Indian Motorcycle retorna ao mercado com a lendária Chief

Motos: Daelim, Kymco, Miza, Shineray, etc.

Moderadores: Moderadores, Administradores, Colaboradores Outras Marcas

caruso
Colaborador
Mensagens: 2286
Registrado em: 01 Ago 2008, 01:42
Contato:

27 Fev 2009, 01:20

Quem frequenta encontros de motos clássicas já ouviu falar da marca norte-americana Indian, mas poucas e raras unidades são vistas rodando no Brasil. Já nos Estados Unidos, a Indian é tão famosa e lendária como a rival Harley-Davidson. Agora os fãs dessa centenária marca podem comemorar o retorno da fabricação deste sonho americano que começou em 1901. O curioso da história é que, em 1906, a Indian foi equipada com o primeiro motor V2 fabricado nos Estados Unidos, algo que muita gente acha ter sido proeza da Harley-Davidson.


Imagem

Em seu retorno ao mercado americano, a marca "ressuscitou" o modelo Chief, criado em 1922. A versão atual mantém a tradição do motor de dois cilindros em V acionado por varetas, com 1720 cm³, que gera mais de 13 kgfm de torque para empurrar os 350 quilos (em ordem de marcha) da versão Standard. A transmissão é feita por correia dentada, como manda o estilo custom. O visual é retrô e a Chief está disponível em quatro versões -- as diferenças entre elas estão nos pneus, que podem ter faixa branca, nas malas laterais e no formato do para-lama dianteiro. Mas, todas utilizam modernos freios da grife Brembo.


ANTERIOR À HARLEY
A história da marca começa em 1901, quando o ciclista George Holder construiu uma espécie de bicicleta motorizada. Ao ver o experimento, o engenheiro Carl Oscar Hedstrom resolver se associar a Holder e, juntos, começaram a produzir motos.

Com o sucesso de vendas das primeiras unidades, os dois rapazes se empolgaram e seguiram adiante na fabricação de motocicletas. Além de disso, a Indian começa a participar de competições ao redor do mundo, incluindo a famosa Tourist Trophy, na ilha de Man, no Reino Unido. Na prova, realizada em 1912, os três primeiros lugares foram ocupados por motocicletas Indian.

TEMPOS DIFÍCEIS
No período da 1ª Guerra a empresa sofreu sérios problemas financeiros. A saída dos fundadores, e o abandono das competições em 1916 também contribuíram para que a Indian chegasse perto da falência, mas as motocicletas da marca continuaram saindo da linha de produção.

Um de seus modelos consagrados nas pistas e também nas ruas foi a Scout. Criada em 1919, a motocicleta usava um motor V2 com cilindradas que variavam entre 600 e 1200 cm³. Esta família se manteve em linha de produção por mais de dez anos.

Em 1927 surgiu uma nova motorização para as Indian: um quatro cilindros em linha, montado longitudinalmente. Batizada de Indian Four, a moto utilizava propulsor de 1265 cm³. O modelo seguiu em produção até 1942.

Durante a primeira metade do século 20, a marca também serviu às autoridades. As motos Indian foram escolhidas para formar o primeiro batalhão policial de Nova Iorque, em 1907, e nos anos de guerra foram produzidos modelos para uso militar e policial.

As décadas de 40 e 50 foram críticas para a Indian. As vendas começaram a despencar e a montadora foi obrigada a parar a produção de suas motocicletas em 1953.

Imagem

ETERNO RETORNO
Após muitas discussões sobre os direitos autorais da marca, algumas empresas reergueram o nome Indian, em 1998. No ano seguinte, foram iniciadas as vendas da Chief, mas devido à baixa procura pela motocicleta a marca fechou novamente as portas em 2003.

O atual momento da Indian começou no ano passado, após Steve Heese e Stephen Julius comprarem os direitos autorais e propriedades da marca. Com a mudança acionária, as motocicletas Indian saem da fábrica que fica em Kings Mountain, na Carolina do Norte, em vez da originária Springfield, em Massachusetts.

Fonte: Infomoto
Caruso


Imagem
Jotace
Mensagens: 276
Registrado em: 01 Nov 2008, 17:54
Localização: Rio de Janeiro
Contato:

13 Jun 2009, 19:36

Buscava eu pelo site, alguma referência à Indian, para postar exatamente o mesmo artigo, oriundo da WebMotors.

Mas, o amigo Caruso, já havia me antecipado em alguns meses. :lol:

Como pequena contribuição à matéria, aí vão algumas fotos:

Imagem
Imagem
Imagem

E finalmente...

Imagem

ÊPA! Essa aí não é uma lendária Indian. Mas, já que tá aí...Fica a homenagem. :twisted:
O importante é andar de moto.
cros
Moderador
Mensagens: 10394
Registrado em: 15 Nov 2007, 23:55
Localização: Porto Alegre
Contato:

13 Jun 2009, 23:10

que vcs acham de mover pra cá
viewtopic.php?t=23
Imagem
Hoje Falcon 2007
Avatar do usuário
Moura
Mensagens: 3305
Registrado em: 11 Dez 2007, 17:07
Contato:

14 Jun 2009, 14:09

Cara, gosto é gosto, e eu sei que não se deve criticar uma lenda, mas....

Eu acho essas Indians feias de doer, o paralama delas são horriveis :?

mas como eu disse gosto é gosto :P
Paulo Moura
rafaeladvogado
Desvirtuador
Mensagens: 4141
Registrado em: 23 Ago 2007, 09:33
Localização: Montenegro
Contato:

15 Jun 2009, 09:24

cros escreveu:que vcs acham de mover pra cá
viewtopic.php?t=23

ótima idéia...
Imagem
Avatar do usuário
Moura
Mensagens: 3305
Registrado em: 11 Dez 2007, 17:07
Contato:

27 Mar 2013, 13:06

A Indian esta atacando pesado a HD na sua campanha de Marketing que esta antecedendo o seu novo modelo (e o seu renascimento? Já que agora quem tem o direito da marca e a Polaris, que anunciou que a nova moto seria criada do zero, vale lembrar que a Polaris tambem é a dona da Victory)

Gosto desse tipo de publicidade, demonstra muita cara de pau ou muita confiança no produto :wink:

Imagem

Imagem

Imagem

Chupa RARLEI DAVIDISOM!

ps: Continuo achando as Indians feias pra cacete
Fonte: Old Dog Cycles
Paulo Moura
jirschik
Moderador
Mensagens: 5140
Registrado em: 17 Mar 2008, 18:12
Localização: São Paulo
Contato:

27 Mar 2013, 13:30

Hehehehe...

Camarada, eu acho esse tipo de propaganda provocativa, um quão 'engraçada'. Mas na minha opinião, não gosto muito. Acho que se seu produto é bom, mostre, prove. Mas isso é opinião para qualquer tipo de produto.

A Indian tem o seu visual próprio, inconfundível. Os paralamas fechados é o tipo de detalhe que caractreiza bem a marca. E como não poderia ser diferente, alguns amam, outros odeiam.

Acho bonitas as motos esportivas, mas não teria uma. Talvez uma segunda moto, seria uma Varadero ou VStrom. Se fosse para ter uma Indian, eu só não ia querer os detalhes de franjas nos bancos, que não me agrada. Mas no geral, gosto muito deste visual.

Em tempo: E a cabrita!? Tá rodando com ela? Bora lá, né, camarada! :?

Abraço!!! 8)
Imagem
M Valentim
Mensagens: 263
Registrado em: 14 Dez 2008, 19:19
Localização: Bariri-SP
Contato:

27 Mar 2013, 14:02

Embarcando na onda do coveiro...Seria muito ver a concorrente legítima da Lenda retornar com força total, apesar que ela já faliu duas vezes no passado por incompetência de seus administradores...
Moura escreveu:A Indian esta atacando pesado a HD na sua campanha de Marketing que esta antecedendo o seu novo modelo (e o seu renascimento? Já que agora quem tem o direito da marca e a Polaris, que anunciou que a nova moto seria criada do zero, vale lembrar que a Polaris tambem é a dona da Victory)

Gosto desse tipo de publicidade, demonstra muita cara de pau ou muita confiança no produto
Propaganda muito boa, fizeram uma homenagem ao Lone Wolf Rider :twisted: ...Acho que uma propaganda assim não reflete bem o estado de espirito de seu realizador ou mesmo confiança no produto, mas sim o possivel efeito que pode causar em seu publico alvo, que são os usuários de Harley Davidson ou futuros usuários deste estilo. Um exemplo bobo mas que tem muito haver com isso: Alguem afirma que a sua moto amarela é coisa de "mulherzinha" e como vc é suceptível a este tipo de "propaganda" vc muda de moto, pq se sentiu ofendido ou melindrado. Na propaganda da Indian, estão esses mesmos elementos, mas isso só faz efeito naqueles usuários que não estão muito certos sobre o pq que comprou sua atual moto.

Imagem
XL883 ROADSTER 2008

Imagem
K MODEL 1952

Imagem
XL SPORTSTER 1957
“The Eagle Soars Alone”
"Classic Rider Walk Alone"
Avatar do usuário
Moura
Mensagens: 3305
Registrado em: 11 Dez 2007, 17:07
Contato:

27 Mar 2013, 17:34

jirschik escreveu:Em tempo: E a cabrita!? Tá rodando com ela? Bora lá, né, camarada! :?
Fala Jiro!
Não estou usando ela do jeito (e nem tanto) quanto gostaria, mas ela tem me servido pra ir pra facul e pro trabalho, vez ou outra, aquele jeito coxinha de ser! Mas to sentindo falta de pegar a estrada, vamos ver se tudo der certo, pretendo conhecer Brasilia, muito em breve :lol:

Bom, acho feio as Indians, mas tambem acho feia pra caramba a Dyna, então não posso falar muito.. :twisted: :twisted:

Confesso que esse tipo de publicidade funciona muito bem comigo, a empresa sempre ganha minha simpatia, foi a mesma coisa quando a Hyundai lançou o I30 e o Azera aqui no Brasil, que no comercial ela comparava os carros dela com Mercedes, BMW e outras marcas de alta qualidade...rsrs

:wink:
Paulo Moura
RenanSP
Mensagens: 1063
Registrado em: 15 Jun 2011, 18:32
Localização: São Paulo
Contato:

27 Mar 2013, 22:59

Muito bem bolada a propaganda. Também me chama a atenção.

Eu acho as Indians bonitas, tem o mesmo tom de "exotismo" que as motos da Triumph, que junto com a Harley Davidson e BMW(Harley/Indian/Triumph) são as montadoras mais antigas que se tem notícia.

Falando em exotismo as motos da Triumph, mesmo que os modelos "custom" não sejam tão conhecidos por aqui ainda me fascinam mais do que todas essas outras juntas, só pela robustez do produto.

Mas vamos ver se a Indian emplaca à nível mundial com este retorno.
"I wish not the doctrine of ignoble ease, but the doctrine of the strenuous life."
Responder