Entendendo a "relação"

Ferramentas, peças e manutenção de motos

Moderadores: Moderadores, Colaboradores, Administradores

Responder
Yan.Metal
Colaborador
Mensagens: 1318
Registrado em: 05 Jul 2008, 03:56
Localização: Juiz de Fora - MG
Contato:

20 Mar 2010, 03:56

Santista escreveu:Amigo Yan, quem está errado é vôce, primeiro desde que se mantenha a mesma relação entre o eixo final da caixa de cambio e a roda, tanto faz ser correia, corrente ou cardã, vai ser a mesma coisa, tipo uma relação 5:1 quer dizer que 5 voltas do eixo primario da uma volta na engrenagem da roda motriz, não importa se é com corrente ou correia, outro exemplo: vamos supor que para a roda traseira dar uma volta o pinhão tem que dar dez voltas, obedecendo essa relção, não importa o tipo de tasmissão, de acordo com esses calculos de perda de 15% para o sistema cardã, a drag star tem 15% a menos de potencia que da 6 HP a menos , quer dizer ela não tem 40 HP, tem na verdade 34 HP, ai a Mirage tem 28 HP, tirando 5% da 1,4 HP a menos, ai fica assim Mirage 26,6 HP, Drag 34 HP, diferença: 7,4 HP quer dizer a Drag com 650 CC é só 7,4 HP mais forte que a Mirage com 250 HP, Yan anda com a tua mirage e em seguida anda com uma Drag e depois me diz se tem só 7,4 HP de diferença, agora o exemplo do Valentino Rossi, é muito fácil: a trasmissão por corrente é a mais forte, não quebra nas reduzidas antes de se fazer as curvas, nem as arrancadas após as curvas, se usar o sistema de cardã não aguenta os trancos, como o sistema de correia também não aguenta
como já falei para provar isso tem que pegar a mesma moto e colocar os três sistemas obedecendo a mesma relação, se der diferença eu jogo fora meu conhecimento de mecânica,
A diferença entre a Mirage e a Drag não é na potência é no torque, simples assim. Tanto que a velocidade final da Drag não é absurdamente maior que da Mirage, agora o torque é mais que o dobro.

O que o Hellmann falou é o correto, não é porque tem a mesma relação que a energia disperdiçada nos dois sistemas é a mesma. Tem um vídeo que eu postei acima do autoesporte que fala a diferença entre as relações, da uma olhada. Essa informação de perda no sistema de relação é vista em inúmeros locais, se fosse errado alguém já tinha contestado.

Não preciso colocar uma corrente na Drag para saber que tem diferença, quando um referencial teórico (baseado em experiência) diz que tem, do mesmo modo não preciso jogar uma pedra para o alto, para saber que a gravidade existe.
Avatar do usuário
Santista
Mensagens: 572
Registrado em: 26 Set 2007, 09:44
Localização: Santos
Contato:

20 Mar 2010, 13:16

Hellmann, võce está querendo fazer uma comparação completamente diferente, duas polias com correia em V tem que ser ajustadas apertadas para não aver escorregamento da correia na polia, a correia das motos é dentada, isso quer dizer que trabalha como uma corrente, o aperto da correia é diferente de uma correia em V, o aperto é o suficiente para os dentes não pularem nos dentes do pinhão e coroa, e falando em arrasto, dos três, o cardã é o que tem menos peças roçando umas nas outras, tem em contato dois dentes na engrenagem primaria e dois na engrenagem secundária, alem do mais tudo isso é levado em conta quando é feito o projeto, Yan, teoria nem sempre se traduz em verdade, um exemplo: no teste entre a Drag Star e a Shadow, no dinamometro a Shadow ganhou em potencia, velocidade, torque etc..., quando foram testar na pista os resultados foram diferentes, nos testes de aceleração e retomada a Drag ganhou, que gerou até surpresa para os autores dos teste, veja isso na revista Moto Max, edição 31, novembro de 2008
agora para não dizer que sou teimoso, me apresentem dados convicentes, tipo o cardã perde X% neste eixo, X% nesta engrenagem, correia perde X% por isso e aquilo, ficar falando que perde ou ganha, só porque várias pessoas na internet afirmam isso ou aquilo, se intitulando engenheiros, não cola, apresentem dados, falar que perde 10/20/40% é facil, quero ver provar
Santista e Vera (Viru´s MC)
jirschik
Moderador
Mensagens: 5140
Registrado em: 17 Mar 2008, 18:12
Localização: São Paulo
Contato:

20 Mar 2010, 14:02

cros escreveu:Toda essa discussão só porque o cara compra uma 125cc e quer que corra como uma 500cc???
Aí tá fácil!
Solta o motor do chassis e prende uma roda direto no eixo do motor. Prende o tanque de combustível nas costas. Põe uma sela de cavalo em cima deste conjunto "Motor-Roda", e em uma mão segura o acelerador e na outra segura a sela!

Vai correr pacas!!!

:lol: :lol: :lol:

...ou dá para fazer alguma coisa mais bonitinha...

Imagem

:shock:
:lol:
Imagem
hellmann
Mensagens: 326
Registrado em: 04 Dez 2009, 21:08
Localização: Curitiba
Contato:

20 Mar 2010, 18:47

Santista escreveu:Hellmann, võce está querendo fazer uma comparação completamente diferente, duas polias com correia em V tem que ser ajustadas apertadas para não aver escorregamento da correia na polia, a correia das motos é dentada, isso quer dizer que trabalha como uma corrente, o aperto da correia é diferente de uma correia em V, o aperto é o suficiente para os dentes não pularem nos dentes do pinhão e coroa, e falando em arrasto, dos três, o cardã é o que tem menos peças roçando umas nas outras, tem em contato dois dentes na engrenagem primaria e dois na engrenagem secundária, alem do mais tudo isso é levado em conta quando é feito o projeto,
mas eu nao to considerando escorregamento, uma correia pra receber tanta força (do motor) nao é muito flexível, pra voce ficar girando ela voce gasta eneregia. que já nao é tão grande na corrente.
você comcerteza já lidou com uma correia, viu que ela nao é tão flexível como uma corrente, mesmo a corrente tendo tanto atrito entre as peças metálicas.
e sobre cardã ter menos arrasto, voce tá considerando o momento que um diferencial cria? ainda mais num motor de eixo transversal, que a perda é dupla, uma na roda e ourta no motor. e voce nao pode dizer que o atrito do cardã se deve só a 4 engrenagens, voce precisa de rolamentos e ele está imerso em óleo...
jbrigagao
Moderador
Mensagens: 1625
Registrado em: 05 Jan 2008, 15:16
Localização: São Paulo

20 Mar 2010, 22:51

As afirmações sobre perda de potência que o Yan fez são corretas, pela ordem, a eficiência mecânica é maior no sistema de corrente, depois correia e por fim o cardã que é o sistema que mais desperdiça potência. Lembrando que a potência do motor não muda, o que muda é a potência fornecida nas rodas e o sistema de transmissão secundário tem importância fundamental nisso.
Imagem
cros
Moderador
Mensagens: 10384
Registrado em: 15 Nov 2007, 23:55
Localização: Porto Alegre
Contato:

17 Jun 2010, 19:09

Imagem
Imagem
Imagem
Hoje Falcon 2007
BetoCB
Mensagens: 780
Registrado em: 22 Nov 2009, 19:55
Localização: São Paulo

20 Jun 2010, 14:44

Cros, esse suporte de corrente é show de bola. Me passa a dica de onde compra-lo.
Quer saber se há vida após a morte? Mexa na minha moto.
Rhedaell
Mensagens: 163
Registrado em: 08 Mar 2010, 09:19
Localização: Belém
Contato:

04 Jul 2010, 15:53

O que esse rolamento proporciona para a corrente e o desempenho da moto? É algo relacionado à lubrificação?
Qual a graça de saber o fim da estrada?

C> cavalete central para Mirage 250!
cros
Moderador
Mensagens: 10384
Registrado em: 15 Nov 2007, 23:55
Localização: Porto Alegre
Contato:

04 Jul 2010, 16:07

clauguerreira escreveu:Cros, esse suporte de corrente é show de bola. Me passa a dica de onde compra-lo.
respondido por MP...

http://www.alternativecruisers.com/inde ... 2#msg48612
Imagem
Hoje Falcon 2007
cros
Moderador
Mensagens: 10384
Registrado em: 15 Nov 2007, 23:55
Localização: Porto Alegre
Contato:

04 Jul 2010, 16:08

Rhedaell escreveu:O que esse rolamento proporciona para a corrente e o desempenho da moto? É algo relacionado à lubrificação?
Não, ele apenas mantém a corrente ajustada, mesmo que ela vá dando folga..

Francamente não sei se é um daqueles inventos sem noção, mas a Sahara vinha com um desses de fabrica...
Imagem
Hoje Falcon 2007
Responder