Entendendo a "relação"

Ferramentas, peças e manutenção de motos

Moderadores: Colaboradores, Administradores, Moderadores

Responder
Avatar do usuário
jirschik
Moderador
Mensagens: 5140
Registrado em: 17 Mar 2008, 18:12
Localização: São Paulo
Contato:

16 Mar 2010, 19:11

carvalhodaniel escreveu:...disse ter feito a troca do pinhão original por um de 15 e que a motoca ficou mais RÁPIDA E FORTE.
Isso vai contra as Leis da Física! É só estudar sobre polias, braço de força e verá que com a troca de uma peça dimensionada para a motocicleta (admitindo-se que no projeto optou-se pela peça que dê a melhor relação Velocidade X Torque), OU haverá aumento de força (como nas motocicletas off-road, onde a coroa é enorme), OU haverá aumento de velocidade (como nas nas motocicletas speedy, onde a coroa é pequena). A coroa também faz parte da relação e alterações nela também refletem na velocidde/torque.

Acho que esta Intruder já estava com a relação gasta e quando troca-se o kit de relação por um novo, percebe-se claramente a diferença.
Imagem
Avatar do usuário
Yan.Metal
Colaborador
Mensagens: 1312
Registrado em: 05 Jul 2008, 03:56
Localização: Juiz de Fora - MG
Contato:

18 Mar 2010, 05:59

jirschik escreveu:
carvalhodaniel escreveu:...disse ter feito a troca do pinhão original por um de 15 e que a motoca ficou mais RÁPIDA E FORTE.
Isso vai contra as Leis da Física! É só estudar sobre polias, braço de força e verá que com a troca de uma peça dimensionada para a motocicleta (admitindo-se que no projeto optou-se pela peça que dê a melhor relação Velocidade X Torque), OU haverá aumento de força (como nas motocicletas off-road, onde a coroa é enorme), OU haverá aumento de velocidade (como nas nas motocicletas speedy, onde a coroa é pequena). A coroa também faz parte da relação e alterações nela também refletem na velocidde/torque.

Acho que esta Intruder já estava com a relação gasta e quando troca-se o kit de relação por um novo, percebe-se claramente a diferença.
Tinha pensado a mesma coisa, o cara fez mágica, colocou todos engenheiros no chinelo.

Igual vejo as pessoas falando "a Comet tem mais velocidade final que a Mirage", mas tem menos torque também, no mesmo motor ( ou mesmo numa mudança de relação) não há ajuste que dê mais potência sem tirar torque ou vice e versa.

Na maioria dos casos a verdade é o estilo americano, quer mais potência tenha mais cilindrada.
Avatar do usuário
hellmann
Mensagens: 326
Registrado em: 04 Dez 2009, 21:08
Localização: Curitiba
Contato:

18 Mar 2010, 12:07

Moura escreveu: e tambem lembrei que teria de levantar a moto e como estava sozinho, não ia ser facil :twisted: (precisa levantar a traseira dela pra fazer isso né??).... :wink:
se a corrente estiver mutio esticada e voce nao conseguir puxar o eixo mais pra frente, dá uma pisadinha na corrente, ela puxa o eixo pra frente. pra puxar pra trás, voce usa o parafuso especial pra isso.

e quanto ao que tão falando de ganhar potencia E velocidade, meu mecâncio disse pra eu colocar o menor pinhão e a menor coroa que eu achasse, que daí sim ia ficar bom.
não se pode acreditar em tudo que se ouve, porém, isso que o cara falou dele ter ganho potência e final É POSSÍVEL sim!!
funciona assim: a quinta marcha costuma ser OVER-DRIVE (pelo menos na shadow tenho certeza que é), ou seja, a velocidade máxima é em 4ª marcha, daí quando o cara encurtou a relação, ganhou mais aceleração (obviamente) e mais final, já que agora a 5ª marcha se aproximou mais da melhor relação pra final, que é a da 4ª marcha original. porém, isso é apenas válido pra quem acha que a final sempre é na 5ª marcha, se o cara tivesse na velocidade final REAL da moto, na marhca correta, daí sim perde. mas quem nao sabe disso, acaba achando que ficou melhor.
Avatar do usuário
jirschik
Moderador
Mensagens: 5140
Registrado em: 17 Mar 2008, 18:12
Localização: São Paulo
Contato:

18 Mar 2010, 12:51

hellmann escreveu:...e quanto ao que tão falando de ganhar potencia E velocidade, meu mecâncio disse pra eu colocar o menor pinhão e a menor coroa que eu achasse, que daí sim ia ficar bom...
Então pede também para seu mecânico explicar o motivo de motocicletas de cross terem uma coroa enorme, já que uma característica destas motocicletas é ter força, e não velocidade. Já que em uma corrida, velocidade é sempre importante, porque é que coroa e pinhão de uma motocicleta de cross não são do mesmo tamanho? Pois se fossem do mesmo tamanho, você teria a mesma velocidade do motor e da roda iguais. Em uma relação 1:1 entre motor e roda, não seria possível ter força suficiente para iniciar o movimento. Lembra do que disse o cientista grego Arquimedes?
"Dêem-me uma alavanca e um ponto de apoio e eu moverei o mundo". A coroa/pinhão são alavancas justapostas.

...e se ele for convincente, eu rasgo meu diploma de Engenheiro, só por causa das aulas de Física.

:wink:
Imagem
Avatar do usuário
Santista
Mensagens: 572
Registrado em: 26 Set 2007, 09:44
Localização: Santos
Contato:

18 Mar 2010, 13:48

Amigos, não existe milagres nas leis da fisica, como o Jirshik falou, aumenta o pinhão ganha velocidade e perde força ou seja torque, diminui o pinhão ganha torque e perde velocidade, mas tudo isso até certo limite, porque o motor tem uma faixa de rotação onde consegue manter a força e a velocidade, se não for assim, para aumentar a velocidade só bastaria colocar um pinhão grande e uma coroa pequena, ai pegaria uma moto com 125 cc e faria ela andar igual uma 600 cc, será que os engenheiros que progetam as motos são burros? outra coisa que falam muito é a respeito da perda de potencia entre correia, cardã e corrente, isso é uma balela, desde que se tenha uma relação x,y
não importa se é com correia , corrente ou cardã,
para realmente provar isso teria que pegar uma moto, tipo uma Drag star, fazer as aferições no dinamometro, ai tira a trasmissão de cardã e coloca uma de correia obedecendo a mesma relação, vai no dinamometro e faz as medições, após faz a mesma coisa com a corrente, se realmente der diferença eu rasgo toda material técnico que tenha a respeito de mecânica, ai eu pergunto alguem já fez isso, para poder afirmar que um sisteima perde mais que outro?
Santista e Vera (Viru´s MC)
Avatar do usuário
Yan.Metal
Colaborador
Mensagens: 1312
Registrado em: 05 Jul 2008, 03:56
Localização: Juiz de Fora - MG
Contato:

18 Mar 2010, 17:14

Santista sobre perda na relação secundaria você esta errado.

Qualquer sistema mêcanico tem perdas. A diferença entre a potência medida no motor e na roda se deve em grandes parte em perdas na transmissão secundaria.

Uma prova se não houvesse perdas maiores no cardã porque uma Yamaha M1 do Valentino Rossi(e qualquer esportiva) não usa cardã que notoriamente da menos manutenção que a corrente? Resposta perda de potência, afinal 10% a a mais são 20cv numa esportiva.

Veja o vídeo que eu postei.

É claro que tem diferença só procurar que você vai ver vários engenheiros falando.
Avatar do usuário
hellmann
Mensagens: 326
Registrado em: 04 Dez 2009, 21:08
Localização: Curitiba
Contato:

19 Mar 2010, 11:57

jirschik escreveu:
hellmann escreveu:...e quanto ao que tão falando de ganhar potencia E velocidade, meu mecâncio disse pra eu colocar o menor pinhão e a menor coroa que eu achasse, que daí sim ia ficar bom...
Então pede também para seu mecânico explicar o motivo de motocicletas de cross terem uma coroa enorme, já que uma característica destas motocicletas é ter força, e não velocidade. Já que em uma corrida, velocidade é sempre importante, porque é que coroa e pinhão de uma motocicleta de cross não são do mesmo tamanho? Pois se fossem do mesmo tamanho, você teria a mesma velocidade do motor e da roda iguais. Em uma relação 1:1 entre motor e roda, não seria possível ter força suficiente para iniciar o movimento. Lembra do que disse o cientista grego Arquimedes?
"Dêem-me uma alavanca e um ponto de apoio e eu moverei o mundo". A coroa/pinhão são alavancas justapostas.

...e se ele for convincente, eu rasgo meu diploma de Engenheiro, só por causa das aulas de Física.

:wink:
voce só nao colocou no quote que minha próxima frase é "não se pode acreditar em tudo que se ouve"...
falei isso por que salvas as proporções, diminuir as duas nao vai dar diferença. eu concordo que ele esteja errado.

mas eu bato o pé no que eu disse, se a quinta for overdrive e voce nao souber disso, se voce colocar uma pinhão menor voce ganha aceleração e final, melhor dizendo, voce vai APARENTEMENTE ganhar final. por que a velocidade final real, que é em 4ªmarcha, vai diminuir.
e quanto ao diploma, eu nao só pego o que já fiz da engenharia mecânica como eu também me dou um tiro na cara, por que daí nada mais no mundo faz sentido.
Avatar do usuário
Santista
Mensagens: 572
Registrado em: 26 Set 2007, 09:44
Localização: Santos
Contato:

19 Mar 2010, 20:17

Amigo Yan, quem está errado é vôce, primeiro desde que se mantenha a mesma relação entre o eixo final da caixa de cambio e a roda, tanto faz ser correia, corrente ou cardã, vai ser a mesma coisa, tipo uma relação 5:1 quer dizer que 5 voltas do eixo primario da uma volta na engrenagem da roda motriz, não importa se é com corrente ou correia, outro exemplo: vamos supor que para a roda traseira dar uma volta o pinhão tem que dar dez voltas, obedecendo essa relção, não importa o tipo de tasmissão, de acordo com esses calculos de perda de 15% para o sistema cardã, a drag star tem 15% a menos de potencia que da 6 HP a menos , quer dizer ela não tem 40 HP, tem na verdade 34 HP, ai a Mirage tem 28 HP, tirando 5% da 1,4 HP a menos, ai fica assim Mirage 26,6 HP, Drag 34 HP, diferença: 7,4 HP quer dizer a Drag com 650 CC é só 7,4 HP mais forte que a Mirage com 250 HP, Yan anda com a tua mirage e em seguida anda com uma Drag e depois me diz se tem só 7,4 HP de diferença, agora o exemplo do Valentino Rossi, é muito fácil: a trasmissão por corrente é a mais forte, não quebra nas reduzidas antes de se fazer as curvas, nem as arrancadas após as curvas, se usar o sistema de cardã não aguenta os trancos, como o sistema de correia também não aguenta
como já falei para provar isso tem que pegar a mesma moto e colocar os três sistemas obedecendo a mesma relação, se der diferença eu jogo fora meu conhecimento de mecânica,
Santista e Vera (Viru´s MC)
Avatar do usuário
cros
Moderador
Mensagens: 10171
Registrado em: 15 Nov 2007, 23:55
Localização: Porto Alegre
Contato:

19 Mar 2010, 21:14

Toda essa discussão só porque o cara compra uma 125cc e quer que corra como uma 500cc???
Imagem
Hoje Falcon 2007
Avatar do usuário
hellmann
Mensagens: 326
Registrado em: 04 Dez 2009, 21:08
Localização: Curitiba
Contato:

19 Mar 2010, 22:33

Santista escreveu:Amigo Yan, quem está errado é vôce, primeiro desde que se mantenha a mesma relação entre o eixo final da caixa de cambio e a roda, tanto faz ser correia, corrente ou cardã, vai ser a mesma coisa, tipo uma relação 5:1 quer dizer que 5 voltas do eixo primario da uma volta na engrenagem da roda motriz, não importa se é com corrente ou correia, (...)
como já falei para provar isso tem que pegar a mesma moto e colocar os três sistemas obedecendo a mesma relação, se der diferença eu jogo fora meu conhecimento de mecânica
a relação pode até ser a mesma, mas voce nao pode dizer que o atrito e a eficiência da transmissão é a mesma. se for assim, coloca um elástico no lugar da corrente, tendo a mesma relação, vai continuar a mesma potência...
a corrente voce precisa ficar 'dobrando' ela, a correia voce precisa ficar torcendo ela e o cardã precisa ser mancais, rolamentos ou buchas. isso tudo 'come' energia. e não vai ser exatamente a mesma energia perdida nisso.
agora se dá muita diferença eu nao sei, mas mesmo assim, eu NUNCA diria que não dá diferença, ainda mais apostando todos meus conhecimentos de mecânica.
uma cois mais prática: já viu uma correia montada em duas polias? sem nada, só as polias? tentou girar isso? nao é tão fácil se está esticado a medida certa. agora imagine que fosse por corrente, tipo bicicleta. é mais fácil, qualquer um que fuçe com máquinas sabe disso

esses valores que voce usou pra calcular, voce tem certeza que nao é a potência NA RODA? talvez esse cálculo já esteja embutido cara.
Responder