XVS 950 Midnight Star: Opiniões de proprietários

Motos: Yamaha Virago, Yamaha Drag Star, Yamaha Royal Star, etc.

Moderadores: Moderadores, Administradores, Colaboradores Yamaha

Responder
otaviobitencourt
Mensagens: 11
Registrado em: 30 Jun 2014, 12:20
Localização: Laguna
Contato:

07 Jul 2017, 00:07

dae galera, estou em negociação com uma mid 2011 e me apaixonei pela bandida, mas ela está com o probleminha do chiado/rangido na correia, ja foi feita a solução dessas maquinas ou será que é bomba?
pamelapink
Mensagens: 5
Registrado em: 09 Jul 2017, 17:59

13 Jul 2017, 09:56

bom tive uma experiencia e tanto mas nao m arrependo troquei meu carro por uma moto yamaha a sensacao de liberdade e incrivel....

http://santamariamoto.com.br motos em santa maria
Jovi
Administrador
Mensagens: 7064
Registrado em: 17 Jun 2007, 12:46
Localização: São Paulo
Contato:

13 Jul 2017, 16:21

pamelapink escreveu:
13 Jul 2017, 09:56
bom tive uma experiencia e tanto mas nao m arrependo troquei meu carro por uma moto yamaha a sensacao de liberdade e incrivel....

http://santamariamoto.com.br motos em santa maria
Usuário advertido por denúncia de SPAM. Obrigado.
Código de Trânsito Brasileiro, Art. 29, XII, § 2º. Respeitadas as normas de circulação e conduta estabelecidas neste artigo, em ordem decrescente, os veículos de maior porte serão sempre responsáveis pela segurança dos menores, os motorizados pelos não motorizados e, juntos, pela incolumidade dos pedestres.

[]´s Jovi
http://www.jovi.net.br
http://www.motoscustom.com.br
cavaleiro_andante
Mensagens: 6
Registrado em: 21 Mar 2015, 07:42
Localização: Rio de Janeiro

06 Set 2017, 12:50

A Midnight já não consta mais no site da Yamaha. A única opção de custom agora, em se tratando de japonesas, é Vulcan S, que tem um visual que foge aos padrões mais clássicos.

Ao que tudo indica as marcas japonesas abandonaram de vez o seguimento aqui no Brasil, ficando somente a Harley Davidson e as motos de entrada da Dafra!

Uma pena! :(
Nosredna Medeiros
Mensagens: 2
Registrado em: 30 Nov 2017, 20:16

30 Nov 2017, 20:35

Olá pessoal, gostaria de saber se alguém que ainda tem a Midnigth ainda esta satisfeito, digo isso porque vendi minha Shadow 750/2010 para comprar uma Midnigth 950... comprei e meu sonho se tornou um pesadelo em menos de 02 meses, devido ao barulho ensurdecedor que sai do sistema de transmissão, levei no mecânico ele me disse:, Colega você tá ferrado, só as motos Midnigth 2014 em diante é que a Yamaha corrigiu este problema.
Tenho até vergonha de andar com a moto na rua devido ao barulho tipo ferro moído... nem viro o rosto, pois sei que as pessoas vão estar olhando!
O pior é que nem consigo vender a moto neste estado, e para arrumar pode ir desembolsando no minimo R$ 6.000,00.
A MOTO É 2010 COM APENAS 31.000 kM
Gente, já comprei tranqueira antes, mas desta vez foi a pior de todas !!!
Fica aqui meu parecer quanto a Midnigth... vou repetir um ditado que meu pai as vezes falava;> BONITINHA MAS SEM VERGONHA ! OU SEJA VAI LHE TRAZER O MAIOR DESGOSTO.
Espero que os colegas que tem a Midnigth. venham a se pronunciar.
Grato
Nosredna Medeiros
Mensagens: 2
Registrado em: 30 Nov 2017, 20:16

30 Nov 2017, 20:42

otaviobitencourt escreveu:
07 Jul 2017, 00:07
dae galera, estou em negociação com uma mid 2011 e me apaixonei pela bandida, mas ela está com o probleminha do chiado/rangido na correia, ja foi feita a solução dessas maquinas ou será que é bomba?
Prezado Otávio, boa noite, bom dia ou boa tarde,

Amigo... como você já escreveu , eu reforço : FOGE QUE É BOMBA !!!

VEJA O QUE ACABEI DE POSTAR: Olá pessoal, gostaria de saber se alguém que ainda tem a Midnigth ainda esta satisfeito, digo isso porque vendi minha Shadow 750/2010 para comprar uma Midnigth 950... comprei e meu sonho se tornou um pesadelo em menos de 02 meses, devido ao barulho ensurdecedor que sai do sistema de transmissão, levei no mecânico ele me disse:, Colega você tá ferrado, só as motos Midnigth 2014 em diante é que a Yamaha corrigiu este problema.
Tenho até vergonha de andar com a moto na rua devido ao barulho tipo ferro moído... nem viro o rosto, pois sei que as pessoas vão estar olhando!
O pior é que nem consigo vender a moto neste estado, e para arrumar pode ir desembolsando no minimo R$ 6.000,00.
A MOTO É 2010 COM APENAS 31.000 kM
Gente, já comprei tranqueira antes, mas desta vez foi a pior de todas !!!
Fica aqui meu parecer quanto a Midnigth... vou repetir um ditado que meu pai as vezes falava;> BONITINHA MAS SEM VERGONHA ! OU SEJA VAI LHE TRAZER O MAIOR DESGOSTO.
Espero que os colegas que tem a Midnigth. venham a se pronunciar.
Grato
agpcardoso
Mensagens: 618
Registrado em: 03 Ago 2012, 18:06
Localização: São Paulo
Contato:

01 Dez 2017, 16:05

Nosredna Medeiros escreveu:
30 Nov 2017, 20:35
Olá pessoal, gostaria de saber se alguém que ainda tem a Midnigth ainda esta satisfeito, digo isso porque vendi minha Shadow 750/2010 para comprar uma Midnigth 950... comprei e meu sonho se tornou um pesadelo em menos de 02 meses, devido ao barulho ensurdecedor que sai do sistema de transmissão, levei no mecânico ele me disse:, Colega você tá ferrado, só as motos Midnigth 2014 em diante é que a Yamaha corrigiu este problema.
Tenho até vergonha de andar com a moto na rua devido ao barulho tipo ferro moído... nem viro o rosto, pois sei que as pessoas vão estar olhando!
O pior é que nem consigo vender a moto neste estado, e para arrumar pode ir desembolsando no minimo R$ 6.000,00.
A MOTO É 2010 COM APENAS 31.000 kM
Gente, já comprei tranqueira antes, mas desta vez foi a pior de todas !!!
Fica aqui meu parecer quanto a Midnigth... vou repetir um ditado que meu pai as vezes falava;> BONITINHA MAS SEM VERGONHA ! OU SEJA VAI LHE TRAZER O MAIOR DESGOSTO.
Espero que os colegas que tem a Midnigth. venham a se pronunciar.
Grato
Olá amigo, se faz 2 meses que vc está com a moto, entre em contato com quem lhe vendeu para resolver o problema numa boa, afinal as leis do consumidor também se aplicam a compras realizadas entre pessoa fisica

Veja só esta reportagem
http://politica.estadao.com.br/blogs/ad ... -pelo-cdc/
1ª Hunter 90cc 2006
2ª Mirage 250cc 2012
3ª Midnight XVS 950cc 2014
Satniuq
Mensagens: 31
Registrado em: 04 Fev 2015, 10:38
Localização: São Paulo
Contato:

22 Ago 2018, 15:20

Acabei de pegar uma Midnight 2012/2013, estou vindo de uma Virago 535 2001 (!!!)

Pesquisei por mais de ano antes de trocar, então acredito ter feito uma troca consciente dos prós e contras...
Hassessian
Mensagens: 9
Registrado em: 03 Fev 2019, 09:37

03 Fev 2019, 16:38

Olá pessoal.
Gosto muito de viajar de carro, com minha esposa, mas agora que curtir também o caminho, e não apenas o destino. Normalmente são viagens de um ou dois dias... uns 400km, e raramente faço viagens de mais de 3mil km. Como tenho carro, não pretendo andar na cidade, exceto aos domingos ou passeios.

Depois de diversas avaliações, entre Shadow, Boulevard, Vulcan, cheguei a duas opções:

Yamaha Midnight 2011 a 2013 com cerca de 60 mil km rodados, entre R$ 23 e R$ 28 mil
Harley Davidson Dyna Super Glide 2008 ou 2009, cerca de 40 mil km rodados, entre R$ 27 e R$ 32 mil.

Estou certo de que ambas tem ótimas qualidades e vão atender minhas expectativas, mas quero avaliar alguns possíveis aspectos que demandam maior atenção:

Dyna: É uma baita moto, mas desnecessário ter 1600 cc, sei que anda pra caramba, mas só quero andar a 110 km/h, até pq tem radar nas estradas e não sou apressadinho. Meu receio com a Dyna é que ela é muito antiga, mesmo bem cuidada, em 10 anos acaba tendo desgaste, borrachas ressecadas, etc, o que demanda mais cuidados. Aqui em Campo Grande/MS tem poucas lojas HD e dizem que eles metem a faca. Não faço questão de me aparecer para os outros pela tradição, ronco do motor ou pelo emblema, a relação é somente eu, minha esposa, a moto e a estrada.

Midnight: Linda, tem uma boa variedade de lojas. Creio que 950 cc seja mais do que necessário, 2011 a 2013 parecem não ser tão antiga, ainda mais em comparação à Dyna 08. No entanto, a maior parte é muito usada, com 50 mil km ou mais.

Quero saber de quem tem/teve a Midnight:

1 - Vale a pena comprar uma moto com mais de 50km rodados?

2 - Vi várias avaliações aqui, porém muito antigas, e a maior preocupação era em relação a transmissão, que poderia quebrar e custaria 7 mil (postado em 2011). Essa questão já foi solucionada? Ou pelo menos a transmissão já está mais barata?

3 - Como vocês avaliam os valores de manutenção (revisão, óleo, peças originais e disponibilidade de paralelas confiáveis), e quais itens que mais incomodam na moto?

4 - É realmente muito difícil de revender?

5 - Embora seja para estradas, muitos lugares possuem pedaços de estrada terra. Eu consigo chegar nesses lugares? Claro q não farei um rally, evito lama, vou devagar, mas às vezes acontece de pegar um lugar assim, e se chover, pode até fazer lama. A Mid encara "eventualmente" esse tipo de trajeto?

6 - Existe algo característico da moto que eu devo observar ou perguntar ao dono na hora da compra?

7 - Realmente ela não possui marcador de combustível? Isso é algo que considerei absurdo para uma moto de estrada, já que em alguns lugares se passa muito chão entre uma cidade e outra, e saber o nível é fundamental para saber se abastece ou espera a próxima cidade!

Obrigado!!
agpcardoso
Mensagens: 618
Registrado em: 03 Ago 2012, 18:06
Localização: São Paulo
Contato:

25 Fev 2019, 10:48

Hassessian escreveu:
03 Fev 2019, 16:38
Olá pessoal.
Gosto muito de viajar de carro, com minha esposa, mas agora que curtir também o caminho, e não apenas o destino. Normalmente são viagens de um ou dois dias... uns 400km, e raramente faço viagens de mais de 3mil km. Como tenho carro, não pretendo andar na cidade, exceto aos domingos ou passeios.

Depois de diversas avaliações, entre Shadow, Boulevard, Vulcan, cheguei a duas opções:

Yamaha Midnight 2011 a 2013 com cerca de 60 mil km rodados, entre R$ 23 e R$ 28 mil
Harley Davidson Dyna Super Glide 2008 ou 2009, cerca de 40 mil km rodados, entre R$ 27 e R$ 32 mil.

Estou certo de que ambas tem ótimas qualidades e vão atender minhas expectativas, mas quero avaliar alguns possíveis aspectos que demandam maior atenção:

Dyna: É uma baita moto, mas desnecessário ter 1600 cc, sei que anda pra caramba, mas só quero andar a 110 km/h, até pq tem radar nas estradas e não sou apressadinho. Meu receio com a Dyna é que ela é muito antiga, mesmo bem cuidada, em 10 anos acaba tendo desgaste, borrachas ressecadas, etc, o que demanda mais cuidados. Aqui em Campo Grande/MS tem poucas lojas HD e dizem que eles metem a faca. Não faço questão de me aparecer para os outros pela tradição, ronco do motor ou pelo emblema, a relação é somente eu, minha esposa, a moto e a estrada.

Midnight: Linda, tem uma boa variedade de lojas. Creio que 950 cc seja mais do que necessário, 2011 a 2013 parecem não ser tão antiga, ainda mais em comparação à Dyna 08. No entanto, a maior parte é muito usada, com 50 mil km ou mais.

Quero saber de quem tem/teve a Midnight:

1 - Vale a pena comprar uma moto com mais de 50km rodados?

2 - Vi várias avaliações aqui, porém muito antigas, e a maior preocupação era em relação a transmissão, que poderia quebrar e custaria 7 mil (postado em 2011). Essa questão já foi solucionada? Ou pelo menos a transmissão já está mais barata?

3 - Como vocês avaliam os valores de manutenção (revisão, óleo, peças originais e disponibilidade de paralelas confiáveis), e quais itens que mais incomodam na moto?

4 - É realmente muito difícil de revender?

5 - Embora seja para estradas, muitos lugares possuem pedaços de estrada terra. Eu consigo chegar nesses lugares? Claro q não farei um rally, evito lama, vou devagar, mas às vezes acontece de pegar um lugar assim, e se chover, pode até fazer lama. A Mid encara "eventualmente" esse tipo de trajeto?

6 - Existe algo característico da moto que eu devo observar ou perguntar ao dono na hora da compra?

7 - Realmente ela não possui marcador de combustível? Isso é algo que considerei absurdo para uma moto de estrada, já que em alguns lugares se passa muito chão entre uma cidade e outra, e saber o nível é fundamental para saber se abastece ou espera a próxima cidade!

Obrigado!!


1 - Vale a pena comprar uma moto com mais de 50km rodados?
Motocustom vale mais o estado de conservação dela do que a km, uma moto que tenha 10.000km ja da para fazer muita merd* se o dono for relaxado.
No entanto, existem muitas midnights desse ano com km abaixo de 20.000, portanto não saia comprando a primeira que ver, pesquise e analise varias.

2 - Vi várias avaliações aqui, porém muito antigas, e a maior preocupação era em relação a transmissão, que poderia quebrar e custaria 7 mil (postado em 2011). Essa questão já foi solucionada? Ou pelo menos a transmissão já está mais barata?
Infelizmente essa questão ainda persiste e por esse motivo a yamaha recomenda fazer uma verificação a cada 4000km, se essa verificação for feita vc dificilmente terá problemas.
Existe a transmissão da MM3 que o conjunto completo custa na faixa de 3000 reais, e a galera ja está adquirindo umas correias paralelas por menos de 1000 reais (Fonte: forum midnight riders)

3 - Como vocês avaliam os valores de manutenção (revisão, óleo, peças originais e disponibilidade de paralelas confiáveis), e quais itens que mais incomodam na moto?
Minha midnight está com 24000km e até o momento não deu nenhum problema que eu tivesse que trocar alguma peça, pelo que andei lendo os problemas comuns alem da
transmissão são bomba de gasolina e motor de arranque, tanto a bomba de gasolina e o motor de arranque a solução da cc é a troca das peças porém essas duas peças existe
a possibilidade de manutenção onde a bomba é trocado o refil por um da marca bosh e o motor de arranque os imas são colados novamente. Cada serviço desse fica na
faixa de R$500,00 (Fonte forum midnightriders)

4 - É realmente muito difícil de revender?
Toda a moto custom é dificil vender, agora se falarmos SÓ de moto custom, eu não acho q seja dificil não, isso, se comparado com outras motos custom.

5 - Embora seja para estradas, muitos lugares possuem pedaços de estrada terra. Eu consigo chegar nesses lugares? Claro q não farei um rally, evito lama, vou devagar, mas às vezes acontece de pegar um lugar assim, e se chover, pode até fazer lama. A Mid encara "eventualmente" esse tipo de trajeto?
Melhor não, a midnight foi feita para estrada de asfalto, colocar na terra não acho uma boa ideia não.

6 - Existe algo característico da moto que eu devo observar ou perguntar ao dono na hora da compra?
O ideal é levar alguém que entenda de mecanica, se não tiver como, tenta dar uma volta, verificar se a correia não da rangendo e se não está muito frouxa,
Dá uma esticada e verifica se ela não embola, se embolar pode estar com a bomba de gasolina avariada.

7 - Realmente ela não possui marcador de combustível? Isso é algo que considerei absurdo para uma moto de estrada, já que em alguns lugares se passa muito chão entre uma cidade e outra, e saber o nível é fundamental para saber se abastece ou espera a próxima cidade!

Não tem marcador, mas tem sensor de reserva, em todo caso vc pode marcar a km q vc abasteceu e reabastecer a cada 200km na estrada.
1ª Hunter 90cc 2006
2ª Mirage 250cc 2012
3ª Midnight XVS 950cc 2014
Responder