Vulcan 900: Opinião de proprietários

Moto: Kawasaki Vulcan

Moderadores: Administradores, Moderadores, Colaboradores Kasinski, Colaboradores Kawasaki

Responder
SemControle
Mensagens: 1002
Registrado em: 15 Mai 2015, 13:45
Localização: Santo André

11 Dez 2019, 18:19

Wanderdfc escreveu:
11 Dez 2019, 09:32
Ola pessoal!
Bom....eu adiquiri uma Vulcan 900 classic. Estou muito feliz com ela mas tbm estou achando algo estranho. Quando eu chego a 100km meu punho e os pedais começam a vibrar muito. Nada exagerado mas incomoda bem. Parecendo que estou com câimbra. Isso é normal? O que poderia ser?
algo de imediato a ser visto é o balanceamento das rodas
Mirage preta 250cc 12/13
Lead preta 108cc 14/14
K-Fink
Mensagens: 1
Registrado em: 16 Jan 2020, 20:05

16 Jan 2020, 20:27

Boa noite, pessoal.

Meu sonho sempre foi adquirir uma moto mais potente. Inicialmente, era pra eu ter comprado uma esportiva, mas a patroa me convenceu a deixar essa ideia de lado e investir em uma custom.

Depois de muito pesquisar, estava inclinado a comprar uma Midnight 950, e novamente a patroa me dissuadiu, me mostrando a 900 Custom que estava do lado dela. Foi amor à primeira vista!. Modelo 2010, 15.900 km rodados, ultra conservada. Nunca me senti tão realizado na vida.

Mas como todo bom iniciante, sempre tem algumas coisas que precisamos saber.

Neste caso, as minhas perguntas são:

-O que devo olhar com frequência para que não tenha problemas?
-Quando devo fazer revisões completas nela?
-Quais os melhores acessórios para usar, e não descaracteriza-la?

Desde já, agradeço.
Thiago Aesir
Mensagens: 2
Registrado em: 08 Jun 2020, 20:16

08 Jun 2020, 20:45

Boa noite K-Fink.

É uma excelente moto. Porém logo vai perceber assim como eu que por conta da falta de peças fornecidas pela montadora, você terá que importar muita coisa, como por exemplo a correia de transmissão, hehehe.

Mas tirando este fato, é uma moto muito confiável, que já me levou por estradas de asfalto e terra, sem muito esforço.

Respondendo sua dúvida:

-O que devo olhar com frequência para que não tenha problemas?
Níveis dos fluidos é muito importante, pelo menos 1 vez por semana.
Freios, todos os dias antes de sair, para garantir que os discos não estejam empenados.
Luzes de segurança antes de sair (Freio, farois, setas).
Calibrar os pneus no mínimo acada 2 dias, com os pneus original, fica em 32 psi traseiro e 28 psi dianteiro. (Se você for para o DarkSide, vai depender da medida do pneu).
Troca de óleo da primária e motor, com frequencia, respeitando a espeficicação, eu costumo trocar com 1mil a menos do solicitado, para evitar óleo sujo. (Óleo bom é óleo novo).
Verificar a cada 2 semanas a 1 mês, a tensão da correia, a correia original dura de 100mil a 120mil KM, isso se estiver na tensão correta. Então para evitar dor de cabeça de ter que importar uma correia de 390 Trumps, indico você a ficar de olho nela. Mesmo na concessionária eles pedem de 20 a 30 dias para disponibilizar uma (por que será né?).

-Quando devo fazer revisões completas nela?
Se você comprou a no começo do ano, eu recomento você a trocar os filtros (Todos), e fluidos, assim você tem um melhor controle da qualidade e tempo dos mesmos.
Depois disso, é só ficar de olho nos demais itens acima que você só terá que fazer as manutenções de prevenção (Troca de rolamentos, tensores e etc).

-Quais os melhores acessórios para usar, e não descaracteriza-la?
Vai depender do seu gosto, aqui no Brasil temos boas marcas que fornecem boas peças. Neste caso é bem pessoal mesmo. A minha eu customizei adicionando peças para ficar mais no estilo police.

Se quiser ver como ficou, da uma olhada na hashtag #RideToValhöll no Instagram.
Thiago Aesir
Mensagens: 2
Registrado em: 08 Jun 2020, 20:16

08 Jun 2020, 20:47

K-Fink escreveu:
16 Jan 2020, 20:27
Boa noite, pessoal.

Meu sonho sempre foi adquirir uma moto mais potente. Inicialmente, era pra eu ter comprado uma esportiva, mas a patroa me convenceu a deixar essa ideia de lado e investir em uma custom.

Depois de muito pesquisar, estava inclinado a comprar uma Midnight 950, e novamente a patroa me dissuadiu, me mostrando a 900 Custom que estava do lado dela. Foi amor à primeira vista!. Modelo 2010, 15.900 km rodados, ultra conservada. Nunca me senti tão realizado na vida.

Mas como todo bom iniciante, sempre tem algumas coisas que precisamos saber.

Neste caso, as minhas perguntas são:

-O que devo olhar com frequência para que não tenha problemas?
-Quando devo fazer revisões completas nela?
-Quais os melhores acessórios para usar, e não descaracteriza-la?

Desde já, agradeço.
Boa noite K-Fink.

É uma excelente moto. Porém logo vai perceber assim como eu que por conta da falta de peças fornecidas pela montadora, você terá que importar muita coisa, como por exemplo a correia de transmissão, hehehe.

Mas tirando este fato, é uma moto muito confiável, que já me levou por estradas de asfalto e terra, sem muito esforço.

Respondendo sua dúvida:

-O que devo olhar com frequência para que não tenha problemas?
Níveis dos fluidos é muito importante, pelo menos 1 vez por semana.
Freios, todos os dias antes de sair, para garantir que os discos não estejam empenados.
Luzes de segurança antes de sair (Freio, farois, setas).
Calibrar os pneus no mínimo acada 2 dias, com os pneus original, fica em 32 psi traseiro e 28 psi dianteiro. (Se você for para o DarkSide, vai depender da medida do pneu).
Troca de óleo da primária e motor, com frequencia, respeitando a espeficicação, eu costumo trocar com 1mil a menos do solicitado, para evitar óleo sujo. (Óleo bom é óleo novo).
Verificar a cada 2 semanas a 1 mês, a tensão da correia, a correia original dura de 100mil a 120mil KM, isso se estiver na tensão correta. Então para evitar dor de cabeça de ter que importar uma correia de 390 Trumps, indico você a ficar de olho nela. Mesmo na concessionária eles pedem de 20 a 30 dias para disponibilizar uma (por que será né?).

-Quando devo fazer revisões completas nela?
Se você comprou a no começo do ano, eu recomento você a trocar os filtros (Todos), e fluidos, assim você tem um melhor controle da qualidade e tempo dos mesmos.
Depois disso, é só ficar de olho nos demais itens acima que você só terá que fazer as manutenções de prevenção (Troca de rolamentos, tensores e etc).

-Quais os melhores acessórios para usar, e não descaracteriza-la?
Vai depender do seu gosto, aqui no Brasil temos boas marcas que fornecem boas peças. Neste caso é bem pessoal mesmo. A minha eu customizei adicionando peças para ficar mais no estilo police.

Se quiser ver como ficou, da uma olhada na hashtag #RideToValhöll no Instagram.
BorbaSC
Mensagens: 2
Registrado em: 02 Set 2020, 10:45

02 Set 2020, 10:48

Boa tarde. Acompanho sempre a página e acho excelente, parabéns pelos conteúdos. Tenho uma Vulcan 900 CL cinza. Numa de minhas viagens peguei um trecho de estrada de chão e enrosquei numa pedra. Isso me custou uma rachadura no carter, perto do parafuso, o que rendeu um vazamento, pequeno porém importante. Levando à autorizada Kawa da minha cidade informaram que neste modelo de moto não tem como trocar apenas uma peça, o carter não possui uma "tampa", o jeito seria trocar a parte baixa do motor de forma completa ou conviver com o vazamento. Só que numa moto estradeira não me agrada conviver com um vazamento que pode aumentar com o tempo e causar um grande prejuízo ou me deixar a pé numa viagem. Alguém sabe me dizer se o mecânico está correto (este conserto seria só trocando toda a parte baixa do motor), saberia o custo disso, se funciona (o mecânico da autorizada me disse que custa uma fortuna e não é garantia de que dê certo!?!) e se é fácil conseguir as peças? Estou a um tempo procurando informações na internet mas não encontro nada. Agradeço a atenção de todos.
cros
Moderador
Mensagens: 10448
Registrado em: 15 Nov 2007, 23:55
Localização: Porto Alegre
Contato:

02 Set 2020, 11:23

BorbaSC escreveu:
02 Set 2020, 10:48
Boa tarde. Acompanho sempre a página e acho excelente, parabéns pelos conteúdos. Tenho uma Vulcan 900 CL cinza. Numa de minhas viagens peguei um trecho de estrada de chão e enrosquei numa pedra. Isso me custou uma rachadura no carter, perto do parafuso, o que rendeu um vazamento, pequeno porém importante. Levando à autorizada Kawa da minha cidade informaram que neste modelo de moto não tem como trocar apenas uma peça, o carter não possui uma "tampa", o jeito seria trocar a parte baixa do motor de forma completa ou conviver com o vazamento. Só que numa moto estradeira não me agrada conviver com um vazamento que pode aumentar com o tempo e causar um grande prejuízo ou me deixar a pé numa viagem. Alguém sabe me dizer se o mecânico está correto (este conserto seria só trocando toda a parte baixa do motor), saberia o custo disso, se funciona (o mecânico da autorizada me disse que custa uma fortuna e não é garantia de que dê certo!?!) e se é fácil conseguir as peças? Estou a um tempo procurando informações na internet mas não encontro nada. Agradeço a atenção de todos.
Se o vazamento é minimo, poderia fazer uma colagem (quem sabe) existem resinas boas ou ainda uma solda em aluminio ai resolve o problema.
Imagem
BorbaSC
Mensagens: 2
Registrado em: 02 Set 2020, 10:45

02 Set 2020, 11:41

Obrigado pela sugestão, vou procurar quem faça este serviço aqui na minha região.
bacate
Mensagens: 1
Registrado em: 02 Set 2020, 20:07

02 Set 2020, 20:17

Boa noite vulcaneiros, há um mês comprei uma vulcan 900 classic LT 2010/2011.Nunca pensei que ficaria tão satisfeito com a moto. Está com 32mil km e muito nova. Sempre estou com um sorriso no rosto quando piloto. Está com um escapamento esportivo e veio o original. Pensei que já iria colocar o original mas estou gostando do som. Nunca ouvi uma original de perto.
Não sei se é pelo escapamento, ou nossas gasolinas mas às vezes ela dá um estourinho quando solto o acelerador. Pensei que moto com injeção isso não aconteceria. A de alguém também dá algum pipoco?
Responder