HD: Modelo e dicas para iniciantes

Motos: Harley-Davidson Sportster 883, Harley-Davidson Road King, etc.

Moderadores: Administradores, Moderadores, Colaboradores Harley-Davidson

Responder
Avatar do usuário
cros
Moderador
Mensagens: 10320
Registrado em: 15 Nov 2007, 23:55
Localização: Porto Alegre
Contato:

04 Fev 2019, 19:50

Hassessian escreveu:
04 Fev 2019, 19:17
aí é que bate a indecisão. Se a questão é preço, eu aceito pagar um pouco mais para ter uma que eu realmente me apaixone, mas então, já que ser ano 2008 é ok, será q ter 48 mil km rodados a torna um mau negócio?

Sei que isso varia de moto pra moto, tem novas q estragam e velhas indestrutíveis, mas vamos avaliar quais são as possibilidades de dar certo ou dar errado!
Então, o valor é relativo a muitos pontos, uma moto com boa apresentação, equipada e sem precisar trocar os consumíveis já de cara é muito mais negócio, sobra dinheiro pro seguro.
Imagem
Hoje Falcon 2007
Avatar do usuário
Slow_RS
Mensagens: 88
Registrado em: 29 Dez 2009, 11:29
Localização: Bagé
Contato:

04 Fev 2019, 19:58

Opa, meu amigo que não sabe se compra uma HD e que HD compra.

Vou dar minha opinião, o que não quer dizer que seja a VERDADE. É a MINHA verdade.
Minha ideia é te dar mais um ponto de vista, para ires aos poucos formulando teus conceitos.

Pelo que entendi, é tua primeira moto, certo? Bom, é importante entenderes que as HD são motos pesadas e mais difíceis de conduzir do que motos custom japonesas (Honda, Yamaha, Suzuki).
Eu comecei com uma DragStar (Yamaha 650 cc), e foi ótimo. Mesmo assim derrubei (parado) minha HD duas vezes quando comecei. Não é nenhum crime derrubar a moto, muita gente (ou serei só eu? rsss) derruba. Se desequilibrar, com o peso, ela cai. Bom, a Drag tombou uma vez tb, enquanto eu lavava.
Se tu te garantes, dá para começar com HD direto, mas é preciso mais cuidado. Não na estrada, pq na estrada o peso some e a HD transmite ainda mais segurança, é mais firme no vento, mas irregularidades, nas ultrapassagens que motos mais leves.

Sobre HD x Outras Custom. Eu sou da ideia de que as japas fazem motos de rua, capricham nas speed e naked, e ATÉ TEM uma custom na linha, mas não é o chão delas, entende? Basta ires em qq revenda dessas japas e ver quantas custom tu vais achar. Se tiver UMA exposta já está bom.
Há outras marcas tradicionais de CUSTOM, como Triumph (+ ou -), Indian, outras que nem sei. Mas é claro, quando se pensa em custom, é inevitável pensar em HD. Não estou dizendo que as japas custom não são boas motos. Só acho que não há como comparar. Eu particularmente gosto muito da Vulcan. Acho linda, mas menos propícia a customizar...

Sobre as opções que tu viste, eu sinceramente descartaria. Achei muito rodadas, mas nesse perfil, a HD vai te dar muito menor trabalho. Dizem que HD é moto para a vida toda. Tem até aquela história da HD que veio boiando do Japão até os EUA e chegou até bem considerando a situação.

Sobre as HD, de modo geral, a qualidade sobe com o preço. Sporster, Dyna, Softails, Roadking, Estradeiras. As Dyna são lindas, mas dizem que o amortecedor pode ser um problema. Eu nunca rodei numa. Naquele seriado do Sons of Anarchy a bandidagem se amarrava nas Dyna (só nunca vamos saber se não era merchan...).
Há um consenso que as Softail são mais confortáveis que as Dyna, e mais "moto". Mesmo assim, a minha, uma Breakout, não prima pelo conforto...

Não creio que seja tão difícil achar uma moto melhor. Procurando rápido aqui, achei uma Dyna bacana, 2009, 28mil km, por 27K. Mais caro, eu sei, mas pouco procurei. E se queres CONFIANÇA, talvez tenhas que pensar em algo mais confiável.
Aliás, nesse quesito, EU iria em Harley FROUXO nesse quesito do que em qq custom japa.
Agora, dizem que BMW é mais confiável, mas eu sinceramente não gosto do estilo. Além de não gostar de moto alta, baixo que sou.
Um bom indicador disso é ver que o preço não muda muito nas Harley conforme o ano, pq a moto é BOA. E isso inclui ser boa de revenda.

Sobre o ronco. Quando eu não sabia nada de moto achava ridículo ter um escapamento alto. Continuo achando furada ter MUITO alto, mas moto sem ronco não tem alma. Depois de um tempo o ronco da Harley vale uma bela parte do seu preço. É um trator de duas rodas. Pilotar uma HD é diferente. Muito.

Deu para ver que sou fã, né?

Finalmente, sugiro que tu experimente as motos e vejas quais VESTEM melhor em ti. Altura, peso etc influem nisso.
Uma moto legal para mim pode não ser legal para ti.
Se puder, faça testrides! É o ideal.

Boa sorte e boas curvas!
Colorado, Gaúcho e pai do Gabriel
Avatar do usuário
Slow_RS
Mensagens: 88
Registrado em: 29 Dez 2009, 11:29
Localização: Bagé
Contato:

04 Fev 2019, 20:01

Ah, sobre preço, o meu velho amigo daqui, Yan Metal, com quem não troco mensagem há uns dez anos, está certo. A manutenção da HD é mais cara, mas não sei se o fato de dar menor problema e ser mais durável, com melhor valor de revenda, se não compensa.
Alguém mais entendido tem que por na ponta do lápis. Troca de óleo só a cada 8 mil km!
Para mim, vale cada centavo.
Colorado, Gaúcho e pai do Gabriel
Hassessian
Mensagens: 7
Registrado em: 03 Fev 2019, 09:37

04 Fev 2019, 20:25

Então... tenho q admitir, tenho procurado anúncios em Mercado Livre, OLX, sites locais, amigos e lojas. Realmente o preço aqui em Campo Grande / MS está bem salgado, e tenho receio de ir a outro estado para ver mais barata, pois há o risco de gastar tempo, dinheiro e chegar lá ver que a moto não é lá tão boa quanto parecia no anúncio!
Slow_RS escreveu:
04 Fev 2019, 19:58
Opa, meu amigo que não sabe se compra uma HD e que HD compra.
Obrigado pela orientação, Slow!

Na verdade, eu cogitava várias outras até conversar com uns amigos do meu irmão e resolver visitar uma loja especializada tentando me livrar do preconceito. A primeira moto que eu vi foi realmente uma Midnight, mas depois q eu vi uma Dyna, só olhei para outras Dyna e praticamente apaguei as outras marcas do meu radar. Demorou um tempo, mas conversando, pesquisando e visitando, estou fortemente inclinado à HD. A única pulga na orelha q ainda tenho é q aqui só tem uma autorizada Harley e uma outra oficina não oficial que revende usadas, enquanto Yamaha tem várias. O preço praticado acaba seguindo a lógica da concorrência.

Essa será minha primeira custom, realmente, mas o que me apontou na direção da HD é a grande chance de eu pegar uma Mid, um dia querer trocar por uma HD e não conseguir mais me livrar da Mid. Como é de se esperar, aqui em Campo Grande/MS o negócio é bem mais lento que numa metrópole. Aí eu vou andar na minha Mid, parar no semáforo e vai parar uma Dyna do meu lado e eu vou ficar decepcionado... (falo de possibilidades, claro)...

Como faço para mandar mensagem privada? mandei uma aqui, ela fica na pasta "caixa de saída" em vez de ficar em "mensagens enviadas"!
Avatar do usuário
Slow_RS
Mensagens: 88
Registrado em: 29 Dez 2009, 11:29
Localização: Bagé
Contato:

04 Fev 2019, 21:51

Hassessian,

Eu conheço Campo Grande. Tche, acho que só em SP tem mais de um Harley (nem sei se em SP tem).
Eu morava antes em Bagé, 130 mil hab, e tinha um ótimo mec por lá. O problema daí é peça, quando algo especial quebra.
Fiquei com minha Deluxe por 5 anos, e o único problema foi um componente elétrico que veio com pequeno defeito de fábrica, e me deram 0800.
Não fiquei sem andar por isso.

O maior gasto que tive foi com pneus, que comprava em lojas fora. Preço bem razoável (e eram banda branca!). E óleo. Eu comprei no Uruguai um óleo similar mais barato. Lá era meu mec que trocava e revisava a moto, sem galho. Certamente em CG também tem. Se quiser posso falar com um amigo daí que tem HD e não é rico... rsss

Agora aqui em Poa a revisão completa, na HD Atitude (oficina e loja especializada em HD, mas não é autorizada), está por 790,00, com a troca de óleos e filtros. Nao acho absurdo, sendo a cada 8 mil km.

Só me preocupa começares na HD. Sugiro experimentares antes, repito. Se comprares uma Mid ou uma Shadow (acho ótima moto para negocio) por um bom preço, não terás problema para vender. E na hora de comprar a HD não sairás do zero.
Insisto que começar com uma moto muito pesada sem estar acostumado pode ser desanimador.

E olha, comprei para usar só em viagem lá em 2009, quando comecei nas motos pesadas. E hoje não resisto a fazer tudo de moto quando posso, mesmo assando as coxas no calorão do motor no transito. Tudo fica melhor numa Harley!
Colorado, Gaúcho e pai do Gabriel
Hassessian
Mensagens: 7
Registrado em: 03 Fev 2019, 09:37

04 Fev 2019, 23:46

Slow_RS escreveu:
04 Fev 2019, 21:51
Só me preocupa começares na HD. Sugiro experimentares antes, repito. Se comprares uma Mid ou uma Shadow (acho ótima moto para negocio) por um bom preço, não terás problema para vender.
Gratidão, Slow.

Realmente quando procuramos fóruns, muitas vezes saímos mais confusos do que quando entramos, e quanto mais informações eu adquiro, mais fico na dúvida. Passei para conhecer uma Dyna e o vendedor disse: "larga mão das outras, compra uma HD" (é o trabalho dele, né?). Conversei com um amigo do meu irmão que anda em clube da HD q disse: "larga mão das outras, compra uma HD". Aqui no fórum também vejo alguns "larga mão das outras, compra uma HD", mas graças a pessoas como vc, Yan e Cross, embora eu não saia totalmente convencido, aprendi muito e posso ter uma ideia mais clara de qual rumo tomar.

Agradeço a vocês pela atenção e terem ajudado de forma tão respeitosa a uma pessoa como eu, que está iniciando sua busca por informações.

Vou ainda insistir na minha predileção por custom, é um sonho de criança. Estou lendo relatos em fóruns de viajantes e mochileiros pela América do Sul e vi que cada um teve uma escolha diferente e todos alcançaram seus destinos, incluindo Dafra Kansas 150, Biz 125, CG, muita Teneré e Virago, e isso me tira um pouco o medo de errar.

Por outro lado, embora eu não abra mão de uma custom em detrimento de uma crossover ou big trail, mais recomendados para o tipo de viagem que eu quero buscar, (Teimosia. Não quero e pronto, sonho é sonho e não se discute) só fico um pouco preocupado quando chegar naquelas estradas sem asfalto com uma custom (tipo interior do Estado ou Paraguai, Bolívia, que são aqui do lado e são destinos comuns para os sul-mato-grossenses).

De tudo, uma coisa é certa, a cada dia que passa, minha vontade de curtir o caminho, e não apenas o destino, só aumenta!

Abraços!

Edit: aqui o preço de revisão na loja oficial era R$ 1240 há uns 3 anos atrás, não sei quanto está hoje. Temos a vantagem de comprar óleo e pneus no Paraguai (Pedro Juan Caballero), que é bem perto e em algumas vezes quase a metade do preço (aqui não é falsificado, apenas importado com imposto justo, diferente de Ciudad del Leste, que tem q tomar muito cuidado), mas nada específico de Harley ou outras antigas fora de linha.
Avatar do usuário
cros
Moderador
Mensagens: 10320
Registrado em: 15 Nov 2007, 23:55
Localização: Porto Alegre
Contato:

05 Fev 2019, 08:13

Hassessian escreveu:
04 Fev 2019, 19:58
Olá, Cros.. tudo bem?

No caso, a moto que estou de olho é essa aqui:
2008, 48 mil km rodados, R$ 31mil
Imagem
Imagem

Eu a achei linda pelo ar retrô, mas outras pessoas não gostaram tanto, acho que pode ter até o risco de ser ruim de revenda. Pintura zera, peças zeradas, filtro de ar, um cuidado impressionante, mas a pintura nova pode até ser para disfarçar alguma queda, vai saber...

Eu deveria me preocupar mais com a rodagem do que o ano?

Essa aqui é 2009, tem 37 km, a R$ 28 mil, mas tem q trocar pneu, revisar, trocar oleo, comprar sissy bar, o que vai deixar praticamente o mesmo valor, além de uns pequenos pontos de ferrugem em alguns parafusos que me deixaram um pouco desconfiado. Ela é bonita, mas não teve o fator UAU! que a azulzinha teve! E ainda pedais com a tinta saindo, um cromado com menos brilho detalhes pequenos que mostram um desgaste maior... Imagem

O que vc faria no meu lugar? Ficaria indeciso tbm ou procuraria com calma uma menos rodada?

Infelizmente a faixa de preço é essa aqui em Campo Grande/MS, e uma 2013 com 11mil km já vai a R$ 36 mil, praticamente pelada (não a vi pessoalmente para saber pneus, oleo, estado mais detalhado, etc):
https://www.shopcar.com.br/veiculos/har ... -14/882017

Obrigado e abraços!

http://i67.tinypic.com/24cfwup.jpg
http://i66.tinypic.com/34jajy9.jpg
Olha só, moto personalizada tem um destino certo, se tu gostou não importa os outros, será uma moto "única" e que vai se destacar das demais. O problema da personalização de quem faz é achar outro interessado que goste do que foi feito, eu particularmente só não gostei do azul, de resto é isso mesmo, ficou diferente, pelo menos da maioria.

Como disse antes, uma moto pronta tem seu valor, só se preocupar em fazer o seguro e rodar. Mas se tiver que trocar pneu, e outras coisas que não se sabe é complicado, se ele tiver chave reserva e manual é MUITO importante, e se o dono tiver notas de serviço melhor, pois mostra que ele teve cuidado com o veículo.

Tenho (ainda) uma Falcon que troquei a carenagem (comprei outra usada) e mandei pintar de verde fosco (tem um tópico aqui) estou vendendo ela desde agosto, então, não é fácil achar outra pessoa que goste. Mas se destaca muito.
Imagem
Hoje Falcon 2007
Avatar do usuário
Yan.Metal
Colaborador
Mensagens: 1317
Registrado em: 05 Jul 2008, 03:56
Localização: Juiz de Fora - MG
Contato:

05 Fev 2019, 16:49

Hassessian Eu concordo com o Cross se você gostou da moto azul vai na fé se faça feliz.
Mas se você tentar revender vai ter muita dificuldade pela cor, mas eu sou da ideia que se você compra pensando em vender melhor nem comprar.

Sobre HD em comparação com outra moto japonesa ela é mais pesada e as peças em caso de queda são mais caras. Eu acho as duas boas motos, mas querendo ou não quando você tá numa HD você mata a curiosidade de ter uma HD.
Ao menos para mim eu já estou no upgrade máximo, só trocaria se fosse por causa de garupatroa.

Mas eu me ligaria em alguns detalhes. Não acredite que ela está revisada, conheço amigos que trabalham em concessionárias eles não trocam o óleo e nem nenhum fluído e se você ler o contrato a garantia é só no câmbio e motor.

Qualquer veículo você deve comprar e trocar todos fluídos, a não ser em casos específicos que o dono tem uma nota da revisão muito recente. Não acredite em garantia de loja. Caso opte pela moto leve em outro mecânico e peça para checar o óleo (até porque pode ter sido um óleo mais barato) e os fluidos depois feche negócio ou peça eles para trocar na sua frente tudo. Esses componentes tem validade de somente um ano.

O pneu estar novo isso é um sim uma vantagem, mas olhe o DOT veja quanto tempo ele foi fabricado, o pneu da minha moto tinha 6 anos que é o limite da validade. O Pneu da Dyna Azul é o mesmo que uso ME 888 Metzler já te adianto ele é ótimo, mas não tem grande durabilidade entre 6-10mil dado calor do MS aposte em 6mil (ao menos na V-rod, contudo ela é uma moto mais potente que a Dyna). Parafuso você troca, a minha tem vários com pontos de ferrugem, mas te falo não é fácil achar alguns parafusos da HD. Não consegui encontrar alguns que perdi passando em um buraco tive que trocar todos torx por allen e depois foi uma saga para conseguir uma porca quadrada. E pagar 30 reais mais 20 dias em um parafuso na CC é fod*.
Outra coisa a pintura nova pode sim indicar uma queda, pois não tem como onde a perna encontra no tanque a pintura não se desgastar. Contudo dado a Km acredito que foi vendida para porque o dono queria uma mais nova.

Pense na possibilidade de ir um dia a SP e ver várias motos de vários vendedores. Eu fui buscar uma Trimph Truxton 900 (Ótima moto) em Brasília 1000km de distância. Minha V-Rod busquei a 350 km de casa. Quando cheguei lá tinha alguns detalhes, na hora negociei e fiquei com as malas que tinha na moto que custam 3mil na HD.

Não se preocupe em autorizada, por sinal não leve em autorizada, ache um bom mecânico. Se na minha cidade de 500mil habitantes eu achei um ótimo mecânico que só trabalha com HD, na sua capital vai ter. Em média é 1000 reais uma revisão trocando tudo (nisso uns 300 reais é mão de obra). Peças e pneu eu compro pela internet, por exemplo, na (https://www.hdpecas.com.br/) comprei os rolamentos e uma junta que estava faltando.
Avatar do usuário
Yan.Metal
Colaborador
Mensagens: 1317
Registrado em: 05 Jul 2008, 03:56
Localização: Juiz de Fora - MG
Contato:

05 Fev 2019, 16:57

Slow_RS escreveu:
04 Fev 2019, 20:01
Ah, sobre preço, o meu velho amigo daqui, Yan Metal, com quem não troco mensagem há uns dez anos, está certo. A manutenção da HD é mais cara, mas não sei se o fato de dar menor problema e ser mais durável, com melhor valor de revenda, se não compensa.
Alguém mais entendido tem que por na ponta do lápis. Troca de óleo só a cada 8 mil km!
Para mim, vale cada centavo.
Opa Slow_RS quanto tempo mesmo. Fiquei afastado do fórum depois que bateram na minha Mirage e eu vendi ela. Em vez de comprar outra moto acabei ouvindo as vozes da razão e comprei um apartamento. Então fiquei 3 anos só andando com uma Dafra Apache 150 e sendo humilhado pelas PCX no trânsito.

Ano passado que comprei uma V-Rod e foi sonho realizado. Também acho que o custo da manutenção da HD vale a pena, mas gosto de avisar, pois muita gente vem das 150/250 que está acostumado a 50 reais a cada 3 meses e assusta ao gastar 500 reais com óleo.
Avatar do usuário
cros
Moderador
Mensagens: 10320
Registrado em: 15 Nov 2007, 23:55
Localização: Porto Alegre
Contato:

05 Fev 2019, 18:49

Yan.Metal escreveu:
05 Fev 2019, 16:49
Não acredite que ela está revisada, conheço amigos que trabalham em concessionárias eles não trocam o óleo e nem nenhum fluído e se você ler o contrato a garantia é só no câmbio e motor.
Verdade absoluta, a não ser que o cara apresente nota fiscal de serviço é imperativo que a moto passe por uma revisão e assim fica "zerada" a partir dai.
E como já disse, manual e chave reserva são MUITO importantes, ainda mais se a chave dela for codificada.
Imagem
Hoje Falcon 2007
Responder