HD: Modelo e dicas para iniciantes

Motos: Harley-Davidson Sportster 883, Harley-Davidson Road King, etc.

Moderadores: Moderadores, Administradores, Colaboradores Harley-Davidson

Responder
danivaranda
Mensagens: 1
Registrado em: 10 Ago 2015, 17:23
Localização: Luís Eduardo Magalhães

17 Ago 2015, 16:07

Boa tarde galera do forum, sou novato no forum e estou a mais de 1 mês lendo e relendo todos os comentários e tudo mais a respeito dessa moto (sportster)e cada vez tenho mais dúvida, hehehe. Consegui pelo menos tomar a decisão que está será minha moto (agora que vem a dúvida), mas afinal qual escolher dentre tantos modelos ?? Gostaria da ajuda de vcs para que eu possa decidir qual pegar.

Abraço
rodgaba
Mensagens: 3
Registrado em: 29 Out 2016, 10:35
Localização: Campinas
Contato:

29 Out 2016, 11:23

Olá Pessoal,

Tenho 48 anos e finalmente tomei coragem para uma HD (principalmente em função dos custos da danada), estou vendendo minha Virago 535 2002 (http://www.webmotors.com.br/comprar/yam ... 002/567126) e estou pensando em pegar uma XL 1200 Custom 2012 a 2014 (até uns R$ 30.000), minha pergunta é se vale a pena pegar esta moto mesmo porque a única adaptação que quero fazer é colocar o sissy bar (assim não derrubo a patroa) e talvez quem sabe um banco melhorzinho para o garupa.

Que vocês acham da XL 1200 Custom, vale a pena?

Caso saibam de alguém que se interesse por uma Virago 535 2002 muito conservada e original, agradeço.

Um abraço
Raquino
Mensagens: 1
Registrado em: 26 Ago 2017, 23:41

26 Ago 2017, 23:46

Riders boa noite, comprei uma Heritage Classic 2009. Estava lendo o manual e lá diz para ativar o alarme, alguem sabe como faço isso? para as setas piscarem e tal. Nunca tive HD, sou principiante. Grato
Avatar do usuário
ZoRZe
Mensagens: 23
Registrado em: 16 Mar 2011, 09:23
Localização: Belo Horizonte
Contato:

22 Set 2017, 07:13

Bom dia moçada.
Emfim, aos 59 anos e 31 de motociclismo consegui comprar a minha primeira HD.
Uma Breakout 2017, vermelha.
Foi meio demorado pra acostumar com a danada, pois a ciclistica é completamente diferente de todas as motos que já tive (custom ou não).
Hoje, já acostumado com a moto já não tenho nenhuma dificuldade com ela. Tenho 1,65 de altura e me sinto completamente a vontade em pilotá-la, ao contrário que muitos pessimistas de plantão escrevem. Arrisco inclusive alguns corredores, mas tudo dentro dos limites do guidão muito largo.
Admito que na primeira viagem senti dores nas costas e nas mãos. Mas hoje isto não acontece mais. Tudo uma questão de costume e treino. É isso aí.
Breakout
Adriana Bunn
Mensagens: 157
Registrado em: 11 Nov 2009, 21:30
Localização: São José
Contato:

16 Jan 2018, 13:58

Pessoal, gostaria de deixar uma dica aqui no fórum e após dar uma pesquisada nos tópicos achei esse aqui o mais adequado. Não são poucas pessoas que reclamam da HD desligando sozinha e dando aquele aviso no painel do descanso lateral. A minha fazia o mesmo, levei na loja e não havia problema algum com o sensor, era a mola do pezinho que já estava um pouco cansada e ficava batendo, fazendo com que eventualmente a moto desligasse. Mola nova e problema resolvido. Minha moto é uma xl 1200 custom.
"Amar e mudar as coisas me interessa mais"

http://www.panicodeque.blogspot.com
Yan.Metal
Colaborador
Mensagens: 1318
Registrado em: 05 Jul 2008, 03:56
Localização: Juiz de Fora - MG
Contato:

11 Jul 2018, 00:59

Esse sensor é um problema, geralmente eu desabilito em todas motos. Na V-rod quando a bateria está perto do fim ele acusa esse mesmo erro.
Hassessian
Mensagens: 7
Registrado em: 03 Fev 2019, 09:37

03 Fev 2019, 10:37

Olá, pessoal. Chegou a hora de realizar um sonho: viajar de moto. Gosto muito de viajar de carro, viagens de um ou dois dias com minha esposa, gosto mesmo de estrada, mas ainda falta o fator rock n roll: curtir o caminho, e não apenas o destino.

Não quero nada muito avançado, apenas suficiente pra chegar ao meu destino. Pretendo pilotar apenas em estradas ou passeios de domingo, com a esposa. Tinha um grande preconceito contra as Harleys, ouvia dizer que é mais marca do que moto, manutenção muito cara, então comecei pesquisando a Yamaha Midnight 2013, linda, facilidade de peças e opiniões divididas de seu proprietários, sendo a maioria descontente com a assistência e um possível problema na transmissão que custaria mais de R$ 5 mil.

Saindo da loja onde vi essa Mid, resolvi passar numa loja HD e conheci a Dyna. Preconceito rompido, foi amor à primeira vista! Não achei tão bonita quanto a mid, mas tinha algo encantador. No entanto, ela é 2008. Já tem dez anos e 50 mil km. A moto está linda, mas tem uma questão básica: com 10 anos, mesmo bem cuidada, aos poucos a idade vai pesando, uma borracha ressecada, uma peça gasta, um parafuso escondido lá dentro já enferruja, etc. (é como vc cuidar da sua saúde: vc envelhece melhor, mas não deixa de envelhecer)

Não quero entrar no embate HD vs outras marcas. Também entendo a diferença de propostas entre um modelo e outro. Mas no fim, quero uma custom pra viajar, baseado mais em questões técnicas do que subjetivas, ou seja, o ronco do motor, a tradição, paixões pessoais e a marca não são tão importantes, mas a confiança SIM. Também não quero andar a 876 km/h nas estradas, 110 já está bom.

Uma moto intermediária e mais barata realmente me serviria, mas fica a questão: se eu compro uma Midnight (2013, 60 mil km, R$ 22 mil), logo eu vou ficar com vontade de comprar uma HD, e aí eu não consigo vender a Mid.

1 - A minha pergunta principal vai em relação à sua idade. O preço é 30 mil (está na média de todas as outras q vi aqui), mas será q vale a pena por ser 2008 e 50 mil km rodados? Isso vai me dar muita manutenção? Vi muitos tópicos aqui sobre ela, mas são muito antigos, opiniões de 2011, 2012... e o tempo se passou, há outras mais modernas, a Dyna já saiu de linha e já é vovó.

2 - Quem tem ou teve, como avalia os custos de manutenção e quais são os itens que mais preocupam na moto?

3 - Embora seja para estradas, muitos lugares possuem pedaços de estrada terra. Eu consigo chegar nesses lugares? Claro q não farei um rally, evito lama, vou devagar, mas às vezes acontece de pegar um lugar assim, e se chover, pode até fazer lama. A Dyna encara "eventualmente" esse tipo de trajeto?

4 - Existe algo característico da moto que eu devo observar ou perguntar ao dono na hora da compra?

Obrigado!
Yan.Metal
Colaborador
Mensagens: 1318
Registrado em: 05 Jul 2008, 03:56
Localização: Juiz de Fora - MG
Contato:

04 Fev 2019, 17:17

Achei as duas motos muito rodadas e caras. Você está vendo em loja né? Melhor opção é comprar de particular, a loja só te dá uma falta ilusão de garantia.

Idade não é um problema a km na minha visão é muito pior, pois algumas peças tem desgaste de rodar, como embreagem. Embreagem é uma peça cara que muita gente usa errado e come ela. Por outro lado muita gente tem moto custom e roda pouco e moto fica quase parada, mas protegida do tempo.

Quando comprei a minha moto eu acabei pesquisando na OLX achando uma Midnight muito boa 2012 com 20mil Km rodado por 22mil. Midnight é uma moto que acho muito bonita, mas meu sonho sempre foi uma V-rod e quando vi a oportunidade de realizar não pensei duas vezes. Posso te falar que o que você sente ao pilotar uma HD é algo muito singular.

Eu peguei a minha V-Rod em 2018 ela é 2005 (ou seja, eu 14 anos) 16mil rodado por 26mil um preço bem abaixo do mercado consciente que teria que dar uma geral nela e que estaria arriscando. A moto tava quase parada o fluído de freio tinha lodo de tanta umidade, a vela era original 2005 e tinha água no radiador. Mas depois de ver todos esses detalhes trocar bateria, rolamentos, gastei uns 1500 e moto ficou nova. Motor dessas motos é quase pra sempre.

1 - Olhando aqui agora na OLX Achei uma Dyna 2008 com 40mil rodado por 27mil, outra 2011 com 22mil por 31mil (se chorar compra por 30), logo a que você viu não tá compensando. Achei Midnight 2009 com 27mil Km por 22mil reais. Sendo que sempre tem um choro nesses valores. Sobre a Dyna mesmo sendo uma moto mais velha o motor ainda dura muito não é problema ser 2008. Uma HD é uma moto para sempre se bem cuidada.

2 - Manutenção de HD você tem que ter em mente que são motos de luxo para trocar o óleo com filtro morre 500 reais. Um jogo de pneu é 1700 reais e dura entre 10mil-20mil. Em geral os mecânicos cobram caro. Mas não é uma moto que frequentemente dá problemas ainda mais uma Dyna não tem muita coisa para dar problema, não tem nem ABS.

3 - Sim, sem problemas, mas depende muito da sua habilidade é uma moto pesada e que não tem muita agilidade na direção se você derrapar você não vai conseguir segurar ela com o pé e vai cair. Eu particularmente evito.

4 - Verifique sempre o fluido se freio donos desleixados nunca trocam anualmente. Pergunta que óleo ele usa quando foi a última troca, se ele não souber já é um sinal ruim. Em geral HD se usa Motul 7100 ou outro 100% sintético. Verifique o nível dele. Um diferencial seria alguém que trocou as suspensões traseiras por progressivas.

(Meu mecânico ta vendendo a dela uma Dyna Azul perfeita, posso ver o preço se te interessar me manda inbox)
Hassessian
Mensagens: 7
Registrado em: 03 Fev 2019, 09:37

04 Fev 2019, 19:15

Yan.Metal escreveu:
04 Fev 2019, 17:17
Achei as duas motos muito rodadas e caras. Você está vendo em loja né? Melhor opção é comprar de particular, a loja só te dá uma falta ilusão de garantia.

Idade não é um problema a km na minha visão é muito pior, pois algumas peças tem desgaste de rodar, como embreagem. Embreagem é uma peça cara que muita gente usa errado e come ela. Por outro lado muita gente tem moto custom e roda pouco e moto fica quase parada, mas protegida do tempo.

Quando comprei a minha moto eu acabei pesquisando na OLX achando uma Midnight muito boa 2012 com 20mil Km rodado por 22mil. Midnight é uma moto que acho muito bonita, mas meu sonho sempre foi uma V-rod e quando vi a oportunidade de realizar não pensei duas vezes. Posso te falar que o que você sente ao pilotar uma HD é algo muito singular.

Eu peguei a minha V-Rod em 2018 ela é 2005 (ou seja, eu 14 anos) 16mil rodado por 26mil um preço bem abaixo do mercado consciente que teria que dar uma geral nela e que estaria arriscando. A moto tava quase parada o fluído de freio tinha lodo de tanta umidade, a vela era original 2005 e tinha água no radiador. Mas depois de ver todos esses detalhes trocar bateria, rolamentos, gastei uns 1500 e moto ficou nova. Motor dessas motos é quase pra sempre.

1 - Olhando aqui agora na OLX Achei uma Dyna 2008 com 40mil rodado por 27mil, outra 2011 com 22mil por 31mil (se chorar compra por 30), logo a que você viu não tá compensando. Achei Midnight 2009 com 27mil Km por 22mil reais. Sendo que sempre tem um choro nesses valores. Sobre a Dyna mesmo sendo uma moto mais velha o motor ainda dura muito não é problema ser 2008. Uma HD é uma moto para sempre se bem cuidada.

2 - Manutenção de HD você tem que ter em mente que são motos de luxo para trocar o óleo com filtro morre 500 reais. Um jogo de pneu é 1700 reais e dura entre 10mil-20mil. Em geral os mecânicos cobram caro. Mas não é uma moto que frequentemente dá problemas ainda mais uma Dyna não tem muita coisa para dar problema, não tem nem ABS.

3 - Sim, sem problemas, mas depende muito da sua habilidade é uma moto pesada e que não tem muita agilidade na direção se você derrapar você não vai conseguir segurar ela com o pé e vai cair. Eu particularmente evito.

4 - Verifique sempre o fluido se freio donos desleixados nunca trocam anualmente. Pergunta que óleo ele usa quando foi a última troca, se ele não souber já é um sinal ruim. Em geral HD se usa Motul 7100 ou outro 100% sintético. Verifique o nível dele. Um diferencial seria alguém que trocou as suspensões traseiras por progressivas.

(Meu mecânico ta vendendo a dela uma Dyna Azul perfeita, posso ver o preço se te interessar me manda inbox)
Yan, obrigado pela resposta, foi bem detalhada e me esclareceu muita coisa. Em relação a uma específica de loja especializada, com 48mil km, ela está linda, toda revisada e com garantia. Pneus novos, peças bem cuidadas, pintura nova azul-bebê com ar retrô, (há a possibilidade de uma pintura nova disfarçar uma queda anterior, ainda mais que as luvas foram trocadas tbm, vai saber...) mas ela está caprichada nos mínimos detalhes. Por outro lado, o que eu achei linda, algumas outras pessoas já acharam feia justamente pela cor, gosto é gosto, né...

aí fica ainda mais a minha dúvida, ela com 48mil km está infinitamente mais conservada que uma com 37 mil km particular q eu vi. A particular custa R$ 28mil, mas não me encantou e vou ter q trocar pneus, óleo, revisar e comprar o sissy bar, o que vai dar no mesmo valor.

A preta de R$ 28 mil quase não foi customizada, só uns detalhes mínimos, já na azul de 48mil km, tem filtro de ar kuryakyn, pintura zera, pneus novos, entregue na garantia pela loja!

aí é que bate a indecisão. Se a questão é preço, eu aceito pagar um pouco mais para ter uma que eu realmente me apaixone, mas então, já que ser ano 2008 é ok, será q ter 48 mil km rodados a torna um mau negócio?

Sei que isso varia de moto pra moto, tem novas q estragam e velhas indestrutíveis, mas vamos avaliar quais são as possibilidades de dar certo ou dar errado!

Obs: infelizmente a média de preços aqui em Campo Grande / MS está nessa média. Bom para os donos e ruim para os futuros donos.

Mais uma vez, obrigado!
Hassessian
Mensagens: 7
Registrado em: 03 Fev 2019, 09:37

04 Fev 2019, 19:17

Yan.Metal escreveu:
04 Fev 2019, 17:17
Achei as duas motos muito rodadas e caras. Você está vendo em loja né? Melhor opção é comprar de particular, a loja só te dá uma falta ilusão de garantia.

Idade não é um problema a km na minha visão é muito pior, pois algumas peças tem desgaste de rodar, como embreagem. Embreagem é uma peça cara que muita gente usa errado e come ela. Por outro lado muita gente tem moto custom e roda pouco e moto fica quase parada, mas protegida do tempo.

Quando comprei a minha moto eu acabei pesquisando na OLX achando uma Midnight muito boa 2012 com 20mil Km rodado por 22mil. Midnight é uma moto que acho muito bonita, mas meu sonho sempre foi uma V-rod e quando vi a oportunidade de realizar não pensei duas vezes. Posso te falar que o que você sente ao pilotar uma HD é algo muito singular.

Eu peguei a minha V-Rod em 2018 ela é 2005 (ou seja, eu 14 anos) 16mil rodado por 26mil um preço bem abaixo do mercado consciente que teria que dar uma geral nela e que estaria arriscando. A moto tava quase parada o fluído de freio tinha lodo de tanta umidade, a vela era original 2005 e tinha água no radiador. Mas depois de ver todos esses detalhes trocar bateria, rolamentos, gastei uns 1500 e moto ficou nova. Motor dessas motos é quase pra sempre.

1 - Olhando aqui agora na OLX Achei uma Dyna 2008 com 40mil rodado por 27mil, outra 2011 com 22mil por 31mil (se chorar compra por 30), logo a que você viu não tá compensando. Achei Midnight 2009 com 27mil Km por 22mil reais. Sendo que sempre tem um choro nesses valores. Sobre a Dyna mesmo sendo uma moto mais velha o motor ainda dura muito não é problema ser 2008. Uma HD é uma moto para sempre se bem cuidada.

2 - Manutenção de HD você tem que ter em mente que são motos de luxo para trocar o óleo com filtro morre 500 reais. Um jogo de pneu é 1700 reais e dura entre 10mil-20mil. Em geral os mecânicos cobram caro. Mas não é uma moto que frequentemente dá problemas ainda mais uma Dyna não tem muita coisa para dar problema, não tem nem ABS.

3 - Sim, sem problemas, mas depende muito da sua habilidade é uma moto pesada e que não tem muita agilidade na direção se você derrapar você não vai conseguir segurar ela com o pé e vai cair. Eu particularmente evito.

4 - Verifique sempre o fluido se freio donos desleixados nunca trocam anualmente. Pergunta que óleo ele usa quando foi a última troca, se ele não souber já é um sinal ruim. Em geral HD se usa Motul 7100 ou outro 100% sintético. Verifique o nível dele. Um diferencial seria alguém que trocou as suspensões traseiras por progressivas.

(Meu mecânico ta vendendo a dela uma Dyna Azul perfeita, posso ver o preço se te interessar me manda inbox)
Yan, obrigado pela resposta, foi bem detalhada e me esclareceu muita coisa. Em relação a uma específica de loja especializada, com 48mil km, ela está linda, toda revisada e com garantia. Pneus novos, peças bem cuidadas, pintura nova azul-bebê com ar retrô, (há a possibilidade de uma pintura nova disfarçar uma queda anterior, ainda mais que as luvas foram trocadas tbm, vai saber...) mas ela está caprichada nos mínimos detalhes. Por outro lado, o que eu achei linda, algumas outras pessoas já acharam feia justamente pela cor, gosto é gosto, né...

aí fica ainda mais a minha dúvida, ela com 48mil km está infinitamente mais conservada que uma com 37 mil km particular q eu vi. A particular custa R$ 28mil, mas não me encantou e vou ter q trocar pneus, óleo, revisar e comprar o sissy bar, o que vai dar no mesmo valor.

A preta de R$ 28 mil quase não foi customizada, só uns detalhes mínimos, já na azul de 48mil km, tem filtro de ar kuryakyn, pintura zera, pneus novos, entregue na garantia pela loja!

aí é que bate a indecisão. Se a questão é preço, eu aceito pagar um pouco mais para ter uma que eu realmente me apaixone, mas então, já que ser ano 2008 é ok, será q ter 48 mil km rodados a torna um mau negócio?

Sei que isso varia de moto pra moto, tem novas q estragam e velhas indestrutíveis, mas vamos avaliar quais são as possibilidades de dar certo ou dar errado!

Obs: infelizmente a média de preços aqui em Campo Grande / MS está nessa média. Bom para os donos e ruim para os futuros donos.

Mais uma vez, obrigado!
Responder