atrito.

- Reduz a oxidação, a decomposição térmica e a corrosão.

- Reduz a emissão de gases poluentes.

- Permanece absorvido às peças, independente das trocas de óleo.

- Mantém a lubrificação permanente em todas as superfícies metálicas.

- Não afeta a viscosidade, nem as propriedades físico-químicas do óleo.

- Não altera as tolerâncias de folga do equipamento.

- Protege as peças inclusive no caso de contaminação do óleo por outros elementos ( Gasolina, Diesel, Álcool, Água, Solventes, Poeira, ETC. ).

- Evita que contaminantes ( Borras, Vernizes, Carbonizações ) e partículas se depositem nas superfícies metálicas.

OBSERVAÇÃO : EQUIPAMENTOS OU MOTORES QUE ESTEJAM COM DESGASTES ACIMA DA TOLERÂNCIA PODEM NÃO OBTER OS BENEFÍCIOS MENCIONADOS.

Aplicações De Militec-1:

Militec-1 pode ser aplicado em todos os tipos de equipamentos tais como : motores de todos os tamanhos, à diesel, gasolina, álcool, de dois ou quatro tempos; transmições e diferenciais automotivos e industriais; compressores de todos os tipos, incluindo os de refrigeração; rolamentos; redutores; mancais; bombas; sistemas hidráulicos; correntes; armas; karts; jetskis; bicicletas; hobby modelismo; entre outros.
Militec-1 é também um excelente fluido de cortes para ferramentas de torno ou usinagem.
Militec-1 funciona em qualquer lugar onde duas peças de metal se friccionam, sem alterar as tolerâncias de folga do equipamento.

Como Funciona Militec-1:

Militec-1 simplesmente usa o lubrificante como um meio para chegar às superfícies metálicas em atrito e aos pontos críticos de calor dentro do equipamento. Chegando a esses locais, militec-1 sai completamente do lubrificante, e as moléculas de militec-1 fixam-se na superfície metálica ( Absorsão* ). Isso ocorre entre 38°C e 66°C, dependendo das condições de atrito e carga. O efeito dessa reação enrijece a superfície metálica ( não a endurece ) – tornando-a aproximadamente 17 vezes mais resistente quando a reação se completa. Além do aumento da resistência da superfície metálica, militec-1 reduz drasticamente o atrito e o arrasto parasítico entre os metais.
Nilo Paraíso
Responder